• Agenda

    agosto 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Anúncios

Gestão da Saúde: governo de Minas incrementa rede de urgência e emergência no Vale do Mucuri

Região já recebeu cerca de R$ 35 milhões em investimentos. Neste sábado (14), governador Anastasia inaugura unidade do Samu em Teófilo Otoni

O governador Antonio Anastasia inaugura neste sábado (14), em Teófilo Otoni, o Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) da cidade. Na oportunidade, o governador inaugura também um posto do Serviço Nacional de Emprego (Sine) na diretora regional da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Copasa, que atenderão à população da região.

A implantação do Samu de Teófilo Otoni é uma das diversas ações que o Governo de Minas vem implementando nos últimos anos, com o objetivo de aprimorar ainda mais os serviços de atendimento médico de alta complexidade no Vale do Mucuri. Desde 2003, os recursos aplicados pelo Estado na região somam mais de R$ 35 milhões.

Entre as ações destacam-se a implantação de um Centro Viva Vida e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Teófilo Otoni, a instalação de unidades básicas de saúde e a entrega de ambulâncias a 32 municípios, além do repasse de recursos do Pro-Hosp para sete hospitais sediados nos municípios em Teófilo Otoni, Águas Formosas, Nanuque, Malacacheta, Padre Paraíso e Itambacuri. Está prevista também a construção de um hospital regional com capacidade de 440 leitos na região.

Para a complementação das ações do Programa Saúde da Família (PSF), mensalmente o Governo do Estado tem repassado R$ 150 mil para a implementação do Programa Saúde em Casa. “Antes de 2003 nunca o Vale do Mucuri recebeu tantos investimentos na melhoria dos serviços de saúde, com a implantação de novas unidades de atendimento da população, compra de equipamentos e contratação de profissionais especializados”, ressalta o superintendente regional de Saúde de Teófilo Otoni, Ivan Santana.

Só no ano passado, o Governo do Estado instalou em Teófilo Otoni duas importantes redes de atendimento médico, constituídas por um Centro Viva Vida e uma Unidade de Pronto Atendimento – (UPA). O Centro Viva Vida presta serviços a uma população superior a 300 mil habitantes residentes em 16 municípios. Mais de 30 profissionais médicos, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas foram contratados pelo Governo de Minas para trabalhar na nova unidade de saúde que, entre outros objetivos visa reduzir os índices de mortalidade materna.

No Centro Viva Vida são atendidas gestantes de alto risco, recém nascidos de baixo peso, crianças vítimas de abuso sexual, tratamento de casos de asma, desnutrição e implementação de ações de prevenção contra o câncer de próstata e de colo uterino.

Já a UPA, inaugurada em dezembro de 2011 com o objetivo de atender uma população estimada em 400 mil pessoas, também integra a estratégia das redes de urgência e emergência que estão sendo implantadas no Estado pelo Governo de Minas. A rede planejada para a macrorregião Nordeste, polarizada por Teófilo Otoni, é do Tipo III. A Unidade funciona em regime de plantão 24 horas, todos os dias da semana. Possui 19 leitos, posto de enfermagem, sala de exames, laboratórios, salas de urgência e de classificação de risco.

A UPA conta com o trabalho de seis médicos (quatro clínicos e dois pediatras) e atendem diariamente cerca de 400 pessoas. Os investimentos alocados pelo Governo de Minas na implantação da UPA de Teófilo Otoni foram da ordem de R$ 4 milhões. A administração da Unidade de Pronto Atendimento está sob a responsabilidade do Hospital Santa Rosália que presta serviços à população dos vales do Mucuri, Jequitinhonha, São Mateus e também às cidades do Sul da Bahia e do Norte do Espírito Santo. Mensalmente, o Governo de Minas investe R$ 250 mil na manutenção dos serviços prestados pela UPA que também conta com o repasse de verbas da Prefeitura de Teófilo Otoni e do governo federal, totalizando R$ 800 mil, incluindo a parte alocada pelo Governo de Minas.

Complexo de urgência e emergência

Paralelo à ampliação da rede de urgência e emergência do Vale do Mucuri, o Governo de Minas também investiu cerca de R$ 4 milhões na implantação do Samu em Teófilo Otoni, que será inaugurado neste sábado (14), pelo governador Antonio Anastasia. Através de um consórcio formado por 86 municípios, a nova unidade contemplará a prestação de serviços à população residente nas microrregiões de Teófilo Otoni, Diamantina e Pedra Azul.

Os investimentos do Governo de Minas incluíram a compra de equipamentos e mobiliário. Em contrapartida, o governo federal entregou ambulâncias que serão utilizadas no transporte de pacientes em situação de risco de vida. O atendimento médico será centralizado em Teófilo Otoni. Cerca de cem profissionais, entre médicos, motoristas e enfermeiros foram contratados para trabalhar na nova unidade do Samu.

Para completar o trabalho de estruturação e interiorização da rede de urgência e emergência do Vale do Mucuri a Superintendência Regional de Saúde está participando de entendimentos objetivando a implantação de um hospital regional em Teófilo Otoni. O objetivo é suprir a demanda de atendimento de casos de alta complexidade, principalmente no segmento de traumatologia.

O superintendente regional de Saúde explica que um grupo de empresários já doou uma área de 50 mil metros quadrados para a construção do novo hospital, que está sendo planejado para ter 400 leitos e atender a demanda de uma população estimada em um milhão de pessoas residentes nos vales do Mucuri, São Mateus e Jequitinhonha. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 50 milhões.

 

População aprova a melhoria dos serviços

Os investimentos realizados pelo Governo de Minas na estruturação da rede de atendimento médico hospitalar no Vale do Mucuri já trazem reflexos positivos no atendimento da população.

Na opinião da dona de casa, Cristina Aparecida Lopes de Jesus, residente na comunidade rural de São Miguel do Pita, distrito de Teófilo Otoni, a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) “agilizou o atendimento da população que antes sofria com a falta de melhor infraestrutura nos postos de saúde”. A dona de casa revela que as duas vezes que precisou recorrer aos serviços da UPA foi “bem atendida”. A primeira visita à Unidade de Pronto Atendimento aconteceu em dezembro de 2011, quando foi atendida por um médico clínico geral. Em janeiro Cristina Lopes retornou à Unidade levando o filho Rafael, de um ano de idade, para atendimento por parte de um pediatra. “Os postos de saúde estão constantemente cheios e pelo fato da Unidade de Pronto Atendimento receber pacientes com problemas de saúde urgentes, os atendimentos acontecem com mais agilidade”, avalia a dona de casa.

O casal Geraldo Pereira Aguilar e Isabel de Souza, residentes na comunidade de Lajinha, zona rural de Teófilo Otoni também avalia que o trabalho da UPA tem proporcionado melhor atendimento à população. “Torcemos para que novas unidades sejam implantadas em outros municípios, pois o trabalho prestado é muito bom”, avalia o aposentado Geraldo Aguilar. Em dezembro ele foi atendido na UPA por um clínico geral. Diante do bom atendimento a que teve acesso, em janeiro o aposentado retornou à Unidade com a esposa Isabel.

Na opinião do casal, pelo fato de Teófilo Otoni se constituir numa cidade pólo regional, a ampliação dos serviços de saúde se constitui numa “iniciativa importante”, pois a cidade recebe grande fluxo de pacientes oriundos de vários municípios integrantes da microrregião.

 

Investimentos de R$ 300 milhões em saneamento básico

A partir deste mês, Teófilo Otoni passa a contar com uma das maiores obras de abastecimento de água e de saneamento básico que o Governo de Minas está implementando no Vale do Mucuri, beneficiando 30 municípios. Os investimentos da ordem de R$ 300 milhões viabilizados por meio da Copasa compreendem a construção, em Teófilo Otoni, de uma barragem de 32 metros de altura no leito do Rio Todos os Santos e implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que também será inaugurada oficialmente neste sábado (14), pelo governador Anastasia.

As obras vão garantir a revitalização e despoluição do Rio Todos os Santos, principal fonte de abastecimento de água da população de Teófilo Otoni. Com capacidade para acumular 12 milhões de metros cúbicos de água, a barragem envolveu investimentos da ordem de R$ 120 milhões. A implantação dos empreendimentos gerou 550 empregos diretos.

Além de resolver o problema de abastecimento de água da população, a barragem viabilizará a recuperação de uma das mais importantes bacias hidrográficas do Vale do Mucuri. “Além disso, nos próximos 50 anos os investimentos vão garantir o abastecimento de água a uma população atualmente superior a 130 mil habitantes, além da regularização do Rio Todos os Santos que seca em períodos de estiagem prolongada. Já nos períodos de chuva, a barragem contribuirá com a redução dos problemas de enchentes enfrentados pela população”, explica o gerente do Departamento Operacional Nordeste da Copasa, Sérgio da Costa Ramos

Reserva ambiental

Além de resolver o problema de abastecimento de água do município e reduzir os problemas causados por enchentes, a construção da barragem no leito do Rio Todos os Santos proporcionará considerável ganho ambiental ao Vale do Mucuri, com a criação de uma nova reserva florestal. A área constituída por 998 hectares proporcionará à região do semiárido passar a contar com uma importante reserva de Mata Atlântica.

A área de proteção ambiental não será aberta ao acesso da população. Só poderá ser utilizada para a realização de pesquisas, mesmo assim depois das propostas serem analisadas por parte da equipe técnica da Copasa.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-incrementa-rede-de-urgencia-e-emergencia-no-vale-do-mucuri/

Anúncios