• Agenda

    agosto 2020
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Gestão Anastasia: Carlos Alberto Parreira será consultor do Governo de Minas na Copa do Mundo

Ex-técnico da Seleção Brasileira tem a missão de atrair delegações estrangeiras para o Estado

Por meio de contrato firmado com a Secretaria de Estado Extraordinário da Copa (Secopa), o ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Alberto Parreira, será consultor para a Copa em Minas Gerais. O trabalho de Parreira será o de atrair as seleções de futebol ao Estado durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, para que elas escolham os Centros de Treinamento de Seleções (CTS) de Minas Gerais.

Atualmente, 19 cidades mineiras são candidatas a CTS junto ao Comitê Local da Fifa (COL): Araxá, Caxambú, Caeté, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Matias Barbosa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Entretanto, cabe às seleções a escolha do local de treinamento. “Meu trabalho será o de seduzir essas seleções para que elas venham. A forma e o visual têm que ser perfeitos nessa sedução, uma vez que são apenas 32 seleções para um universo enorme de cidades na disputa”, disse o ex-técnico durante coletiva, nesta quinta-feita (19), no BDMG.

Parreira destacou a posição geográfica de Minas Gerais como um dos aspectos favoráveis na disputa. “Belo Horizonte está no epicentro da região Sudeste, a uma hora de qualquer uma das cidades da área. Em 1994, nos Estados Unidos, eu me deslocava com a Seleção Brasileira de avião, porque onde ficamos concentrados era um local que nos atendia em tudo. Em 2006, novamente, ficamos em Frankfurt, mas nos deslocávamos à concentração ideal para nossa permanência”, explicou. O ex-técnico ainda incluiu a paixão do mineiro por futebol, a hospitalidade mineira, simpatia dos habitantes e o clima do Estado como fatores positivos no processo de convencimento das seleções estrangeiras. “Belo Horizonte tem um clima excelente e outros atrativos determinantes na escolha de um CTS pelas seleções”, frisou.

O novo consultor lembrou que sua experiência no assunto irá facilitar seu trabalho de promoção das cidades candidatas a CTS. “Farei visitas a equipes no exterior, irei à Eurocopa, haverá contato pessoal com treinadores mais próximos, farei ligações telefônicas, enfim, sei onde estão as fontes para apresentar a estrutura que está sendo montada em Minas”, explicou. Parreira participou de nove Copas do Mundo. Em três, o ex-técnico foi protagonista na escolha do local de treinamento da equipe do Brasil. Parreira também já treinou seleções da Arábia Saudita, Emirados Árabes, Kuwait e África do Sul. Tem ainda o mérito de ter classificado seleções de cinco países para a Copa do Mundo.

O contrato com o Governo de Minas tem duração até a Copa de 2014. O primeiro desafio será realizar um diagnóstico das 19 cidades para identificar aspectos com necessidade de melhoria. O especialista vai elaborar um material técnico do grupo de cidades para mostrar às Confederações o potencial de cada município. Outra ação serão as visitas às federações e confederações para mostrar o que está disponível em Minas.

O secretário Sergio Barroso comemorou a iniciativa. “Além de infraestrutura para promovermos a interiorização da Copa, necessitamos também de profissionais com credibilidade e experiência. O Parreira é um deles. Ele conhece nosso Estado, os clubes mineiros, nossos estádios, enfim, tem todas as credenciais para realizar uma boa parceria com o Governo de Minas”.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/carlos-alberto-parreira-sera-consultor-do-governo-de-minas-na-copa-do-mundo/

Gestão Anastasia: caravana Mães de Minas encerra atividades em Divinópolis

As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares

Willian Pacheco/SES-MG
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez

A caravana Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), encerrou suas atividades nessa segunda-feira (16), em Divinópolis, com mais 105 gestantes cadastradas no programa. As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares, com a participação das moradoras de Medeiros, Campo Belo, Santo Antônio do Monte, Carmo do Cajurú e Lagoa da Prata.

Informações essenciais que a mulher precisa saber neste momento especial da vida, como a posição adequada para a amamentação, o que é o colostro, horário e duração das mamadas, arroto, elementos presentes no leite materno, cuidados com o umbigo, ter atenção para cor das fezes, assaduras, cólicas, troca de fraldas e banho do bebê foram alguns dos temas abordados nas oficinas em formato de roda de conversa.

Além de participar das oficinas, gestantes, mães e familiares tiveram a oportunidade de gravar seus depoimentos no Stand Roda de Conversa, onde puderam expor suas expectativas e sentimentos com relação à maternidade. Os interessados puderam, também, tirar fotos na cabine disponibilizada no local do evento.

A superintendente adjunta da Regional de Saúde de Divinópolis, Kênia Carvalho, explica que a caravana faz parte do programa Mães de Minas e tem como principal objetivo a redução da mortalidade infantil e materna. “O programa deriva do Viva Vida e busca atender as gestantes tanto da rede pública quanto da privada. E a caravana veio para isto. Para orientar mães e familiares  durante a gestação”, explica.

Para a moradora de Divinópolis, Renata Cristina, grávida de quase nove meses, e participante da Oficina de Brinquedos, a caravana foi muito proveitosa. “Gostei muito, principalmente de tirar fotos na cabine. É uma recordação”, conta. A moradora de Campo Belo, Jéssica Amanda, grávida de seis meses, compartilha da mesma opinião. “Eu adorei. Foi ótimo. Eu participei da Oficina de Brinquedos, contei minha história e tirei fotos”, comenta.

Para a secretária de Saúde de Divinópolis, Rosenilce Cherrie Mourão, a caravana é um exemplo nítido de promoção à saúde. “O que está acontecendo em Divinópolis é promoção e valorização da saúde da gestante. São esclarecimentos de tudo aquilo que as mães e gestantes precisam saber”.

Caravana      

A caravana já passou por Ribeirão das Neves e Divinópolis, e ainda passará por Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia. Ela é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5.093 gestantes, de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ter acompanhamento especializado.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-encerra-atividades-em-divinopolis/

Governo de Minas: município de Divinópolis receberá Caravana Mães de Minas

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Entre os dias 13 e 15 de abril, Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado, recebe a 3ª parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento será realizado das 9h às 17h30, no Ginásio Polisesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo, 625, bairro Niterói.

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público terá acesso ao cadastramento no 155; à oficina de aleitamento materno; à oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; à oficina sobre o parto normal; às oficinas de brinquedos; à cabine de vídeo e foto; à roda de memória; e à exposição do “túnel da vida”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a caravana será fundamental para unir esforços que garantam a prioridade da causa em Minas. “Ao cuidarmos da concepção ao primeiro ano de vida, buscando mobilizar a sociedade para transformar a maternidade no maior patrimônio dos mineiros, nós estamos plantando uma infância mais saudável. E quem planta uma infância mais saudável, terá adiante uma sociedade mais saudável”, destacou.

Caravana

A ação constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. A Caravana já passou por Ribeirão das Neves e por Belo Horizonte. Outros municípios que vão receber a caravana são: Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pela Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Mães de Minas

Para o ano de 2012, foi estruturado o Programa Mães de Minas, que constitui um recorte e diferencial da Rede Viva Vida de Atenção Integral à Saúde da Mulher e da Criança e, como tal, deverá estimular um processo de mobilização social que contemple monitoramento e acompanhamento das mães e de seus filhos até um ano de idade, pelo sistema telefônico. Esse processo deverá envolver Estado e sociedade civil na direção de unir esforços com vistas à redução da mortalidade infantil e materna.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5093 gestantes de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; e ligam para saber sobre o parecer médico, resultado de exames e, por exemplo, se foram diagnosticadas com gravidez de risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/municipio-de-divinopolis-recebera-caravana-maes-de-minas/

Gestão da Saúde: Nova Unidade Básica de Saúde beneficia 4 mil pessoas em Caxambu

Governo de Minas investiu R$ 336 mil na obra e compra de equipamentos

Tânia Corrêa/SRS Varginha
Solenidade de inauguração da Unidade Básica de Saúde em Caxambu
Solenidade de inauguração da Unidade Básica de Saúde em Caxambu

Uma Unidade Básica de Saúde (UBS) foi inaugurada esta semana, em Caxambu, para atender a uma população de aproximadamente quatro mil pessoas. Localizado no bairro Trançador, a UBS recebeu do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), cerca de R$ 310 mil para a obra e outros R$ 26 mil para a compra de aparelhagem e equipamentos.

A referência técnica da Vigilância em Saúde da Superintendência Regional de Saúde de Varginha, Maria José Raimundo Drummond, comemorou a nova unidade, pois “a partir de agora, a população pode cuidar da saúde de forma rotineira e acessível”, afirmou.

Segundo a secretária de Saúde do município, Marta Maria Vieira Vilela, “a unidade trará mais saúde aos habitantes de Caxambu, pois vai disponibilizar a prevenção por meio de serviços de qualidade e atenção primária ao alcance de todos”, afirma.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/nova-unidade-basica-de-saude-beneficia-4-mil-pessoas-em-caxambu/

Governo de Minas: atleta mineiro vai lutar por medalha na Olimpíada de Londres

Jonathan Henrique, de Varginha, alcançou o segundo melhor salto triplo da temporada (17m39cm).

Classificado para os Jogos  de Londres, ele sonha com uma medalha olímpica.
Veja a matéria completa no site da Gazeta Esportiva
E no globoesporte.com

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/atleta-mineiro-vai-lutar-por-medalha-na-olimpiada-de-londres/

Gestão da Saúde: Caravana Mães de Minas promove ações em Belo Horizonte

As mães participaram de oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Henrique Chendes/SES-MG
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares

A Caravana Mães de Minas desembarcou, neste final de semana, em Belo Horizonte e reuniu futuras mamães que participaram de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. O evento aconteceu na Escola Municipal Isaura Santos, no Barreiro.

Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares. Os papais também participarem das oficinas, como foi o caso de Arnaldo Santos Machado, pai de um menino de 3 anos e de uma menina de 5 meses. “Acredito que mais que incentivar e cuidar das gestantes, o Mães de Minas oferece a oportunidade de conhecimento para se ter um melhor convívio com a família. Além das mães o programa incentiva também uma consciência paternal e contribui com experiências que consequentemente serão passadas aos filhos”, afirmou.

A Caravana Mães de Minas é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público tem acesso ao cadastramento no 155;  oficina de aleitamento materno; oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; oficina sobre o parto normal; oficinas de brinquedos; cabine de vídeo e foto; roda de memória e a exposição do “túnel da vida”.

O programa é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado e Belo Horizonte foi a segunda cidade a receber a Caravana. A primeira foi Ribeirão das Neves. Outros 10 municípios vão participar da ação: Divinópolis, Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana

A Caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A oficineira e assistente social Launa Nara, conta que uma das maiores dúvidas e medos das gestantes tem a ver com o tipo de parto a ser adotado. “Muitas mães, principalmente as de primeira viagem, possuem muitas dúvidas sobre o parto normal, o parto cesárea e, também, sobre os procedimentos médicos. Procuro explicar que neste momento a gestante deve ficar tranquila e realizar o tipo de parto recomendado pelo médico. Acho que em cada oficina a minha função é quebrar os mitos e os medos das grávidas”, afirmou.

Muitas gestantes que esperam o segundo ou terceiro filho participam também da Caravana e, muito interessadas, anotam tudo o que é passado. Este foi o caso de Elaine Beatriz Marques que está grávida de cinco meses e aguarda ansiosamente a chegada do segundo filho. “As oficinas para mim foram maravilhosas. Muito do que aprendi irei utilizar com o meu segundo filho, como o uso correto das fraldas, a forma correta de dar o banho e o preparo da mamadeira. Aprendi muito e pretendo colocar tudo em prática.”

Divinópolis será a próxima parada da Caravana Mães de Minas, nos dias 13,14 e 15 de abril. O evento será das 9h às 17h30, no Ginásio Poliesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo,625, Bairro Niterói.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-promove-acoes-em-belo-horizonte/

Gestão Anastasia: governo de Minas inaugura nova sede do Conservatório de Música de Patos de Minas

Estado investiu R$ 823,9 mil na construção do prédio de dois pavimentos com 25 salas, construído no Parque do Mocambo

Joaquim Amaral/Divulgação
O prédio de dois pavimentos, com 25 salas de aula, foi construído no Parque do Mocambo
O prédio de dois pavimentos, com 25 salas de aula, foi construído no Parque do Mocambo

O vice-governador Alberto Pinto Coelho inaugura, nesta sexta-feira (30), às 10h30, a nova sede do Conservatório Municipal Galdina Corrêa da Costa Rodrigues, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. O prédio moderno, de dois pavimentos, foi construído no Parque do Mocambo. O investimento foi de R$ 906,3 mil – R$ 823,9 mil de recursos estaduais e R$ 82,4 mil destinados pela prefeitura.

A nova sede tem 25 salas e elevador para facilitar o acesso de alunos com deficiência física. As salas do primeiro piso são amplas e serão usadas para aulas de teoria musical e musicalização. Serão destinadas também às atividades do coral, do grupo de seresta, da Lira Mariana e da oficina Pró-orquestra. No segundo piso, as salas são menores e preparadas acusticamente para receber alunos que aprendem a tocar instrumentos de corda, sopro e percussão.

Além de melhorar as condições de ensino e aprendizado, o novo prédio colocará fim à necessidade de mudança a cada vez que termina o contrato de locação do imóvel, um drama vivido por professores e alunos desde que o Conservatório foi inaugurado, 18 anos atrás.

Aulas gratuitas

A escola de música de Patos de Minas tem 1.200 alunos matriculados em cursos ministrados na sede e outros 300 em cursos de extensão realizados na zona rural do município, totalizando 1.500 estudantes atendidos. O corpo docente é formado por 26 professores e um coordenador pedagógico. Os cursos são totalmente gratuitos.

Os alunos do Coral, da Oficina Pró-Orquestra e da Lira Mariana prepararam números especiais para a cerimônia de inauguração.

Conservatórios estaduais

Além da parceria com a Prefeitura de Patos de Minas, o governo mineiro mantém, com recursos exclusivamente do Tesouro do Estado, 12 Conservatórios de Música em municípios de diversas regiões: Araguari, Uberlândia, Uberaba e Ituiutaba, no Triângulo Mineiro; Juiz de Fora, Leopoldina e Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata; São João Del Rei, no Campo das Vertentes; Pouso Alegre e Varginha, no Sul de Minas; Montes Claros, no Norte do Estado; e Diamantina, no Vale do Jequitinhonha.

Minas é o único estado do Brasil que conta com escolas especializadas no ensino da música na rede pública de ensino. Os 12 Conservatórios do Estado reúnem corpo docente de 1.500 professores que ensinam e ajudam a desenvolver aptidões e o talento musical de 30 mil alunos.

Os conservatórios oferecem, gratuitamente, cursos básicos, de qualificação e requalificação na área de Educação Musical. Podem concorrer a uma vaga adultos, jovens e crianças a partir dos seis anos idade, com atendimento prioritário para alunos da educação básica, matriculados na rede pública de ensino. São oferecidos ainda cursos técnicos de Formação Profissional, voltados para formação de instrumentistas e cantores.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-inaugura-nova-sede-do-conservatorio-de-musica-de-patos-de-minas/

Governo de Minas: Regional de Saúde de Varginha realiza reunião sobre combate à dengue

Tânia Corrêa Machado/SES-MG
Encontro discutiu as questões sobre a estrutura da saúde municipal e teve a participação de representantes de entidades de Jesuânia
Encontro discutiu as questões sobre a estrutura da saúde municipal e teve a participação de representantes de entidades de Jesuânia

Dando prosseguimento à proposta de mobilização de lideranças acerca do Combate à Dengue, servidores da Superintendência Regional de Saúde de Varginha, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) estiveram em Jesuânia, pertencente a microrregião de São Lourenço, nessa segunda-feira (26), para debater os dados relativos à saúde do município, em especial, os referentes à dengue. Participaram da reunião representantes de entidades e órgãos do município, lideranças religiosas, representantes da Saúde e Educação, vereadores, Conselho Municipal de Saúde, representantes do Saneamento Básico, dentre outros.

De acordo com o superintendente regional de saúde de Varginha, José Richardson Pereira, foram discutidas questões sobre a estrutura da saúde municipal, tais como número de agentes, material para as supervisões, identificação e assistência aos casos suspeitos, bem como apoio e adesão da prefeitura municipal à causa do combate à Dengue.

“Somos parceiros diretos nesta luta, que é representada não só pela equipe da saúde. É uma batalha que precisa da colaboração de todos os mobilizadores, formadores de opinião e lideranças para a obtenção de um maior alcance e adesão”, afirmou José Richardson Pereira.

A referência em dengue da regional de Varginha, Divina Roselaine da Silva, juntamente com a referência em mobilização social, Tânia Corrêa Machado, falaram sobre o plano de assistência e importância da integração dos diversos setores da administração municipal e lideranças.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/regional-de-saude-de-varginha-realiza-reuniao-sobre-combate-a-dengue/

Gestão da Saúde: Caravana Mães de Minas mobiliza município de Ribeirão das Neves

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares participaram de diversas oficinas e atividades voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Alexandre Ribeiro
A caravana é um espaço composto por nove estandes nos quais o público tem acesso a diversos serviços
A caravana é um espaço composto por nove estandes nos quais o público tem acesso a diversos serviços

A cidade de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, recebeu, nesta sexta-feira (23), a primeira parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento permanece na cidade até domingo (25) e é realizado na Escola Municipal Vieira Barbosa, bairro Santa Paula.

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares podem participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público tem acesso ao cadastramento no 155; à oficina de aleitamento materno; à oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; à oficina sobre o parto normal; a oficinas de brinquedos; à cabine de vídeo e foto; à roda de memória; e à exposição do “túnel da vida”.

A gestante Deisiane Carine Vasconcelos, 21 anos e grávida de três meses, se encantou com a exposição “túnel da vida” e participou da oficina de aleitamento materno. “Fiquei sabendo da caravana quando fiz meu exame ultra som e vim correndo conferir. Sou mãe de primeira viagem e estou muito ansiosa por algumas informações. Hoje aprendi, por exemplo, uma massagem para retirar adequadamente o leite das mamas”, disse.

A comerciante Liliane Batista, 29 anos e grávida de sete meses da Amanda, aproveitou para gravar depoimento em vídeo de sua gravidez para recordação. “Há sete meses recebi a notícia que minha vida seria outra a partir de então. Todo o meu estilo de vida já está mudando por causa da minha gravidez e eu quero passar esse período da melhor forma possível. Acho que a vida pode ter essas duas fases: antes e depois de ter um filho. Não tive acompanhamento até então, por isso estou meio ansiosa em saber se vou conseguir cuidar direitinho do bebê quando nascer. Estou adorando a caravana”, comenta.

A caravana é formada por uma equipe capacitada, composta por 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.  A capacitação foi acompanhada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) e pela Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

A supervisora em Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão da Neves, Michelly Luana da Silva, destaca a importância da ação para promoção à saúde da mãe e gestante. “É com muita satisfação que o município de Ribeirão das Neves recebe a Caravana Mães de Minas, tendo em vista o número elevado de gestantes cadastradas e acompanhadas nas Unidades Básicas de Saúde. As oficinas propostas e o cadastramento no 155 são de suma importância para as gestantes e mães com crianças menores de um ano de idade”, afirmou.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão das Neves, não houve nenhum registro de mortalidade materna no município no ano de 2011, mas foram notificados 24 óbitos de menores de um ano. Em 2011, contabilizou-se 3731 gestantes, das quais 482 de alto risco. Para o final do mês de abril, já está anunciado a inauguração de um Centro Viva Vida de Referência Secundária (CVVRS) que atenderá as gestantes do município.

Cadastro pelo 155

Ao entrar na caravana, Liliane pôde se cadastrar por telefone no 155, sistema de cadastro para acompanhamento e assistência à gestantes e mães com filhos até um ano de idade. “Foi bem rápido o cadastro e fui muito bem atendida. Quando eu tiver dúvidas sobre o bebê, com certeza vou ligar também”, disse.

Até o momento, já foram cadastradas 1.286 gestantes, de 43 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas. A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco. Estão sendo contratados médicos e enfermeiros para plantão no call center, caso a gestante precise de informação mais específicas e detalhadas.

A Caravana Mães de Minas constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. Já estão agendadas visitas em outros 11 municípios. São eles: Belo Horizonte, Divinópolis, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

O superintendente da Regional de Saúde de Belo Horizonte (SRS-BH), Paulo de Tarso Auais, enfatiza o empenho do Governo de Minas na saúde da mulher. “O programa estruturador Viva Vida, que tem ênfase na saúde materna e infantil, é fortalecido pelo Mães de Minas, e a caravana é mais uma ação de mobilização que reforça a necessidade da parceria constante entre Estado, município e cidadão”, finaliza.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-mobiliza-municipio-de-ribeirao-das-neves/

Gestão Anastasia: governo de Minas divulga lista dos selecionados para o Programa Oficina de Esporte

Iniciativa apoia e fomenta desenvolvimento de equipes e atletas de rendimento de base

Renato Cobucci/Imprensa MG
O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos
O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) divulgou, nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial do Estado, a lista de municípios e entidades selecionados para executarem o Programa Minas Olímpica Oficina de Esportes.

O Programa Oficina de Esportes é desenvolvido pela Seej e tem como objetivo apoiar e fomentar o desenvolvimento de equipes e atletas de rendimento de base, das diversas modalidades esportivas em todo o Estado de Minas Gerais. O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos. Atualmente, são 31 núcleos, distribuídos em 25 municípios, beneficiando cerca de 1.300 atletas. As modalidades contempladas pelo programa são atletismo, basquetebol, futsal, ginástica artística, handebol, levantamento de peso, natação, judô, taekwondo e voleibol.

Os municípios e entidades beneficiados são: Fundação Cultural de Araxá (UNIAraxá); Associação Buritis de Esporte e Cultura (ABESC), Clã Delfos, Olympico Club, Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (FUNDEP/UFMG), Associação de Amigos do Instituto São Rafael (AAISR), Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte (ADEVIBEL), Mackenzie Esporte Clube , Tênis para todos, todos de Belo Horizonte;Judô Águia Branca, da cidade de Betim; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga (APAE); Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural (FUNDECC), de Lavras; Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (APARU), Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU); Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba (ADEFU); Educação Física, Consultoria, Assessoria e Prestação de Serviço (EFICAP), de Viçosa, e prefeituras de Itanhandu,  Lagoa da Prata, Poços de Caldas e Varginha.

Prefeitura/Entidade Categoria Modalidade
 1 EFICAP – Educação Física, Consultoria, Assessoria e Prestação de Serviço. Internacional Levantamento de Peso
 2 Associação Buritis de Esporte e Cultura – ABESC Internacional Handebol
 3 Clã Delfos Internacional Atletismo
 4 Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural – FUNDECC – Lavras Nacional Atletismo
 5 Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – FUNDEP – UFMG Nacional G.A.
 6 Fundação Cultural de Araxá – UNIARAXÁ Nacional Atletismo PCD
 7 Associação de Amigos do Instituto São Rafael – AAISR Nacional Natação PCD
 8 ADEVIBEL – Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte Nacional Atletismo PCD
 9 Mackenzie Esporte Clube Nacional Natação
 10 Prefeitura de Lagoa da Prata Nacional Atletismo
 11 Fundação Cultural de Araxá – UNIARAXÁ Nacional Natação PCD
 12 ADEVIBEL – Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte Nacional Judô
 13 Associação dos Paraplégicos de Uberlândia – APARU Nacional Atletismo PCD
 14 Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural – FUNDECC – Lavras Nacional Taekwondo
 15 Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia – CDDU Nacional Natação PCD
 16 Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia – CDDU Nacional Halterofilismo PcCD
 17 Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba ADEFU Nacional Atletismo PCD
 18 Tênis para todos Nacional Tênis em Cadeira de Rodas
 19 Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga – APAE Ipatinga Nacional Ginastica Ritmica – Ginastica Artistica
 20 Prefeitura de Itanhandu Estadual Judô
 21 Judô Águia Branca Estadual Judô
 22 Prefeitura de Varginha Estadual Judô
 23 Prefeitura de Varginha Estadual Ginástica Artística
 24 Prefeitura de Varginha Estadual Natação
 25 Olympico Club Estadual Basquete Masc.
 26 Olympico Club Estadual Vôlei Fem.
 27 Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – FUNDEP – UFMG Estadual Taekwondo
 28 Prefeitura de Poços de Caldas Estadual Atletismo

Fonte: Agência Minas