• Agenda

    abril 2020
    S T Q Q S S D
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Sindicato dos Servidores publica nota de repúdio ao deputado Rogério Correia por agressão à segurança da Assembleia de Minas

Fonte: Nota do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – Sindalemg

A agressão é inadmissível porque ocorreu na sede do parlamento mineiro

O Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Minas Gerais publicou nota de repúdio contra a “lastimável e inadmissível agressão” praticada pelo deputado Rogério Correia contra o servidor Rogério Azevedo Sanches, no última quinta-feira (22/09) no plenário da Assembleia. O fato ocorreu em decorrência de um “factóide” criado pelo deputado durante a tentativa de uma professora grevista ter tentado entrar no plenário da Assembleia com um cartaz de protesto.

Como parlamentar de vários mandatos, Rogério Correia conhece muito bem o regimento da casa e sabe que é proibido o acesso de manifestantes ao local.  A matéria publicada neste blog: Bloco Transparência e resultado repudia agressão do deputado Rogério Correia a servidor da Assembleia de Minas revela toda a farsa montada pelo deputado do PT com o sentido de criar constrangimentos.

Vale ressaltar que os seguranças da ALMG são servidores que prestaram concurso público e foram aprovados e treinados para garantir o cumprimento do regimento, que determina as galerias como o local reservado para toda e qualquer manifestação pública. Rogério Correia queria criar uma exceção para a professora, desta forma ele deixou claro que houve uma tentativa de desrespeito às normas da Assembleia.

Veja abaixo a Nota de Repúdio  pela agressão e grosseria do deputado ao servidor: