• Agenda

    janeiro 2020
    S T Q Q S S D
    « out    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Rio de Janeiro: PMDB rompe com PT e lança chapa Aezão

Aécio prometeu criar Unidades de Policias Pacificadoras (UPPs) nas regiões.

Além de parte do PMDB, o “Aezão” teve apoio oficial de PSDB, PSD, PP, PSL, PEN, PMN, PTC e Solidariedade.

Fonte: O Globo

Ato promovido pelo presidente do PMDB no Rio em apoio a Aécio e Pezão reúne 1.600 líderes

Em evento na capital fluminense, tucano promete implementar UPPs em todas as regiões metropolitanas do país caso eleito

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, senador Aécio Neves, participou nesta quinta-feira, no Rio, do lançamento do “Aezão”, movimento criado pelo presidente regional do PMDBJorge Picciani em apoio às pré-campanhas do tucano e do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) à reeleiçãoAécio considerou o encontro, numa churrascaria na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, como o mais importante evento político em defesa de seu nome promovido nos estados. A reunião foi uma demostração de força de Picciani, que reuniu 1.600 lideranças, entre elas representantes de 17 partidos.

Em um discurso de 15 minutos, Aécio não citou Pezão, justificando, em entrevista, que o PSDB não tem candidatura própria no Rio e ainda negocia com o DEM e o PPS possível apoio ao ex-prefeito Cesar Maia (DEM), outro pré-candidato ao governo. Após o evento, Picciani disse que em 48 horas o impasse será resolvido, e que o PSDB e o PPS devem migrar para a aliança do governador.

Em sua fala, o tucano atacou o governo da presidente Dilma Rousseff nas áreas de Segurança PúblicaSaúde e Educação e lembrou escândalos na Petrobras. Aécio prometeu criar Unidades de Policias Pacificadoras (UPPs) nas regiões metropolitanas do país.

— Na segurança pública, a omissão do governo federal é quase criminosa. O modelo de UPP será levado para todas as regiões metropolitanas — disse Aécio, que no final do discurso declarou: — Me dêem a vitória no Rio de Janeiro que eu dou a vocês a Presidência da República.

Além de parte do PMDB, o “Aezão” teve apoio oficial de PSDB, PSD, PP, PSL, PEN, PMN, PTC e Solidariedade. No entanto, havia representantes de partidos como o PR, do deputado federal Anthony Garotinho; o PRB, do senador Marcelo Crivella, ambos pré-candidatos ao Guanabara; e oPCdoB, que integra a aliança do senador Lindbergh Farias (PT), que disputará o governo. Ainda participaram da reunião lideranças regionais do PROS, PPS, PTB, DEM e PDT que integram o grupo político de Picciani.

GOVERNADOR CULPA PT POR DISSIDENTES

Pezão não compareceu ao encontro. Durante o almoço, o peemedebista cumpria agenda também na Barra da Tijuca: o lançamento de obras de recuperação ambiental das lagoas da região. Embora tenha reafirmado apoio à reeleição de Dilma, ele justificou o crescimento da dissidência noPMDB como reação à decisão do PT de não impedir a candidatura de Lindbergh:

— Domingo, tive a oportunidade de conversar sobre isso com a presidenta Dilma, eu, o prefeito (do Rio) Eduardo Paes e o ex-governador Sérgio Cabral. Nós estamos com a presidenta. Mas desde o momento em que o PT saiu da aliança e que alguns membros petistas vão para o interior do estado e fazem críticas contra nós, cria um ambiente ruim. Não é por culpa nossa. As pessoas que estão saindo tiveram algum problema no relacionamento com o PT também — disse, ressaltando que parte do “Aezão” constitui uma “base forte” para sua campanha: — Temos outros partidos, como o Solidariedade, que está com o Aécio. Tem aqui o PSD do Rio que está com ele. Tem outro candidato (à Presidência), o pastor Everaldo, que está dentro da nossa coligação com PSC. Esse movimento vai existir. (…)(Aécio) É um grande candidato e vai dar trabalho, mas estou com a presidenta Dilma.

O presidente regional do PTWashington Quaquá, reagiu ao “Aezão” e fez críticas às visitas de Dilma ao Rio, quando se reúne com Pezão e Cabral:

— O PMDB deixou os generais com a Dilma e a tropa com o Aécio. Mas não se vence guerra com generais. Quem dá tiro é a tropa. É claro que Pezão e Cabral aprovam essa estratégia. A presidente Dilma precisa entender que está em curso uma traição no Rio. Ela não pode mais vir ao Rio e ficar só com Pezão e Cabral.

Quaquá disse não fazer a crítica para defender Lindbergh, mas por temer o efeito dessa estratégia para a própria candidatura de Dilma.

— A nossa preocupação não é a ausência dela no palanque do Lindbergh, porque ele é candidato o suficiente para vencer a eleição sem precisar se escorar em ninguém. O problema é a candidatura dela. Ela precisa tomar providências em relação a isso. O Cabral e o Pezão só não estão oficialmente com o Aécio por covardia. Pegaria muito mal eles fazerem isso. Como iriam explicar abandonar a presidente e o Lula agora? Ela tem que sair do círculo oficial ao vir ao estado — defendeu (colaborou Guilherme Amado)

2014: PMN, PT do B, PTC e PTN anunciam apoio a Aécio

PMN, PT do B, PTC e PTN formalizaram a adesão à Aécio, mas, juntas, não somam nem um minuto a mais na propaganda política do senador.

Eleições 2014

Fonte: Folha de São Paulo

Aécio ganha apoio de quatro siglas nanicas

Partidos que anunciaram apoio ao tucano devem agregar 30 segundos a seu tempo na TV

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu nesta quarta-feira (4) o apoio de quatro partidos nanicos, o que lhe permitirá ampliar um pouco seu tempo no horário eleitoral no rádio e na TV.

PMNPT do BPTC e PTN formalizaram a adesão ao tucano, mas, juntas, as quatro siglas não somam nem um minuto a mais na propaganda política do senador.

Pela divisão preliminar do tempo de rádio e TV – que só será concluída após as convenções partidárias que definem as alianças de cada cada candidato– Aécio deve ter cerca de quatro minutos contra mais de dez somados pela presidente Dilma RousseffOs quatro partidos que aderiram à campanha de Aécio reúnem cerca de 30 segundos a mais para o tucano.

Aécio admite que Dilma vai monopolizar o horário eleitoral, mas disse que a diferença não será suficiente para beneficiar a petista: “A presidente ficará com o tempo de TV, nós ficaremos com o trabalho, o esforço de homens públicos que não querem que o Brasil continue sendo governado da forma que está sendo nos últimos anos”.

O tempo de TV é definido pela Justiça com base no tamanho das bancadas da Câmara eleitas na disputa anterior. O PT tem o maior número de deputados, e por isso tem a maior fatia do horário eleitoral, seguido pelo PMDB.

A legislação assegura a todas as siglas um tempo mínimo de exposição. Dos quatro nanicos, o PT do B e o PMN têm três deputados cada um.

Aécio tem o apoio oficial do Solidariedade e do Democratas à sua candidatura. Há dissidências no PPPTB e PMDBaliados de Dilma, mas as duas siglas oficialmente apoiam a petista e devem formalizar as alianças nas convenções partidárias que têm início no dia 10 de junho.

PMN é o único que integra a base de apoio da presidente Dilma Rousseff no Congresso, mas deputados da sigla afirmam que a ida para a oposição representa o desejo de “mudança” no país.

Não acredito em apoio por apoio. Isso não pode se transformar em jogo de interesse pessoal. Precisamos é resgatar a dignidade da nossa população“, disse a presidente do PMNTelma Ribeiro.

Aécio nega que tenha negociado cargos ou benefícios às siglas. No ato que formalizou a adesão dos partidos à sua pré-candidatura, o tucano acusou Dilma de “distribuir espaço de poder a rodo” para ampliar seu tempo no horário eleitoral.

“A presidente levará alguns segundos de alguns desses partidos, mas não levará a alma, o coração e a consciência daqueles que mesmo nesses partidos sabem que o Brasil precisa viver um processo rápido de mudança.”

Aécio e Anastasia: Eleições 2012

Lideranças tucanas convocam militância para  grande vitória nas eleições municipais em Minas

 Aécio e Anastasia convocam militância do PSDB

Aécio e Anastasia convocam militância do PSDB

Aécio: Eleições 2012 – As principais lideranças do PSDB de Minas Gerais participaram, neste sábado (30/06), das convenções municipais de Betim, Contagem, Ribeirão das Neves Belo Horizonte. O governador Antonio Anastasia, o senador Aécio Neves e o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana, além de deputados federais e estaduais, convocaram a militância tucana a arregaçar as mangas para eleger os candidatos tucanos nas eleições de outubro.

O senador Aécio Neves afirmou que o PSDB e seus aliados podem sair vitoriosos em até 90% dos municípios mineiros, segundo ele, em razão da confiança da população mineira no seu governo e na gestão de Antonio Anastasia.

“A minha convicção é que, a partir das alianças que estão sendo feitas, inclusive essas que hoje participamos em Betim, Contagem, Ribeirão das Neves, a nossa base aliada, o PSDB somado aos partidos aliados, tem condições de vencer entre 85% e 90% de todas as prefeituras de Minas. Isso nos dá uma posição de muita força. Na verdade, é uma demonstração da confiança que a população mineira vem tendo em nosso projeto de governo. Estou muito feliz e convencido que o PSDB vai aumentar, em muito, o número de prefeituras que já administra hoje. O PSDB é o maior partido do Estado, é o que tem a maior bancada, o maior número de prefeitos, de vice-prefeitos, o governador do Estado, um dos senadores e uma perspectiva muito grande de sair dessa eleição em Minas extremamente vitorioso”, afirmou o senador Aécio Neves.

Aécio NevesAntonio Anastasia e Marcus Pestana empolgaram os militantes tucanos nas convenções por onde passaram. Em Betim, onde foi homologada a candidatura do deputado federal Carlaile Pedrosa, centenas de pessoas receberam Aécio e Anastasia com muitos aplausos. A coligação em Betim é formada pelo PSDB, PTB, PV, PPS, PMN, PP, PSDC, DEM, PHS, PR, PTN, PRTB, PSB.

“Vim pedir uma vitória esmagadora, como a que tivemos aqui dois anos atrás. Betim está com saudade de ter saúde de qualidade, da boa educação para nossos jovens, de segurança. Mas temos um remédio para isso: a vitória do PSDB, a vitória de Carlaile”, disse o governador Anastasia.

O deputado federal Carlaile Pedrosa, pré-candidato em Betim, afirmou que vai levar uma mensagem de mudança, para que o município possa novamente retomar o ciclo de crescimento e de desenvolvimento nas áreas de saúde, segurança e educação.

“Betim precisa lutar contra o caos na saúde, segurança e educação que ocorreu aqui nos últimos anos. Temos que reativar as parcerias com o governo estadual que tanto nos ajudaram a desenvolver quando estávamos na prefeitura. Parceria que tivemos com Aécio e Anastasia. Vamos para a rua, de casa em casa, de cidadão a cidadão, levar a mensagem da mudança, da vitória do PSDB que será a vitória de Betim”, disse Carlaile.

Mais avanços para Contagem

Em Contagem, as lideranças tucanas foram recebidas com festa pelos militantes na Câmara dos Vereadores. Aécio e Anastasia destacaram as parcerias do Governo de Minas com ex-prefeito e pré-candidato às eleições deste ano, Ademir Lucas. Em Contagem, participam da coligação PSDB, PP, DEM e PTB.

“Não perdemos a capacidade de nos indignarmos frente à incompetência e à desatenção para aqueles que mais precisam da ação do Estado. E  não perdemos a capacidade de nos unirmos quando o que está em jogo é o futuro, o destino da nossa gente”, disse Aécio Neves.

governador Anastasia lembrou que o município precisa avançar com mais empregos e melhorias na área de educação e infraestrutura.

“Contagem precisar avançar, mudar. Precisa de mais empregos, melhor educação, vias asfaltadas. Sabemos que Contagem está com saudade do Ademir. Fui testemunha do grande trabalho que foi aqui feito.”

O pré-candidato de Contagem, Ademir Lucas, afirmou que as parcerias devem continuar para garantir mais desenvolvimento para Contagem.

“Com Aécio, tivemos R$ 136 milhões para a canalização dos córregos, a avenida sanitária, as obras da avenida Tereza Cristina, ligando Contagem ao Barreiro, o 39º Batalhão de Polícia Militar. E essas obras precisam continuar”, afirmou.

Mais parceria com o Governo de Minas

Em Ribeirão das Neves, o governador Anastasia e o senador Aécio Neves acompanharam a oficialização da candidatura da ex-deputada Gláucia Brandão que concorrerá pelo PSDB na coligação formada com o PP, PHS, PTN, PMN, PSDC, PSC, PRP, PDT, PTB, PSL, PV, PR, PMDB, PTC.

Em seu discurso, Gláucia Brandão destacou a importância em dar continuidade à parceria com o Governo de Minas para atrair mais desenvolvimento para o município.

“O Governo do Estado tem demonstrado compromisso com Neves. O Poupança Jovem, os recursos para a UPA do bairro Veneza e para o Hospital São Judas são exemplos disso. Tenho certeza que contaremos com cada vez mais empresas sendo atraídas para o município, gerando empregos para nossos jovens”, disse a pré-candidata.

Anastasia afirmou que Gláucia Brandão governará com pulso forte o município. “Neves precisa de um prefeito que trabalhe com honestidade, sensibilidade e dedicação. Gláucia tem todas as características. Nosso governo tem cumprido seus compromissos com o municípios. Vamos concluir a LMG 806. Trouxemos uma empresa que investirá R$ 1 bilhão para produzir semicondutores. E Gláucia vai atrair muitas outras, para garantir mais empregos e desenvolvimento”, disse Anastasia.

Para Aécio, Gláucia Brandão fortalecerá as parcerias do município com o Governo do Estado. “A eleição de Gláucia vai fortalecer os laços do município com o Governo do Estado. Hoje se inicia uma cruzada da ética e seriedade, do planejamento e competência. Característica indissociável do PSDB e seus candidatos”, disse o senador.

Encontro de Prefeitos: Márcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte, defende reeleição de Antonio Anastasia para Minas

Prefeito de Belo Horizonte defende reeleição de Antonio Anastasia para Minas continuar avançando

Marcio  Lacerda (PSB), é o primeiro a discursar no grande encontro dos municípios que reúne centenas de lideranças de todo o Estado na capital

“Para Minas continuar avançando, vamos juntos e coerentes com Antonio Anastasia”. Com esta frase, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), abriu o grande encontro dos municípios mineiros, que acontece na manhã deste sábado (17/07), no ginásio do Mackenzie, na capital mineira, em apoio às candidaturas do governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal.

O ato já reúne os três candidatos, centenas de prefeitos do Estado, candidatos a deputado dos partidos da coligação “Somos Minas Gerais”, vereadores e lideranças políticas de todas as regiões do Estado.

A reeleição do governador Antonio Anastasia e a eleição de Aécio Neves e Itamar Franco têm o apoio da maior aliança de partidos políticos de Minas Gerais. A coligação “Somos Minas Gerais” conta com 13 partidos: DEM, PPS, PP, PTB, PDT, PSB, PSL, PSDC, PMN, PSC, PR, PRB e PSDB.

Governador Antonio Anastasia é nome com maior compromisso com Minas, afirma presidente da Associação Mineira de Municípios

Governador Antonio Anastasia é nome com maior compromisso com Minas Gerais, afirma presidente da Associação Mineira de Municípios

Fonte: PSDB-MG

O presidente da Associação Mineira dos Municípios (AMM), José Milton Rocha, afirmou que o governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, é o nome que tem o maior compromisso com o povo mineiro. Ele participa do grande encontro dos municípios mineiros, que acontece na manhã deste sábado (17/07), em Belo Horizonte, em apoio às candidaturas do governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal.

O ato, no ginásio do Mackenzie (bairro Santo Antônio), já reúne os três candidatos, prefeitos de todas as regiões do Estado, centenas de candidatos a deputado dos partidos da coligação “Somos Minas Gerais”, vereadores e lideranças políticas do interior do Estado.

“É o nome mais forte, mais preparado, com maior experiência e maior compromisso com o  povo mineiro. Depois do projeto iniciado em 2003 com o Aécio Neves, é chegada a hora de Minas Gerais continuar com esse projeto de desenvolvimento e de investimentos que são realizados em todo o Estado, em todas as regiões e todos os municípios de Minas Gerais”, disse o presidente da Associação Mineira de Municípios.

A reeleição do governador Antonio Anastasia e a eleição de Aécio Neves e Itamar Franco têm o apoio da maior aliança de partidos políticos de Minas Gerais. A coligação “Somos Minas Gerais” conta com 13 partidos: DEM, PPS, PP, PTB, PDT, PSB, PSL,

PSDC, PMN, PSC, PR, PRB e PSDB.

Antonio Anastasia reúne 4 mil em Belo Horizonte em encontro dos municípios em apoio à reeleição

Encontro dos municípios em apoio à reeleição do governador Antonio Anastasia reúne 4 mil pessoas em Belo Horizonte

Fonte: PSDB-MG

Quatro mil pessoas lotam o ginásio do Mackenzie, em Belo Horizonte, na manhã deste sábado (17/07), onde acontece o grande encontro dos municípios mineiros em apoio às candidaturas do governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal.  O ato já reúne os três candidatos, prefeitos de todas as regiões do Estado, centenas de candidatos a deputado dos partidos da coligação “Somos Minas Gerais”, vereadores e lideranças políticas do interior do Estado.

Durante o evento, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), o presidente estadual do DEN, deputado Carlos Melles, o ex-presidente Itamar Franco e o governador Antonio Anastasia  e o ex-governador Aécio Neves discursaram para uma platéia lotada.

A reeleição do governador Antonio Anastasia e a eleição de Aécio Neves e Itamar Franco têm o apoio da maior aliança de partidos políticos de Minas Gerais. A coligação “Somos Minas Gerais” conta com 13 partidos: DEM, PPS, PP, PTB, PDT, PSB, PSL, PSDC, PMN, PSC, PR, PRB e PSDB.

Antonio Anastasia e Aécio Neves conclamam apoiadores a levarem mensagem pela continuidade e avanço em Minas Gerais

Governador Antonio Anastasia conclama apoiadores a levarem mensagem pela continuidade e avanço a todas as regiões de Minas

Fonte: PSDB-MG

“Não vamos compactuar com a mentira, com a destruição. Não vamos permitir que Minas Gerais vá para trás, ande para trás, com retrocesso, jamais”, disse o governador

O governador Antonio Anastasia fez chamamento aos seus apoiadores para que sua campanha à reeleição mostre o que foi feito por Minas e o que ainda será feito para que o Estado avance ainda mais. Ele participou, na manhã deste sábado (17/07), em Belo Horizonte, do grande encontro dos municípios, que reuniu mais de 4 mil pessoas em apoio a sua candidatura à reeleição.

“Meus amigos, essa nossa caminhada é fundamental. Vamos para as ruas agora, nos multiplicar, ficar com a cabeça erguida e dizer: fizemos muito por Minas, mas ainda temos a avançar. Não vamos compactuar com a mentira, com a destruição. Não vamos permitir que Minas Gerais vá para trás, ande para trás, com retrocesso, jamais. Vamos para frente, para o nosso futuro, para as nossas oportunidades. Minas está no nosso coração. Minas é a nossa terra, é o nosso sol”, afirmou o governador.

O ato também contou com a presença do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidato ao Senado Federal, do candidato a vice, deputado Alberto Pinto Coelho, prefeitos de todas as regiões do Estado, centenas de candidatos a deputado dos partidos da coligação “Somos Minas Gerais”, vereadores e lideranças políticas do interior do Estado.

Durante o evento, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), o presidente estadual do DEM, deputado Carlos Melles, o ex-presidente Itamar Franco e o governador Antonio Anastasia  e o ex-governador Aécio Neves discursaram para uma platéia lotada.

A reeleição do governador Antonio Anastasia e a eleição de Aécio Neves e Itamar Franco têm o apoio da maior aliança de partidos políticos de Minas Gerais. A coligação “Somos Minas Gerais” conta com 13 partidos: DEM, PPS, PP, PTB, PDT, PSB, PSL, PSDC, PMN, PSC, PR, PRB e PSDB.