• Agenda

    agosto 2020
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Gestão em Minas: Ministro do Esporte elogia andamento das obras do Mineirão

Segundo o ministro, Minas possui o ritmo de obras mais avançado do país

Carlos Alberto/Imprensa MG
Alberto Pinto Coelho recebeu Aldo Rebelo durante vistoria ao Mineirão
Alberto Pinto Coelho recebeu Aldo Rebelo durante vistoria ao Mineirão

O vice-governador Alberto Pinto Coelho e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, visitaram as obras no Mineirão, nesta quarta-feira (18). Após a visita, o ministro elogiou o andamento das obras no estádio e também as intervenções no trânsito em Belo Horizonte.

“Belo Horizonte é a capital que tem as obras com a maior proximidade com o cronograma estabelecido entre todas as cidades-sede do Mundial”, afirmou Aldo Rebelo, em entrevista. O ministro assinou o painel “Mineirão eu faço parte desta história”, onde são registradas as visitas recebidas durante as obras no estádio.

O ministro também ressaltou o legado das obras para a capital mineira. “A Copa já é uma realidade. Belo Horizonte tem um estádio moderno, compatível com suas tradições, que é o Mineirão renovado. As obras de mobilidade urbana vão melhorar a vida das pessoas, já foram até inauguradas. E Belo Horizonte terá visibilidade para bilhões de pessoas”, afirmou Aldo Rebelo.

O Mineirão receberá seis partidas durante a Copa do Mundo de 2014, incluindo uma das semifinais. As obras seguem rigorosamente em dia. O estádio será o primeiro a ficar pronto em 21 de dezembro de 2012.

“Minas Gerais está cumprindo o seu dever de casa e as obras estão em dia. Estamos preparando o Estado, em parceria com o município, para bem receber aqueles que virão para a Copa de 2014, inclusive nos roteiros turísticos, na questão da segurança pública e preparando as pessoas para receber os turistas”, afirmou Alberto Pinto Coelho.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso, disse que o ministro Aldo Rebelo leva de Belo Horizonte as melhores impressões, não somente com o Mineirão, mas também com obras de mobilidade urbana, hotelaria, aeroportos, rotas turísticas, segurança e saúde. “Os elogios que recebemos hoje endossam o bom trabalho de Minas Gerais para os preparativos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014”, afirmou Sergio Barroso.

Também participaram da visita o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda; o secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Bráulio Braz; o secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus; o secretário de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, além de autoridades locais e estaduais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ministro-do-esporte-elogia-andamento-das-obras-do-mineirao/

Governo de Minas: Alberto Pinto Coelho e Aldo Rebelo vistoriam obras para a Copa do Mundo em BH

Vice-governador e ministro do Esporte visitam estádio do Mineirão nesta quarta-feira

vice-governador Alberto Pinto Coelho e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, visitam, na manhã desta quarta-feira (18), o estádio do Mineirão, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, para acompanhamento das obras para a realização da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo da Fifa, em 2014. O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, além de deputados estaduais e federais, também acompanham a vistoria.

Em breve mais informações.

Siga, em tempo real, o noticiário do Governo de Minas pelo Twitter.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/alberto-pinto-coelho-e-aldo-rebelo-vistoriam-obras-para-a-copa-do-mundo-em-bh/

Governo de Minas: Vice-governador visita o Independência e destaca importância do estádio para o futebol

Jogo do América vai marcar a inauguração, confirmada para 25 de abril próximo

Henriques Chendes
Secretário Sergio Barroso e vice-governador Alberto Pinto Coelho durante visita ao Independência
Secretário Sergio Barroso e vice-governador Alberto Pinto Coelho durante visita ao Independência

O vice-governador Alberto Pinto Coellho, presidente do Comitê Gestor da Copa, visitou nesta quarta-feira (11) o estádio Independência, que tem data de inauguração marcada para 25 de abril, com um jogo que vai marcar o centenário do América Futebol Clube. Ele foi recebido pelo secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, e pelo diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas (EPE), Tadeu Barreto.

“O estádio Independência tem padrão internacional e é motivo de orgulho para todos os mineiros. Estou impressionado com o que vi, neste campo que já foi palco de jogos da Copa do Mundo de 1950”, afirmou o vice-governador.

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer o gramado, o vestiário e as arquibancadas do estádio. Para Sergio Barroso, com a entrega do Independência, o Governo de Minas reafirma o compromisso com o profissionalismo do futebol mineiro. “Esse é um dos estádios mais modernos do Brasil e vai trazer as famílias de volta para os campos de futebol”.

Novo Independência

O novo Independência terá a capacidade de público ampliada de 10 para 25 mil pessoas, todos os assentos cobertos com material que reduz a emissão de som para a área externa; 422 vagas para estacionamento; duas torres de serviço que abrigam a administração, posto médico, central de vídeo monitoramento, central de comando do estádio, áreas de hospitalidade e áreas de segurança pública; dois elevadores e uma plataforma, além de rampas que asseguram acesso a todos os níveis; sistema moderno de iluminação que evita sombras nas transmissões de jogos noturnos; grama com sistemas de drenagem e de irrigação recomendados pela Fifa; acesso facilitado por estação do metrô a 600 metros e, em dias de eventos, haverá mais ônibus e táxis no entorno do estádio; os vestiários contarão com  auditório para entrevistas coletivas; haverá duas lojas e 32 bares e lanchonetes espalhados nos diferentes setores do estádio; para a imprensa estarão disponíveis 16 cabines (rádio e TV) e 72 postos de trabalho (imprensa escrita); os camarotes ocuparão um espaço flexível com capacidade para aproximadamente 2.225 pessoas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/vice-governador-visita-o-independencia-e-destaca-importancia-do-estadio-para-o-futebol/

Governo de Minas: Estádio Independência será reinaugurado dia 25 de abril

Jogo de reabertura será um amistoso do América Futebol Clube, que ainda está escolhendo o adversário

Renato Cobucci/Imprensa MG
Presidente do América, Marcos Salum; secretário Sergio Barroso e presidente da BWA, Ricardo Azevedo
Presidente do América, Marcos Salum; secretário Sergio Barroso e presidente da BWA, Ricardo Azevedo

O Estádio Raimundo Sampaio, o Independência, será reinaugurado dia 25 de abril, com uma partida amistosa do América Futebol Clube, que ainda está escolhendo o adversário, entre equipes internacionais. O jogo, além de marcar a reabertura do estádio, fará parte também das comemorações do centenário do clube mineiro.

A data foi anunciada durante coletiva da qual participaram o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso, o presidente do América, Marcus Salum, e o diretor-presidente da Arena Independência, Ricardo Azevedo. O dirigente americano informou que está tentando trazer para o jogo de inauguração uma equipe da América Latina.

“A inauguração do Independência será o início de uma nova era do futebol no Estado, com muito mais profissionalismo e mais conforto e segurança para os torcedores”, destacou Barroso.

Atualmente, 98% das obras estão prontas. Faltam instalação da lona plotada na fachada, finalização do piso do estacionamento, detalhes das instalações elétricas e hidráulicas, vidros das duas torres, além de detalhes da pintura do estádio.

“Após a reabertura, o estádio será entregue à Arena Independência, que terá liberdade de personalizar algumas áreas, por exemplo, os camarotes. Então a obra estará 100% pronta, mas, por opção da BWA, algumas modificações e customizações poderão ser feitas posteriormente”, explica Barroso.

“Esses ajustes operacionais serão feitos para maximizar a rentabilidade do estádio, mas sem interferir no funcionamento da arena para o público”, afirmou Azevedo. Ele informou ainda que o plano operacional está elaborado e será divulgado após aprovação do Governo.

Durante a entrevista, foi divulgado também novo vídeo do estádio Independência que mostra a evolução da obra. O link do novo vídeo é o seguinte: http://youtu.be/Db5FeGct2ag.

“Teremos, até o final do ano, dois estádios de padrão internacional em Belo Horizonte. Para o Governo, a paixão dos mineiros pelo futebol é tão forte que esse esporte se tornou um patrimônio cultural”, concluiu Barroso

Novo Independência

O novo Independência terá a capacidade de público ampliada de 10 para 25 mil pessoas, todos os assentos cobertos com material que reduz a emissão de som para a área externa; 422 vagas para estacionamento; duas torres de serviço que abrigam a administração, posto médico, central de vídeo monitoramento, central de comando do estádio, áreas de hospitalidade e áreas de segurança pública; dois elevadores e uma plataforma, além de rampas asseguram acesso a todos os níveis; sistema moderno de iluminação que evita sombras nas transmissões de jogos noturnos; grama com sistemas de drenagem e de irrigação recomendados pela Fifa; acesso facilitado por estação do metrô a 600 metros e, em dias de eventos, haverá mais ônibus e táxis no entorno do estádio; os vestiários contarão com  auditório para entrevistas coletivas; haverá 2 lojas e 32 bares e lanchonetes espalhados nos diferentes setores do estádio; para a imprensa estarão disponíveis16 cabines (rádio e TV) e 72 postos de trabalho (imprensa escrita); os camarotes ocuparão um espaço flexível com capacidade para aproximadamente 2.225 pessoas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/estadio-independencia-sera-reinaugurado-dia-25-de-abril/

Abertura da Copa 2014, uma disputa legítima O Mineirão é um palco histórico do futebol

Fonte: Artigo de Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo do Governo de Minas – publicado em O Tempo

Abertura da Copa 2014, uma disputa legítima

O Mineirão é um palco histórico do futebol

Na preparação do Brasil para a Copa 2014, as atenções agora estão voltadas para a escolha do estádioque vai sediar o jogo de abertura. Belo Horizonte, Brasília, Salvador e São Paulo estão no páreo até que a Fifa proclame sua escolha – que poderá ocorrer no dia 20 de outubro, conforme a agenda atual.

Minas Gerais quer o Mineirão como palco da abertura. Renovamos nossa confiança com a declaração do presidente da Fifa, Joseph Blatter: ”A decisão sobre o estádio (para a abertura) é uma decisão esportiva, não uma decisão política”. Assim sendo, Minas tem procurado demonstrar os méritos técnicos e esportivos do projeto. Fruto de um cuidadoso planejamento, cuja execução começou após a definição de Belo Horizonte como cidade-sede, o Mineirão se apresenta como uma solução confiável para abrir a Copa de 2014.

A reforma do estádio estará concluída em dezembro de 2012, com tempo de sobra para testes de toda ordem, obtenção de certificação ambiental e para sediar a Copa das Confederações, em 2013.

O Mineirão terá 64, 5 mil assentos permanentes, cobertura total e uma esplanada no entorno do estádio para 65 mil pessoas onde poderão ocorrer eventos culturais, religiosos e esportivos.

A qualidade dos projetos e a adoção do modelo de parceria público-privada para a reforma do Mineirão receberam elogios do Tribunal de Contas da União e órgãos do governo federal, bem como de comissões da Fifa, que visitaram as obras.

Além disso, o Mineirão é um estádio público e continuará sendo. E é a casa das maiores torcidas do Estado, um palco histórico do futebol.

Nosso estádio é uma referência nacional, chancelada por ninguém menos que a presidente da República, Dilma Rousseff, e pelo Rei Pelé.

Como o estádio está indo bem, tenho ouvido muita gente dizer que o problema de Minas é a falta de hotéis, o trânsito, o aeroporto, enfim… Duvidem um pouco quando criticarem nosso Estado.

Temos 28 hotéis em construção e outros 17 em vias de começar a obra.

Até a Copa serão cerca de 51 mil leitos na Grande BH, mais que o dobro recomendado pela Fifa.

Teremos 900 táxis a mais circulando na Copa e três corredores exclusivos para ônibus articulados, os chamados BRT, que transportarão diariamente 750 mil pessoas.

Podem ficar tranquilos: todos chegarão bem ao estádio, às fan fests, à casa dos amigos, aos bares etc.

A obra do aeroporto internacional Tancredo Neves já começou e a ampliação do terminal 1 estará pronta para a Copa.

Dia 20 de outubro está se aproximando. Como reza o ditado do futebol, vamos em frente porque “o jogo só termina quando acaba”. E isso vale também para a disputa pelo jogo de abertura. De qualquer forma, trabalhamos para ser a melhor sede da Copa de 2014.

Gasmig adota nova tarifa para beneficiar pequenos empreendedores

A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) acaba de implantar nova faixa tarifária para atender uma classe de consumidores constituída por pequenas empresas comerciais e industriais. A Resolução n° 014, assinada pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Sergio Barroso, foi publicada no “Minas Gerais” desse sábado (19).

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico explicou que o objetivo desta classe tarifária é propiciar a este novo mercado de clientes uma tarifa que possa oferecer uma vantagem competitiva e permitir que o cliente possa realizar a adequação de seus equipamentos para a utilização do gás natural.

“Assim, a Gasmig pretende adotar, temporariamente para este novo segmento de mercado, uma tarifa inicial denominada PC-01, com uma redução de até 10% na parcela variável estudada”, destacou o secretário. “Esta tarifa especial será válida durante a vigência do primeiro contrato estabelecido com o cliente e poderá ter a duração máxima de cinco anos, a ser definida de comum acordo entre as partes”, acrescentou.

Benefícios

Atualmente, existe apenas a tarifa de uso geral, a UG-01, que é aplicada para clientes comerciais e industriais de consumo mensal até 60.000 m³. A tarifa UG-01 é aplicada para clientes conectados em rede com características de média e alta pressão e celebram com a Gasmig contratos individuais.

Já a nova tarifa é importante para este novo segmento, porque se aplicada em cascata decrescente, apresenta um valor de faixa inicial que eleva a tarifa média praticada para clientes não residenciais com utilização em volume menor, inviabilizando a captura e o fornecimento de gás natural a clientes deste porte.

Por isso, explica Sergio Barroso, “os clientes comerciais e industriais de menor porte, devido ao menor consumo de gás previsto, deverão ser supridos, principalmente, através de redes de distribuição de baixa pressão, conforme previsão de investimento da Gasmig para adensamento da rede existente”. A nova tarifa já está em vigor e vale para clientes na faixa de consumo até 3 mil metros cúbicos/mês.

Fórum discute melhorias para micro e pequenas empresas de Minas Gerais

A assembleia geral do Fórum Permanente Mineiro das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fopemimpe) será realizada nesta quinta-feira (27) e sexta-feira (28), no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio), em Belo Horizonte. O evento é realizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG).

A programação do evento inclui palestras sobre o cenário econômico e planejamento estratégico e apresentações de representantes das entidades que constituem o Fórum. No primeiro dia, a subsecretária de Indústria, Comércio e Serviços da Sede, Marilena Chaves, irá apresentar as ações realizadas pelo Fopemimpe para microempresas e empresas de pequeno porte, com atuação nos setores da indústria, comércio, serviços e agronegócios.

Nesta sexta-feira (28), os comitês temáticos que compõem o Fórum terão um espaço para apresentação de propostas discutidas durante o evento. Todas as sugestões serão analisadas para que os órgãos competentes verifiquem a viabilidade delas se tornarem políticas públicas.

Presidido pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Sergio Barroso, o Fórum Permanente se reúne duas vezes ao ano. O Fórum é um espaço de discussão e alinhamento das empresas e dos órgãos governamentais com o objetivo de fortalecer o setor.

O Fopemimpe também tem o objetivo de assessorar a formulação, propor e acompanhar a implementação das políticas governamentais de apoio e fomento às microempresas e empresas de pequeno porte; promover a articulação e a integração entre os diversos órgãos governamentais e as entidades de apoio, de representação e da sociedade civil organizada que atuem no segmento das microempresas no Estado.

Integrantes
Além da Sede, integram o Fopemimpe as Secretarias de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), de Fazenda (SEF), de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e de Turismo (Setur), o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG).

Representando a iniciativa privada integram o Fórum o Sebrae-MG, Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas), Fecomércio, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de Minas Gerais (Setcemg), Associação Comercial de Minas (AC Minas), Banco do Brasil e Organização das Cooperativas de Minas Gerais (Ocemg).

Serviço:

Evento: 3ª Assembleia Geral do Fopemimpe

Datas: 27 e 28/05/2010

Horário: 8h30

Local: Fecomércio, rua Curitiba, nº 561, Centro, Belo Horizonte