• Agenda

    agosto 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Anúncios

Gestão em Minas: Anastasia tem encontro com membros do Ministério para o Desenvolvimento Econômico da Itália

Governador também foi recebido por embaixadores brasileiros na residência da Embaixada do Brasil na Santa Sé, em Roma

Soraya Ursine/Imprensa MG
Anastasia durante encontro com o vice-ministro de Desenvolvimento Econômico da Itália, Massimo Vari
Anastasia durante encontro com o vice-ministro de Desenvolvimento Econômico da Itália, Massimo Vari

O governador Antonio Anastasia se reuniu, nesta terça-feira (6), em Roma, com o vice-ministro para o Desenvolvimento Econômico da Itália, Massimo Vari, e com outros membros do Ministério. Durante o encontro, o governador falou sobre os objetivos da Missão do Governo de Minas à Itália, que tem como principal propósito atrair mais investimentos para Minas por meio de parcerias com as províncias italianas.

“O objetivo de Minas Gerais é agregar valor aos seus produtos. Para avançarmos, precisamos de parcerias tecnológicas e viemos aqui empenhados em identificar essas parcerias. Temos um ambiente favorável ao investimento de empresas estrangeiras, nossa economia cresce acima da média nacional e queremos mostrar as vantagens que nosso Estado pode oferecer”, destacou o governador, em seu terceiro dia de compromissos oficiais na Itália.

Assim como Anastasia, o vice-ministro também é professor de Direito Administrativo e Constitucional. Massimo Vari afirmou estar impressionado com o rápido crescimento do Estado e falou sobre as relações comerciais entre Minas e a Itália.

“Conheço bem os números de Minas Gerais e seus crescentes investimentos em políticas sociais e infraestrutura. É um estado em progresso acelerado. Ano passado, tivemos o recorde histórico da relação comercial bilateral entre Itália e Minas Gerais. Foram US$ 11 bilhões movimentados. Isso mostra que é uma relação que não está em crise e só tende a crescer”, ressaltou o vice-ministro Massimo Vari.

Também participaram do encontro o embaixador do Brasil na Itália, José Viegas Filho; o presidente da Câmara de Comécio Italiana de Minas Gerais, Giacomo Regaldo; o presidente da Case New Holland (CNH), Valentino Rizzioli; os secretários de Estado Dorothéa Werneck (Desenvolvimento Econômico), Agostinho Patrus Filho (Turismo), Bráulio Braz (Esportes e da Juventude) e o deputado estadual Rômulo Veneroso. A secretária Dorothéa colocou o Estado à disposição para receber a delegação empresarial e política da Itália que, em maio, visitará o Brasil.

Encontro com embaixadores

Antes da reunião no Ministério para o Desenvolvimento Econômico da Itália, Antonio Anastasia foi recebido, em seu primeiro dia em Roma, pelo embaixador do Brasil na Santa Sé, Almir Franco de Sá Barbuda. O encontro foi realizado na residência da Embaixada.

O governador também foi recepcionado pelo embaixador do Brasil na Itália, José Viegas Filho; pelo embaixador Márcio Florêncio Nunes Cambraia, que é cônsul-geral do Brasil em Roma; e pelo representante permanente do Brasil junto às Agências da ONU em Roma, Antonino Marques Porto. Os diplomatas deram boas-vindas ao governador de Minas à Itália. Eles conversaram sobre a Missão Oficial do Governo de Minas ao país italiano e o governador mencionou os acordos firmados ontem, em Turim, que irão levar mais desenvolvimento a Minas Gerais.

Fonte: Agência Minas

Anúncios

Gestão em Minas: governador negocia com o Politécnico de Turim nova edição do Programa Jovens Mineiros

Anastasia participou também da apresentação “Destino Minas Gerais na Itália” para empresários italianos do segmento de turismo

Soraya Ursine/Imprensa MG
O governador Antonio Anastasia ao lado do o reitor do Instituto Politécnico de Turim (Polito), Marco Gilli
O governador Antonio Anastasia ao lado do o reitor do Instituto Politécnico de Turim (Polito), Marco Gilli

O governador Antonio Anastasia se reuniu, no fim da tarde de segunda-feira (5), com o reitor do Instituto Politécnico de Turim (Polito), Marco Gilli, para discutir os resultados das cinco edições do Programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo, realizadas em parceria com o Instituto, além da realização de uma próxima edição com a entidade de ensino italiana.  O Polito é parceiro do Governo de Minas no projeto de intercâmbio de estudantes  e de servidores mineiros, que se capacitam em áreas estratégicas para o desenvolvimento do Estado.

Anastasia ressaltou que o Instituto possui papel relevante no desenvolvimento de Minas Gerais. Segundo ele, estudantes que passaram pela experiência de aprendizado no Politécnico retornaram a Minas Gerais com mais capacidade de agregar valor aos produtos mineiros.

“Quero destacar a importância do Instituto para o desenvolvimento de Minas Gerais. Temos muita honra de ter alunos brasileiros nesta instituição tão renomada. Tivemos cinco edições do Programa Jovens Mineiros muito exitosas e, agora, reiteramos nosso interesse em dar continuidade a esse programa com Turim. Precisamos deixar de produzir exclusivamente commodities e agregar mais valor aos nossos produtos. Por isso, o objetivo é investir em conhecimento, formação do capital humano e o Instituto Politécnico poderá nos ajudar nisso. Assim vamos dar um passo adiante na economia de Minas Gerais”, disse o governador.

Por meio do programa Jovens Mineiros, o Instituto Politécnico de Turim já recebeu três turmas, de 20 alunos cada, dos cursos de engenharia e design de universidades mineiras. Em contrapartida, duas turmas de estudantes de Turim tiveram aprendizado nas faculdades conveniadas em Minas Gerais. Outras três edições do programa foram realizadas em Cingapura, na Ásia.

Em resposta à solicitação do governador Anastasia para a realização da sexta edição do programa com o Instituto, o reitor Marco Gilli ressaltou seu interesse em renovar o convênio com o Governo de Minas.

“Temos com Minas Gerais uma importante cooperação, que existe há muito tempo. Achamos que o convênio com o Programa deve ser renovado e faremos o possível para que o seja. Este acordo de cooperação deve ser valorizado porque traz bons resultados para todos os envolvidos. Temos muitos brasileiros aqui no Instituto em processo de intercâmbio. Temos vários acordos de intercâmbios no campo da pesquisa. Isso é muito vantajoso”, disse Gilli.

O Polito adota, desde o início dos anos 1980, uma política de cooperação internacional.Parcerias com universidades e outras instituições de pesquisa de diversos países têm sido realizadas, assim como intercâmbios de alunos e professores. A universidade, criada há 152 anos, está sediada em seis escolas principais: quatro delas de engenharia (também voltadas para Tecnologias da Informação e Gestão) e duas de arquitetura. É uma das principais universidades técnicas na Itália e em todo o mundo.

Também participam do encontro no Instituto Politécnico o presidente da Câmara Italiana de Comércio de Minas Gerais, Giacomo Regaldo; o presidente da Fiemg, Olavo Machado; o vice-presidente do Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec), Antônio Dianese e os secretários de Estado Dorothéa Werneck, Agostinho Patrus Filho, Bráulio Braz e Gil Pereira.

“Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo”

O programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo teve início em outubro de 2007, quando o então vice-governador Antonio Anastasia propôs ao governo da Região Piemonte a realização da primeira edição. A Região foi escolhida para o projeto-piloto em razão dos laços de amizade e cooperação já estabelecidos com Minas. É executado pela Secretaria-Geral da Governadoria, por meio da Assessoria de Relações Internacionais.

Durante um período de cerca de um mês, os participantes são inseridos nos mais diversos ambientes estratégicos e submetidos a intensivo treinamento em universidades, centros de excelência, empresas e órgãos governamentais no estado/província parceiro.

O Jovens Mineiros é baseado no tripé governo-universidade-empresa. Por ter como base a cooperação de Minas Gerais com outros estados ou províncias, o princípio da reciprocidade é aplicado, ou seja, em contrapartida Minas recebe grupos para serem treinados nossas universidades e instituições de pesquisa.

Outros objetivos do programa são a internacionalização institucional e econômica de Minas Gerais e a oportunidade de atração de investimentos. O setor privado, além de patrocinador, orienta o Estado na definição das áreas estratégicas que serão os temas das edições com base nas demandas de mercado.

Próxima edição

O Governo de Minas abriu inscrições para instituições que desejam participar da nona edição do Programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo. O prazo para encaminhamento das propostas vai até 18 de abril próximo. Serão selecionadas instituições de ensino superior que possuem cursos de graduação e pós-graduação nas áreas de Engenharia Aeronáutica e Aeroespacial.

As instituições escolhidas deverão indicar alunos matriculados nos três últimos semestres dos cursos de graduação em cursos de Engenharia Mecânica, de Produção, Aeroespacial, Aeronáutica e Mecânica Aeronáutica e de Controle e Automação. Eles farão intercâmbio no Institut Aéronautique et Spatial (IAS), em Toulouse (França), de 18 de junho a 14 de julho de 2012.

Workshop para apresentar os principais produtos turísticos de Minas

O governador Antonio Anastasia também participou em Turim, na noite desta segunda-feira (5), ao lado do secretário de Turismo, Agostinho Patrus Filho, da solenidade de apresentação do “Destino Minas Gerais na Itália” para empresários do segmento de turismo. O evento, organizado pela Secretaria de Estado de Turismo, tem o objetivo de apresentar os principais produtos turísticos de Minas Gerais para agentes e operadores italianos para que os atrativos mineiros sejam ofertados nos catálogos de produtos turísticos da Itália.

O workshop  será realizado, também, em Roma, Nápoles e Salerno nesta semana. O foco é capacitar 200 operadores, agentes de viagens e imprensa especializada em relação aos roteiros que Minas Gerais tem a oferecer durante eventos como Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude, em 2013, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

A iniciativa integra as ações de Minas Gerais como “Destino do Ano” da VIBRATA – Itália (Associação de Operadores especialistas em Brasil), uma parceria com a Embratur que visa ampliar a comercialização de Minas Gerais no mercado italiano. A Itália é o terceiro mais importante país emissor de turistas para o Brasil e para Minas Gerais. Segundo o Anuário Estatístico 2011 da Embratur, os italianos foram os principais turistas europeus no Brasil, com cerca de 250 mil turistas em 2010, dos quais 5,7 mil visitaram Minas.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Anastasia conhece o mais moderno estádio de futebol da Itália

A exemplo da arena da Juventus, reformas do Mineirão e do Independência seguem novo conceito de manter torcedores mais próximos do gramado
Assessoria de Imprensa do Governador MG
Governador conhece o novo estádio de futebol do time italiano Juventus
Governador conhece o novo estádio de futebol do time italiano Juventus

O governador Antonio Anastasia visitou, em seu primeiro dia na Itália, neste domingo (4/03), o novo estádio de futebol do time italiano Juventus, que fica em Turim. Considerado o mais moderno da Europa, o estádio, inaugurado em setembro de 2011, tem capacidade para 41 mil torcedores, além de 4 mil vagas de estacionamento, 8 restaurantes, 20 bares, museu, além de um centro comercial.

O governador foi recebido no estádio pelo presidente da Juventus, Andrea Agnelli, e pelo diretor do estádio, Francesco Gianello. Anastasia convidou a seleção do time italiano a se hospedar em Belo Horizonte oportunamente e também a jogar no Mineirão, após sua reinauguração.

“Foi com grande prazer que visitamos o novo estádio da Juventus. Um estádio moderníssimo, voltado para dar a qualidade ao jogo para os torcedores. Era o antigo estádio público, foi restaurado, reformado completamente, e se transformou em um estádio privado, sob a administração do próprio Juventus, que é o time mais popular da Itália. Fomos recebidos pelo presidente, senhor Andrea Agnelli, da família Agnelli, que são os fundadores e proprietários do clube. Também fizemos a ele o convite para que a Juventus vá a Minas e jogue no Mineirão após sua reinauguração. Agnelli disse que vai analisar com muito carinho, tendo em vista a grande ligação entre Piemonte, Turim e Minas Gerais, especialmente em razão da Fiat”, disse o governador.

Proximidade

Uma das novidades apresentadas  do novo estádio da Juventus é a proximidade do público com o gramado. As primeiras cadeiras estão a apenas 7,5 metros da linha lateral. Segundo Antonio Anastasia, as obras de reforma do Mineirão e do Independência, em Belo Horizonte, seguem o novo conceito de arenas como a da Juventus, que mantêm os torcedores mais próximos do gramado.

“Fica registrado que a reforma do Mineirão e do Independência se enquadram bem neste novo conceito, do torcedor mais próximo do gramado. Atendem a uma atenção especial exatamente a esse acesso para que os torcedores participem de modo mais ativo dos jogos”, explicou Anastasia.

O novo estádio da “Velha Senhora” custou 120 milhões de euros (cerca de R$ 276 milhões). O baixo custo foi possível devido à utilização de seis mil toneladas de material reciclado do estádio anterior. A nova arena foi construída no mesmo terreno do antigo Estádio Delle Alpi e, em breve, abrigará a sede da própria Juventus.

Em um gesto de cordialidade, o governador presenteou Agnelli com as camisas oficiais dos principais times mineiros, América, Atlético e Cruzeiro. Ele recebeu uma camisa da Juventus, com seu nome estampado e com os autográfos de todos os jogadores do time.

Também acompanharam o governador na visita ao estádio o presidente da Case New Holland para América Latina, Valentino Rizzioli, os secretários de Estado Bráulio Braz (Esportes e da Juventude), Dorothéa Werneck (Desenvolvimento Econômico), Agostinho Patrus Filho (Turismo) e Gil Pereira (Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e Norte de Minas), do presidente da Câmara Italiana de Minas Gerais, Giacomo Regaldo, além de empresários mineiros da delegação organizada pela Câmara Italiana.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: Antonio Anastasia anuncia nova fábrica da Fiat em Montes Claros

Unidade vai produzir máquinas de construção e vai gerar 2,7 mil empregos
Omar Freire/Imprensa MG
Anastasia durante entrevista coletiva em que anunciou novos investimentos da Fiat
Anastasia durante entrevista coletiva em que anunciou novos investimentos da Fiat

O governador Antonio Anastasia anunciou, nesta quarta-feira (29), a implantação em Montes Claros, no Norte de Minas, de uma unidade da Case New Holland (CNH), para a fabricação de máquinas de construção. A empresa, que pertence ao Grupo Fiat, vai investir R$ 600 milhões no projeto, gerando 2,7 mil empregos. A expectativa é que a fábrica entre em operação em 2014. O anúncio do investimento foi feito pelo governador durante viagem a Montes Claros, onde foi inaugurado um posto avançado da Defesa Civil e o restaurante universitário da Unimontes.

“Quero dar uma notícia extremamente positiva para Minas Gerais, para o Norte de Minas, em geral, e Montes Claros. Depois de tratativas demoradas, mas importantes, fizemos uma negociação com  o Grupo Fiat que vai instalar em Montes Claros nova fábrica de tratores, com investimentos de R$ 600 milhões, numa área de 700 mil metros quadrados, gerando cerca de 2,7 mil empregos diretos e indiretos e produção de seis mil tratores, máquinas e equipamentos agrícolas e para obras. Uma grande conquista para Minas Gerais”, anunciou.

Anastasia afirmou que o protocolo de intenções entre o Governo do Estado e a Fiat, para a realização do investimento, será assinado na próxima semana, em Turim (Itália). O governador Antonio Anastasia está em Montes Claros nesta quarta-feira (29), onde inaugura um posto avançado da Defesa Civil e o restaurante universitário da Unimontes, instituição estadual que completa, em maio próximo, 50 anos de atividades. O governador inicia, no sábado, visita oficial à Itália.

CNH no Brasil

A Case New Holland (CNH) é uma empresa do setor de bens de capital, fabricação de máquinas agrícolas e de construção que pertence à holding Fiat Industrial, resultante da fusão entre as empresas Case e New Holland, ambas do Grupo Fiat. No Brasil, ela atua com quatro marcas no Brasil: Case Construction, Case IH (agrícola), New Holland Agriculture e New Holland Construction. Tem 5.031 funcionários, sendo 1.164 na planta de Contagem (MG), 2.328 na planta em Curitiba (PR), 1.253 em Sorocaba (SP) e 286 em Piracicaba (SP).

Anel viário

Durante entrevista noaeroporto de Montes Claros, o governador informou estar mantendo contado com o Ministério dos Transportes para firmar convênio com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) visando à restauração do contorno norte do Anel Viário de Montes Claros. Ele disse que a obra está orçada em R$ 46 milhões, sendo cerca de R$ 9 milhões recursos do Estado, como contrapartida, e o restante do Governo Federal. “Estamos aguardando o sinal verde do governo federal. Tão logo ele ocorra vamos iniciar essa obra ainda este ano”, afirmou.

O anel vai desafogar a área urbana de Montes Claros do trânsito pesado de caminhões, retirando das ruas centrais o tráfego com destino a Januária, Itacarambi, Manga e Montalvânia. A obra também permitirá a criação de novo acesso ao distrito industrial de Montes Claros. Ele fará a ligação das BRs 251, 135 e 365, em direção a outros estados do Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do Brasil.

O governador inaugurou em Montes Claros o depósito avançado da Defesa Civil, no 10º Batalhão da Polícia Militar, o restaurante universitário da Unimontes e participou da homenagem à secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, que recebeu da Unimontes o título de Doutora Honoris Causa. Anastasia liberou ainda repasse de R$ 3,3 milhões para Hospital Universitário Clemente de Faria, destinados à construção de UTI, aquisição de elevador e equipamentos para a lavanderia.

Depósito avançado

Construído no 10° Batalhão da Polícia Militar, o Depósito Avançado da Defesa Civil vai receber e armazenar materiais de ajuda humanitária e donativos adquiridos pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), a serem distribuídos aos municípios eventualmente prejudicados por fortes chuvas ou seca excessiva. Por meio dos depósitos avançados, a ajuda humanitária chega com mais rapidez às populações afetadas. O depósito atenderá a 130 municípios do Norte de Minas e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Ele conta com uma empilhadeira mecanizada e uma paleteira, para facilitar a movimentação de donativos.

O depósito foi construído no local onde funcionava o hangar da Polícia Militar, transferido para o Aeroporto de Montes Claros. Antes, os donativos enviados ao município eram armazenados em depósitos improvisados na sede da Secretaria de Estado de Saúde e na Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams).

Restaurante universitário

A inauguração do restaurante universitário faz parte das comemorações oficiais do cinquentenário da Unimontes e atende antiga demanda da comunidade acadêmica. O Governo de Minas investiu R$ 1,7 milhão na construção do prédio, compra de utensílios e equipamentos para cozinha, fogão industrial, mesas e cadeiras.

O restaurante está instalado na entrada do campus-sede, em um terreno de 1,1 mil metros quadrados. O salão de alimentação tem capacidade para 280 lugares e a previsão é de sejam servidas mil refeições/dia. O preço da refeição será subsidiado pela universidade e valores serão diferenciados para estudantes e professores.

Hospital Universitário

O Governo de Minas vai repassar R$ 3,3 milhões para Hospital Universitário Clemente de Faria, destinados à construção de UTI, aquisição de elevador e equipamentos para a lavanderia. O hospital escola integra a rede de assistência à saúde da macrorregião Norte. Trata-se de um ponto de atenção para a rede de urgência e emergência, referência para mais de 2 milhões de habitantes, com atendimento exclusivo para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

As obras de conclusão da estrutura física do Bloco B, local onde serão instalados os leitos de UTI Adulto e da Unidade de Internação Cirúrgica, ampliarão a capacidade instalada do hospital, especialmente na realização de cirurgias de alta complexidade e a atendimentos mais graves. O elevador para a circulação das macas para o Bloco B facilitará o acesso dos pacientes do andar térreo para o terceiro andar, onde funcionará a UTI e a Unidade de Internação Cirúrgica.

Fonte: Agência Minas