• Agenda

    maio 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Anúncios

Gestão Anastasia: caravana Mães de Minas encerra atividades em Divinópolis

As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares

Willian Pacheco/SES-MG
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez

A caravana Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), encerrou suas atividades nessa segunda-feira (16), em Divinópolis, com mais 105 gestantes cadastradas no programa. As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares, com a participação das moradoras de Medeiros, Campo Belo, Santo Antônio do Monte, Carmo do Cajurú e Lagoa da Prata.

Informações essenciais que a mulher precisa saber neste momento especial da vida, como a posição adequada para a amamentação, o que é o colostro, horário e duração das mamadas, arroto, elementos presentes no leite materno, cuidados com o umbigo, ter atenção para cor das fezes, assaduras, cólicas, troca de fraldas e banho do bebê foram alguns dos temas abordados nas oficinas em formato de roda de conversa.

Além de participar das oficinas, gestantes, mães e familiares tiveram a oportunidade de gravar seus depoimentos no Stand Roda de Conversa, onde puderam expor suas expectativas e sentimentos com relação à maternidade. Os interessados puderam, também, tirar fotos na cabine disponibilizada no local do evento.

A superintendente adjunta da Regional de Saúde de Divinópolis, Kênia Carvalho, explica que a caravana faz parte do programa Mães de Minas e tem como principal objetivo a redução da mortalidade infantil e materna. “O programa deriva do Viva Vida e busca atender as gestantes tanto da rede pública quanto da privada. E a caravana veio para isto. Para orientar mães e familiares  durante a gestação”, explica.

Para a moradora de Divinópolis, Renata Cristina, grávida de quase nove meses, e participante da Oficina de Brinquedos, a caravana foi muito proveitosa. “Gostei muito, principalmente de tirar fotos na cabine. É uma recordação”, conta. A moradora de Campo Belo, Jéssica Amanda, grávida de seis meses, compartilha da mesma opinião. “Eu adorei. Foi ótimo. Eu participei da Oficina de Brinquedos, contei minha história e tirei fotos”, comenta.

Para a secretária de Saúde de Divinópolis, Rosenilce Cherrie Mourão, a caravana é um exemplo nítido de promoção à saúde. “O que está acontecendo em Divinópolis é promoção e valorização da saúde da gestante. São esclarecimentos de tudo aquilo que as mães e gestantes precisam saber”.

Caravana      

A caravana já passou por Ribeirão das Neves e Divinópolis, e ainda passará por Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia. Ela é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5.093 gestantes, de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ter acompanhamento especializado.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-encerra-atividades-em-divinopolis/

Anúncios

Gestão Eficiente: Anastasia inaugura obras de infraestrutura e anuncia construção do Hospital Regional do Mucuri

Em visita a Teófilo Otoni, governador entregou prédio do Complexo de Urgência e Emergência, barragem, Estação de Tratamento de Esgoto e novo posto do Sine

Wellington Pedro/Imprensa MG
Antonio Anastasia apresenta maquete do Hospital Regional do Vale do Mucuri
Antonio Anastasia apresenta maquete do Hospital Regional do Vale do Mucuri

O Governador Antonio Anastasia anunciou, neste sábado (14), em visita a Teófilo Otoni, a construção do Hospital Regional do Vale do Mucuri. Com investimentos de R$ 100 milhões para a construção e compra de equipamentos, o hospital deve ser concluído em até três anos. A doação do terreno onde o hospital será construído, na Avenida Alfredo Sá, foi formalizada durante a visita do governador. O termo de compromisso foi assinado pelos empresários Luiz Fernando Rodrigues da Silva e Geraldo Hélbio de Miranda e pelo deputado Neilando Pimenta.

“Agradeço as famílias pela doação do terreno, que é de suma importância para a construção do novo Hospital Regional do Mucuri, reivindicação antiga da região. A obra vai ser realizada entre dois e três anos, com um custo de R$ 100 milhões”, disse o governador, durante entrevista coletiva.

Em Teófilo Otoni, Antonio Anastasia também inaugurou o Complexo de Urgência e Emergência da região, o posto do Sine/Diretoria Regional do Trabalho, a barragem Aécio Ferreira da Cunha e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Neste conjunto de obras o Governo de Minas investiu R$ 100 milhões, gerando 420 empregos diretos e beneficiando 1,2 milhão de pessoas.

“Estamos resgatando compromissos históricos do passado com a população de Teófilo Otoni e do Mucuri e que agora se concretizam. Fico muito feliz em poder inaugurar essas obras aqui”, disse Anastasia.

Urgência e emergência

O Complexo de Urgência e Emergência marca a implantação da Rede Macrorregional de Atenção às Urgências e Emergências do Nordeste do Estado e do Vale do Jequitinhonha. Com sede em Teófilo Otoni, a Rede atenderá a população de 86 municípios, estimada em 1,2 milhão de pessoas.

Nas Redes de Atenção às Urgências e Emergências, as unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Saúde (Samu) atuam integradas a um Complexo Regulador, que controla o fluxo do serviço. Isso quer dizer que a ambulância do Samu, ao resgatar o paciente, saberá imediatamente qual o hospital mais próximo  que tem leito disponível e está em condições de fazer o atendimento adequado. A macrorregião receberá 26 ambulâncias do Samu, doadas pelo Ministério da Saúde.

Mais saúde

Com a entrega da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Teófilo Otoni, o Governo de Minas resolve um problema ambiental e garante mais saúde à população. A obra foi construída com recursos da Copasa que somam R$ 43 milhões. Já operando em fase de testes, a estação está tratando 50% do esgoto coletado no município. A previsão é que 100% do esgoto seja tratado a partir de 2014.

Outra importante obra de infraestrutura inaugurada foi a barragem Aécio Ferreira Cunha, no Rio Todos os Santos , na localidade de Cabeceira de São Pedro.  A barragem tem uma área de 128 hectares de área inundada, com o objetivo de aumentar a oferta de água e diminuir os transtornos causados pelas enchentes no período chuvoso.

Na área de prestação de serviços, o governador inaugurou novo posto da Diretoria Regional do Trabalho, que vai atender 54 municípios da região, prestando apoio técnico e acompanhando a execução das ações relativas às funções de trabalho, emprego e renda desenvolvidas pelo Estado, prefeitura municipal e demais parceiros.

Aeroporto

Em seu pronunciamento, o governador afirmou que o Governo de Minas vai reformar o aeroporto de Teófilo Otoni e construir outro de caráter regional, na cidade de Itambacuri, a 40 km de Teófilo Otoni.

“Já determinei ao Departamento de Obras Públicas, que está fazendo o projeto para a construção do aeroporto regional, em Itambacuri, para atender de modo muito claro esta região”, afirmou o governador.

Ele também anunciou, oficialmente, a recém criada Área de Proteção Ambiental (APA) do Alto do Mucuri, localizada entre os municípios de Caraí, Catuji, Itaipé, Ladainha, Novo Cruzeiro, Malacacheta, Poté e Teófilo Otoni.

Também participaram da cerimônia os secretários de Estado Antonio Jorge (Saúde), Carlos Pimenta (Trabalho e Emprego), Adriano Magalhães (Meio Ambiente), Gil Pereira (Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e Norte de Minas), Bilac Pinto (Desenvolvimento Regional e Política Urbana), o presidente da Assembleia Legislativa, Dinis Pinheiro, a prefeita Maria José Haueisen, entre outras autoridades.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/anastasia-inaugura-obras-de-infraestrutura-e-anuncia-construcao-do-hospital-regional-do-mucuri/

Gestão da Saúde: governo de Minas incrementa rede de urgência e emergência no Vale do Mucuri

Região já recebeu cerca de R$ 35 milhões em investimentos. Neste sábado (14), governador Anastasia inaugura unidade do Samu em Teófilo Otoni

O governador Antonio Anastasia inaugura neste sábado (14), em Teófilo Otoni, o Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) da cidade. Na oportunidade, o governador inaugura também um posto do Serviço Nacional de Emprego (Sine) na diretora regional da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Copasa, que atenderão à população da região.

A implantação do Samu de Teófilo Otoni é uma das diversas ações que o Governo de Minas vem implementando nos últimos anos, com o objetivo de aprimorar ainda mais os serviços de atendimento médico de alta complexidade no Vale do Mucuri. Desde 2003, os recursos aplicados pelo Estado na região somam mais de R$ 35 milhões.

Entre as ações destacam-se a implantação de um Centro Viva Vida e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Teófilo Otoni, a instalação de unidades básicas de saúde e a entrega de ambulâncias a 32 municípios, além do repasse de recursos do Pro-Hosp para sete hospitais sediados nos municípios em Teófilo Otoni, Águas Formosas, Nanuque, Malacacheta, Padre Paraíso e Itambacuri. Está prevista também a construção de um hospital regional com capacidade de 440 leitos na região.

Para a complementação das ações do Programa Saúde da Família (PSF), mensalmente o Governo do Estado tem repassado R$ 150 mil para a implementação do Programa Saúde em Casa. “Antes de 2003 nunca o Vale do Mucuri recebeu tantos investimentos na melhoria dos serviços de saúde, com a implantação de novas unidades de atendimento da população, compra de equipamentos e contratação de profissionais especializados”, ressalta o superintendente regional de Saúde de Teófilo Otoni, Ivan Santana.

Só no ano passado, o Governo do Estado instalou em Teófilo Otoni duas importantes redes de atendimento médico, constituídas por um Centro Viva Vida e uma Unidade de Pronto Atendimento – (UPA). O Centro Viva Vida presta serviços a uma população superior a 300 mil habitantes residentes em 16 municípios. Mais de 30 profissionais médicos, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas foram contratados pelo Governo de Minas para trabalhar na nova unidade de saúde que, entre outros objetivos visa reduzir os índices de mortalidade materna.

No Centro Viva Vida são atendidas gestantes de alto risco, recém nascidos de baixo peso, crianças vítimas de abuso sexual, tratamento de casos de asma, desnutrição e implementação de ações de prevenção contra o câncer de próstata e de colo uterino.

Já a UPA, inaugurada em dezembro de 2011 com o objetivo de atender uma população estimada em 400 mil pessoas, também integra a estratégia das redes de urgência e emergência que estão sendo implantadas no Estado pelo Governo de Minas. A rede planejada para a macrorregião Nordeste, polarizada por Teófilo Otoni, é do Tipo III. A Unidade funciona em regime de plantão 24 horas, todos os dias da semana. Possui 19 leitos, posto de enfermagem, sala de exames, laboratórios, salas de urgência e de classificação de risco.

A UPA conta com o trabalho de seis médicos (quatro clínicos e dois pediatras) e atendem diariamente cerca de 400 pessoas. Os investimentos alocados pelo Governo de Minas na implantação da UPA de Teófilo Otoni foram da ordem de R$ 4 milhões. A administração da Unidade de Pronto Atendimento está sob a responsabilidade do Hospital Santa Rosália que presta serviços à população dos vales do Mucuri, Jequitinhonha, São Mateus e também às cidades do Sul da Bahia e do Norte do Espírito Santo. Mensalmente, o Governo de Minas investe R$ 250 mil na manutenção dos serviços prestados pela UPA que também conta com o repasse de verbas da Prefeitura de Teófilo Otoni e do governo federal, totalizando R$ 800 mil, incluindo a parte alocada pelo Governo de Minas.

Complexo de urgência e emergência

Paralelo à ampliação da rede de urgência e emergência do Vale do Mucuri, o Governo de Minas também investiu cerca de R$ 4 milhões na implantação do Samu em Teófilo Otoni, que será inaugurado neste sábado (14), pelo governador Antonio Anastasia. Através de um consórcio formado por 86 municípios, a nova unidade contemplará a prestação de serviços à população residente nas microrregiões de Teófilo Otoni, Diamantina e Pedra Azul.

Os investimentos do Governo de Minas incluíram a compra de equipamentos e mobiliário. Em contrapartida, o governo federal entregou ambulâncias que serão utilizadas no transporte de pacientes em situação de risco de vida. O atendimento médico será centralizado em Teófilo Otoni. Cerca de cem profissionais, entre médicos, motoristas e enfermeiros foram contratados para trabalhar na nova unidade do Samu.

Para completar o trabalho de estruturação e interiorização da rede de urgência e emergência do Vale do Mucuri a Superintendência Regional de Saúde está participando de entendimentos objetivando a implantação de um hospital regional em Teófilo Otoni. O objetivo é suprir a demanda de atendimento de casos de alta complexidade, principalmente no segmento de traumatologia.

O superintendente regional de Saúde explica que um grupo de empresários já doou uma área de 50 mil metros quadrados para a construção do novo hospital, que está sendo planejado para ter 400 leitos e atender a demanda de uma população estimada em um milhão de pessoas residentes nos vales do Mucuri, São Mateus e Jequitinhonha. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 50 milhões.

 

População aprova a melhoria dos serviços

Os investimentos realizados pelo Governo de Minas na estruturação da rede de atendimento médico hospitalar no Vale do Mucuri já trazem reflexos positivos no atendimento da população.

Na opinião da dona de casa, Cristina Aparecida Lopes de Jesus, residente na comunidade rural de São Miguel do Pita, distrito de Teófilo Otoni, a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) “agilizou o atendimento da população que antes sofria com a falta de melhor infraestrutura nos postos de saúde”. A dona de casa revela que as duas vezes que precisou recorrer aos serviços da UPA foi “bem atendida”. A primeira visita à Unidade de Pronto Atendimento aconteceu em dezembro de 2011, quando foi atendida por um médico clínico geral. Em janeiro Cristina Lopes retornou à Unidade levando o filho Rafael, de um ano de idade, para atendimento por parte de um pediatra. “Os postos de saúde estão constantemente cheios e pelo fato da Unidade de Pronto Atendimento receber pacientes com problemas de saúde urgentes, os atendimentos acontecem com mais agilidade”, avalia a dona de casa.

O casal Geraldo Pereira Aguilar e Isabel de Souza, residentes na comunidade de Lajinha, zona rural de Teófilo Otoni também avalia que o trabalho da UPA tem proporcionado melhor atendimento à população. “Torcemos para que novas unidades sejam implantadas em outros municípios, pois o trabalho prestado é muito bom”, avalia o aposentado Geraldo Aguilar. Em dezembro ele foi atendido na UPA por um clínico geral. Diante do bom atendimento a que teve acesso, em janeiro o aposentado retornou à Unidade com a esposa Isabel.

Na opinião do casal, pelo fato de Teófilo Otoni se constituir numa cidade pólo regional, a ampliação dos serviços de saúde se constitui numa “iniciativa importante”, pois a cidade recebe grande fluxo de pacientes oriundos de vários municípios integrantes da microrregião.

 

Investimentos de R$ 300 milhões em saneamento básico

A partir deste mês, Teófilo Otoni passa a contar com uma das maiores obras de abastecimento de água e de saneamento básico que o Governo de Minas está implementando no Vale do Mucuri, beneficiando 30 municípios. Os investimentos da ordem de R$ 300 milhões viabilizados por meio da Copasa compreendem a construção, em Teófilo Otoni, de uma barragem de 32 metros de altura no leito do Rio Todos os Santos e implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que também será inaugurada oficialmente neste sábado (14), pelo governador Anastasia.

As obras vão garantir a revitalização e despoluição do Rio Todos os Santos, principal fonte de abastecimento de água da população de Teófilo Otoni. Com capacidade para acumular 12 milhões de metros cúbicos de água, a barragem envolveu investimentos da ordem de R$ 120 milhões. A implantação dos empreendimentos gerou 550 empregos diretos.

Além de resolver o problema de abastecimento de água da população, a barragem viabilizará a recuperação de uma das mais importantes bacias hidrográficas do Vale do Mucuri. “Além disso, nos próximos 50 anos os investimentos vão garantir o abastecimento de água a uma população atualmente superior a 130 mil habitantes, além da regularização do Rio Todos os Santos que seca em períodos de estiagem prolongada. Já nos períodos de chuva, a barragem contribuirá com a redução dos problemas de enchentes enfrentados pela população”, explica o gerente do Departamento Operacional Nordeste da Copasa, Sérgio da Costa Ramos

Reserva ambiental

Além de resolver o problema de abastecimento de água do município e reduzir os problemas causados por enchentes, a construção da barragem no leito do Rio Todos os Santos proporcionará considerável ganho ambiental ao Vale do Mucuri, com a criação de uma nova reserva florestal. A área constituída por 998 hectares proporcionará à região do semiárido passar a contar com uma importante reserva de Mata Atlântica.

A área de proteção ambiental não será aberta ao acesso da população. Só poderá ser utilizada para a realização de pesquisas, mesmo assim depois das propostas serem analisadas por parte da equipe técnica da Copasa.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-incrementa-rede-de-urgencia-e-emergencia-no-vale-do-mucuri/

Governo de Minas: município de Divinópolis receberá Caravana Mães de Minas

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Entre os dias 13 e 15 de abril, Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado, recebe a 3ª parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento será realizado das 9h às 17h30, no Ginásio Polisesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo, 625, bairro Niterói.

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público terá acesso ao cadastramento no 155; à oficina de aleitamento materno; à oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; à oficina sobre o parto normal; às oficinas de brinquedos; à cabine de vídeo e foto; à roda de memória; e à exposição do “túnel da vida”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a caravana será fundamental para unir esforços que garantam a prioridade da causa em Minas. “Ao cuidarmos da concepção ao primeiro ano de vida, buscando mobilizar a sociedade para transformar a maternidade no maior patrimônio dos mineiros, nós estamos plantando uma infância mais saudável. E quem planta uma infância mais saudável, terá adiante uma sociedade mais saudável”, destacou.

Caravana

A ação constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. A Caravana já passou por Ribeirão das Neves e por Belo Horizonte. Outros municípios que vão receber a caravana são: Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pela Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Mães de Minas

Para o ano de 2012, foi estruturado o Programa Mães de Minas, que constitui um recorte e diferencial da Rede Viva Vida de Atenção Integral à Saúde da Mulher e da Criança e, como tal, deverá estimular um processo de mobilização social que contemple monitoramento e acompanhamento das mães e de seus filhos até um ano de idade, pelo sistema telefônico. Esse processo deverá envolver Estado e sociedade civil na direção de unir esforços com vistas à redução da mortalidade infantil e materna.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5093 gestantes de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; e ligam para saber sobre o parecer médico, resultado de exames e, por exemplo, se foram diagnosticadas com gravidez de risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/municipio-de-divinopolis-recebera-caravana-maes-de-minas/

Governo de Minas: Secretaria Estado de Defesa Social amplia ações de Polícia Comunitária

Curso promovido pela Seds até o dia 27 de abril visa capacitar agentes de defesa social e membros da comunidade

Policiais militares e civis, bombeiros, guardas municipais, lideranças comunitárias e membros das áreas de educação e saúde das Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) de Belo Horizonte, Ipatinga, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Juiz de Fora, Uberlândia, Poços de Caldas e Montes Claros participam, simultaneamente, até o dia 27 de abril, do curso Especial Promotor de Polícia Comunitária.

O curso, promovido pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) por meio da Gerencia Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social, tem como objetivo capacitar, ao mesmo tempo, por meio da filosofia de Polícia Comunitária, agentes de defesa social e membros da comunidade para o desempenho de papéis no contexto da segurança pública. Serão capacitados 320 profissionais e todos serão certificados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A carga horária é de 44 horas/aula.

Encontro de Coordenadores Estaduais de Polícia Comunitária

O modelo de policiamento comunitário adotado em Minas Gerais será uma das experiências discutidas no Encontro Técnico Nacional de Coordenadores Estaduais de Polícia Comunitária, que será realizado em Maceió (AL) nesta quinta (12) e sexta-feira (13). O evento, promovido anualmente pelo Ministério da Justiça por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), tem como objetivo aprimorar e difundir a política de policiamento comunitário como uma das estratégias de combate à violência em áreas de exclusão social.

Para o gerente de Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social da Seds e coordenador de Polícia comunitária em Minas Gerais, José Francisco da Silva, o evento proporciona atualização da metodologia, troca de experiências e crescimento técnico, uma vez que as informações apresentadas no encontro servem de estudo. “A experiência em Minas Gerais, assim como no Brasil, tem obtido sucesso. É possível observar uma redução na criminalidade nas comunidades em que a filosofia é praticada”, afirmou José Francisco.

Filosofia

O policiamento comunitário é uma filosofia e uma estratégia organizacional fundamentada, principalmente, numa parceria entre a população e as instituições de segurança pública e defesa social. O trabalho em conjunto visa identificar, priorizar e resolver problemas relacionados à criminalidade e à preservação da ordem pública e defesa civil.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-estado-de-defesa-social-amplia-acoes-de-policia-comunitaria/

Governo de Minas: oficinas apresentam novas formas de comunicação para prefeituras

Representantes das prefeituras municipais tiveram a oportunidade de debater a importância da comunicação na gestão governamental

O IntegraMinas, uma parceria da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) com a Associação Mineira de Municípios (AMM), realizou três cursos práticos que visam à melhoria da comunicação no ambiente governamental. As oficinas têm como objetivos promover a utilização do correio eletrônico oficial e aprimorar a comunicação e a gestão dos municípios por meio do uso das ferramentas da web 2.0. “O uso do sistema mg.gov.br pelas prefeituras e câmaras facilita a comunicação das instituições públicas com outros órgãos governamentais e privados, além de contribuir na divulgação de suas ações”, explicou Rosalves Sudário, da AMM.

Por meio de palestras, oficinas e debates, o IntegraMinas orienta representantes de prefeituras e câmaras municipais na adequação ao Decreto 45095/2009, que foi assinado durante o 26º Congresso Mineiro de Municípios, em 5 de maio de 2009. Esse decreto trata da utilização do correio eletrônico (e-mail) oficial na comunicação com órgãos e entidade municipais, além de outras providências.

As atividades abordam também como as ferramentas de comunicação são fundamentais para uma gestão eficiente, moderna e transparente, e a importância de se consolidar a comunicação no processo governamental.

As oficinas realizadas reuniram servidores públicos e representantes das prefeiturasdas regiões de Teófilo Otoni, Diamantina e Pirapora, municípios que sediam unidades dos Polos de Inovação da Sectes no Norte de Minas e vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“O evento possibilitou ampliar contatos com prefeituras e câmaras municipais da região, dando ainda a oportunidade para divulgar as ações dos polos. Em Diamantina, enfatizamos a criação de novos negócios na área de turismo, em particular no campo em que o potencial é bem alto. Com a integração em rede será possível manter contatos permanentes, buscando qualificar demandas e mesmo atendê-las”, esclareceu o coordenador do Polo de Inovação de Diamantina, Luiz Pinheiro.

Os participantes do IntegraMinas receberam ainda capacitação para utilizar ferramentas da web 2.0, como Blogs, Facebook e Twitter. As atividades foram conduzidas por agentes TEIA – Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados, integrantes do programa que já habilitou mais de 3 mil jovens a se conectarem ao mundo pelas redes sociais, utilizando a internet de forma empreendedora.

Nos meses de maio e junho serão oferecidas outras cinco oficinas do IntegraMinas: Salinas (21/05), Araçuaí (31/05), Januária (14/06), Janaúba (21/06) Almenara (28/06). Para participar, basta confirmar presença pelo email oade.andrade@tecnologia.mg.gov.br.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/oficinas-apresentam-novas-formas-de-comunicacao-para-prefeituras/

Gestão Anastasia: governo de Minas capacita cidadãos para gerir negócio

Workshop Gestão para Oficinas Artesanais beneficiou empreendedores de Salinas e região

Os empreendedores de Salinas e região estão mais capacitados para gerir seus negócios. Na última semana, cerca de 30 pessoas participaram do workshop “Gestão para Oficinas Artesanais”, oferecido pelo Polo de Inovação da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), em parceria com Sebrae-MG e o Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Salinas.

Durante as atividades, os pequenos empreendedores aprenderam a importância de se apurar os custos corretamente para avaliar se o preço de venda dos seus produtos está de acordo com os gastos.

“O workshop vai contribuir com a organização do meu negócio, pois tive a oportunidade de verificar o que estava fazendo de errado. A partir de agora, poderei controlar meus gastos e meu tempo de forma adequada, aumentando a minha produção e lucro”, disse a costureira Rosiane Rocha.

“As atividades mostraram que não sabia colocar o preço no meu produto. Aprendi a avaliar direito o que gasto e me organizar melhor para vender mais”, explicou Maria do Carmo Ferreira da Silva, que trabalha com pintura em tecido.

Polos de inovação

O polo de Salinas é uma das oito unidades instaladas também nos municípios de Araçuaí, Almenara, Janaúba, Januária, Pirapora e Teófilo Otoni. Eles atuam no Norte de Minas e vales do Jequitinhonha e Mucuri com o objetivo de catalisar oportunidades para o desenvolvimento econômico e social da região. As capacitações oferecidas pelos polos desenvolvem potenciais, fortalecem vocações e promovem a cidadania.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-capacita-cidadaos-para-gerir-negocios/