• Agenda

    dezembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Governo de Minas: programa estruturador voltado à segurança alimentar será lançado em Taiobeiras

Governo de Minas também promoverá debates em Ipatinga, Viçosa e Capelinha

Divulgação/Emater
Governo de Minas estabeleceu a alimentação escolar de qualidade como uma prioridade na rede estadual de ensino
Governo de Minas estabeleceu a alimentação escolar de qualidade como uma prioridade na rede estadual de ensino

Cerca de 150 pessoas são esperadas no município de Taiobeiras, na região Norte de Minas, para o lançamento do Programa “Cultivar, Nutrir e Educar”, nos dias 11 e 12 de abril. O “Cultivar, Nutrir e Educar” é um dos programas estruturadores estabelecidos pelo Governo de Minas. A iniciativa tem por objetivo garantir o direito à alimentação saudável, adequada e solidária, contemplando o binômio “educação e nutrição”, para os alunos das escolas públicas estaduais de educação básica. Por meio deste programa, o Governo de Minas pretende fortalecer a agricultura familiar e promover o aprimoramento da educação alimentar e nutricional.

O evento será organizado pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais (Consea-MG). Este será o primeiro dos quatro encontros que serão realizados no Estado até maio deste ano. Além da reunião de Taiobeiras, o programa estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar” também será tema de discussões em Ipatinga, no Vale do Aço, nos dias 25 e 26 de abril; em Viçosa, na Zona da Mata, nos dias 9 e 10 de maio; e em Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, nos dias 30 e 31 de maio.

Também participam da realização do encontro a Secretaria-Geral da Governadoria do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria Executiva do Comitê Temático de Segurança Alimentar e Nutricional (CTSANS); a Secretaria de Estado da Educação (SEE), por meio da Subsecretaria de Administração do Sistema Educacional; a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância e Proteção à Saúde; e a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), por meio da Subsecretaria de Agricultura Familiar.

Segundo a secretária executiva do CTSANS, Jacqueline Junqueira, além de apresentar o programa, “o seminário visa promover a interlocução com os gestores locais, sejam da sociedade civil ou de órgãos públicos, para a implementação das ações nos municípios”. “Queremos informar às instituições e parceiros locais sobre o detalhamento das ações a serem desenvolvidas. De forma intersetorial e participativa, pretendemos envolvê-los no planejamento e execução do programa. Desta forma, vamos incentivar a formação de Comitê Gestor local, que será um meio fundamental para atender às necessidades específicas de cada município”, explicou.

Alimentação escolar

No país, a alimentação escolar é tratada como política pública fundamental desde a década de 1950, por proporcionar aos alunos acesso a refeições no período de permanência na escola. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), a alimentação escolar é, atualmente, a segunda forma mais importante de acesso à refeição para jovens e crianças em situação de pobreza ou extrema pobreza.

A lei federal 11.947/2009 determina que, no mínimo, 30% do recurso repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) seja utilizado na aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar. A lei atribui como competência dos estados a promoção da educação alimentar, nutricional sanitária e ambiental.

Neste contexto, o programa estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar”, do Governo de Minas, tem como estratégia articular, entre as secretarias de Estado, demais órgãos e setores envolvidos, o fomento à produção de alimentos saudáveis, provenientes da agricultura familiar, para o abastecimento da rede pública estadual de ensino. O programa visa, ainda, o atendimento parcial das necessidades nutricionais dos alunos, de acordo com o tempo de permanência na escola; a promoção da educação alimentar e nutricional; a identificação de distúrbios nutricionais e encaminhamento para atenção básica; e a promoção de ações educativas em vigilância sanitária de alimentos.

Serviço

Lançamento do Programa Estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar”

Local: Rua Mato Grosso, 450, Sagrada Família, Taiobeiras.

Datas: 11 e 12 de abril.

Mais informações: http://www.conselhos.mg.gov.br/consea

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/programa-estruturador-voltado-a-seguranca-alimentar-sera-lancado-em-taiobeiras/

Experiência implementada por Aécio e Anastasia na Saúde, gera modelo inovador de governança e custeio

Gestão Pública eficiente

Fonte: Artigo de Marcus Pestana – deputado federal (PSDB-MG) – O Tempo

Uma experiência de êxito no Norte de Minas

O caso da Rede de Atenção à Urgência e Emergência 

O setor de urgência e emergência é uma das fraturas expostas do SUS. Não é para menos, é aí onde a defesa da vida se coloca de forma dramática na atenção às pessoas vítimas de enfartes, AVCs, eventos relacionados à violência e acidentes de todo o tipo.

Por outro lado, cobram-se permanentemente avanços na gestão, através de iniciativas eficazes e inovadoras. Temos no Brasil um duplo desafio em relação à saúde: investir mais e melhorar a gestão.

Um caso de sucesso é a Rede de Atenção à Urgência e Emergência no Norte de Minas, experiência pioneira e inovadora implantada pelos governos Aécio Neves e Antonio Anastasia.

Um dos graves problemas do SUS é a fragmentação da atenção às pessoas. Em Minas, há nove anos, trabalha-se o conceito de redes assistenciais. No Norte de Minas, equipes de Saúde da Família, UPAs, Samu e hospitais trabalham de forma harmônica e integrada, sob coordenação única.

O desafio não é pequeno. O Norte de Minas tem 86 municípios, 1,5 milhão de habitantes, 128 mil km² (território maior do que o de muitos países e Estados brasileiros). A desigualdade é grande e o IDH é baixo (0,691). A grande âncora da rede é Montes Claros (polo macrorregional), auxiliada por importantes polos microrregionais, como Pirapora, Brasília de Minas, Salinas, Taiobeiras e Janaúba.

A implantação da rede é extremamente trabalhosa. A começar pela adoção de uma linguagem única, o Protocolo de Manchester, que classifica, a partir de rigorosos protocolos clínicos, a urgência de cada caso (vermelho, laranja, amarelo, verde e azul). Nada menos que 1.700 profissionais foram treinados para absorver a inovação. A solução é materializada em um software de altíssima qualidade que opera em rede integrada na internet. Os fluxos assistenciais são pactuados por todos os atores e orquestrados pela central única de coordenação, que funciona 24 horas. Há uma clara ordenação dos hospitais, com papéis definidos e hierarquizados. Ao invés do antigo “manda pra Montes Claros ou para o hospital mais perto”, o conceito passou a ser “o atendimento da pessoa certa, no tempo certo, no local certo”.

Na atenção pré-hospitalar, UTIs móveis, ambulâncias e um helicóptero funcionam de forma articulada a partir das orientações da central. O governo de Minas financiou a implantação pioneira dos primeiros 40 leitos de UTI fora de Montes Claros. O modelo de governança e custeio é inovador a partir da criação de um consórcio que reune a Secretaria de Saúde estadual e todos os municípios e que faz a gestão da rede. O governo mineiro coloca R$ 20 milhões/ano adicionais na rede hospitalar.

A experiência já colhe importantes resultados: mais de mil vidas salvas a cada ano. Não é à toa que a equipe do secretário Antônio Jorge é referência nacional no assunto e recebe o reconhecimento de organismos internacionais como a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), vinculada à ONU.

Multidão de Taiobeiras e Salinas declara apoio a Antonio Anastasia

Multidão vai às ruas de Salinas e Taiobeiras declarar apoio à reeleição de Antonio Anastasia

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Moradores e prefeitos do Norte de Minas testemunham transformação social da região após apoio do Governo do Estado

Nos últimos anos, nos governos Aécio/Anastasia, para cada R$ 1 investido nas outras regiões, o Governo do Estado investiu R$ 2 no Norte de Minas e vales do Jequitinhonha e Mucuri

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, e o ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado Federal, receberam, neste sábado (18/09), apoio da população e de prefeitos do Norte de Minas. Os candidatos visitaram Salinas e Taiobeiras, quando receberam o reconhecimento por terem colocado o Grande Norte de Minas (Norte e vales do Jequitinhonha e Mucuri) como região prioritária nos investimentos sociais e de infraestrutura. Nos últimos oito anos, o Governo de Minas investiu cerca de R$ 2,1 bilhões na região em ações como pavimentação de estradas da região, segurança pública, reforma de escolas, construção de casas populares e melhoria nos hospitais.

Para cada R$ 1,00 investido pelo Governo Aécio/Anastasia nas demais regiões mineiras, eram investidos R$ 2,00 no Grande Norte. Os investimentos se traduziram em resultados sociais acima da média nacional, como a redução da mortalidade infantil, da desnutrição e da pobreza.

Ao discursar para uma multidão de moradores de Salinas, o governador Antonio Anastasia se comprometeu a manter as parcerias entre o Estado e os municípios. Anastasia lembrou que, tanto ele quanto Aécio Neves, nunca pautaram as ações à frente do governo por questões de afinidades partidárias.

“Nós fizemos com muito orgulho, honra e responsabilidade, uma parceria com todos os municípios mineiros, independente de partido político. Cada um pode ser testemunha sobre o que nós fizemos em termos de estradas, de empregos, na área social, de inclusão, de desenvolvimento pleno em todos os sentidos, na educação na saúde e na segurança”, disse o governador Anastasia ao discursar em

Salinas
O prefeito de Salinas, José Prates (PTB), destacou a competência e a ética do governador Anastasia. Para ele, o governador é a pessoa certa para continuar com o crescimento econômico e social de Minas por ter dado atenção igualitária a todos os municípios do Estado.

“Salinas está do lado do bem, do lado de quem trabalha, do lado da gente honesta, do lado das pessoas que têm dedicação exclusiva para que a condição de vida do povo melhore. A liberdade de Minas é a planta sagrada de nosso Estado. Minas nunca teve um governo tão municipalista. São 853 prefeitos que estão satisfeitos com o governo de Aécio e Anastasia e que desejam que Anastasia continue o que já está fazendo”, declarou.

Obras
Em Taiobeiras, o ex-governador Aécio Neves destacou as melhorias obtidas com a chegada do sinal da telefonia celular a todos os municípios da região e com o Proacesso, que permitiu a pavimentação de cerca de 1.500 quilômetros de estradas da região. O ex-governador disse que a continuidade desse desenvolvimento só será possível com a reeleição de Antonio Anastasia.

“O Proacesso coloca Taiobeiras no centro de desenvolvimento dessa região. Os investimentos da saúde estão aí. Temos buscado melhorar a nossa educação. Os investimentos em telefonia celular levaram a todos os municípios mineiros o sinal que não existia. Mas temos ainda um conjunto de necessidade e investimentos que precisam ser feitos. Cada um tem que pensar não na vitória de um partido ou de um candidato. Pensando na vitória de Minas. Na vitória da decência e do trabalho”, afirmou Aécio Neves.

Para o prefeito de Taiobeiras, Denerval Germano (PSDB), os investimentos feitos na área da saúde, transformaram a cidade em um polo de regional. “Essa região aqui, Taiobeiras principalmente, se tornou polo regional de saúde, com o SAMU regional, com urgência e emergência, com o Viva Vida, com o CTI com dez leitos. Essas obras permitiram que a população, os empresários, os que vivem aqui, pudessem acreditar e começar a investir em negócios, em serviços, criando desenvolvimento para a região”, afirmou

Festa no Norte
O governador Antonio Anastasia e ex-governador Aécio Neves foram recebidos com uma grande festa preparada pela população de Salinas no aeroporto da cidade. Cerca de 300 pessoas, incluindo 14 prefeitos da região, foram receber os candidatos que ganharam de presente uma garrafa de cachaça artesanal. O município é um dos principais produtores da bebida em todo o país.

Anastasia e Aécio seguiram em carreata pelas ruas da cidade a partir da avenida Floripes Crispim. Eles foram seguidos por aproximadamente 150 carros e dezenas de motos. A população de Salinas deixou suas casas e o comércio para acompanhar a passagem dos candidatos pelo centro da cidade. Antonio Anastasia e Aécio Neves acenavam para os moradores que retribuíam manifestações de apoio à campanha dos candidatos.

Eles também entraram Mercado Municipal de Salinas e foram cercados pela população. Muitos eleitores tiraram fotos e cumprimentaram os candidatos. Anastasia e Aécio seguiram a pé até a Passarela de Alegria onde foram saudados com foguetório e muitos aplausos. Mesmo com o sol forte, cerca de 700 pessoas acompanharam o discurso dos candidatos, segundo informações da Polícia Militar.

O funcionário público Cícero Donizeti declarou o apoio à candidatura de Anastasia e Aécio. Para ele, as obras desenvolvidas pelo Governo de Minas nos últimos oito anos melhoraram as condições de vida da população.  “É um governo que vem trabalhando em prol do Estado, com várias obras. Salinas é prova disso. Tem várias obras em andamento. Eles mudaram a cara de Minas”, afirmou.

O prefeito de Patis e presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), Valmir Moraes (PTB) ressaltou  que o trabalho do Governo de Minas nos últimos anos foi fundamental para a melhoria de condições de vida dos moradores do Norte Estado. No dia 8 de agosto, durante visita a Montes Claros, o governador Antonio Anastasia recebeu o apoio de 83 dos 92 prefeitos que fazem parte de Amams.

“Nunca recebemos de governo algum uma assistência, um trabalho melhor do que esse de Aécio Neves e Anastasia. Temos por obrigação no Norte de Minas corresponder no voto esse tratamento diferenciado que recebemos, com as ligações asfálticas, o ProAcesso, postos de saúde, casas populares, telefonia celular. Precisamos de Anastasia para que esse trabalho continue voltado para o bem, principalmente na área social, na nossa região”, afirmou o prefeito de Patis.

Taiobeiras
A festa preparada para os candidatos em Salinas continuou em Taiobeiras, onde a visita dos candidatos foi acompanhada por milhares de pessoas. Anastasia e Aécio foram recebidos por diversas lideranças políticas e 20 prefeitos do Norte de Minas. Eles seguiram em carreta até o centro da cidade e caminharam junto à população na feira ao ar livre da avenida Liberdade e também no Mercado Municipal.

O prefeito de Cachoeira do Pajeú, Fábio Ferraz (PR), disse que a parceria do Governo de Minas com as prefeituras transformou a realidade dos municípios do Norte. Ele citou obras feitas pelo Estado em estradas, na saúde, na telefonia celular.

“Além disso, temos um contato com o governador, que antes não se tinha. A gente não tinha essa liberdade de conversar, de ter o diálogo frente a frente. Hoje temos, temos essa liberdade com Aécio e vamos ter com Anastasia”, disse.

“Os municípios se desenvolveram bastante na questão social. Temos que apoiar, abraçar essa campanha.  Ver que o futuro de Minas Gerais está com Anastasia e  Aécio”, disse o prefeito de Ninheira, Gilmar Ferraz (DEM).