• Agenda

    setembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

  • Anúncios

Gestão da Segurança: Uberaba vai ganhar projeto Olho Vivo

Governo Anastasia: O investimento será de R$ 6 milhões, oriundos do financiamento realizado pela Seds com o BID

Gestão da Segurança: Govenro Anastasia

Fonte: Agência Minas

Projeto ajuda a reduzir até 50% a incidência de crimes violentos

O reforço na segurança foi anunciado durante reunião da Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp)

A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, vai ganhar uma das ferramentas de Defesa Social mais eficientes no combate à criminalidade. Até o início do próximo ano serão instaladas cerca de 50 câmeras de monitoramento do Olho Vivo, projeto que contabiliza até 50% de diminuição de crimes violentos nas regiões onde já foi implantado. A previsão é que as câmeras sejam implantadas na região do Centro Comercial da cidade. O investimento será de R$ 6 milhões, oriundos do financiamento realizado pela Seds com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Por meio do Olho Vivo as imagens das ruas onde as câmeras de videomonitoramento estão instaladas são enviadas para uma central onde passam a ser visualizadas, gravadas, reproduzidas e arquivadas. Além da inibição dos crimes, o projeto também tem bons resultados na pronta resposta das polícias na identificação e prisão de suspeitos.

O reforço foi anunciado nesta quarta-feira (8) durante reunião da Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp), na 5ª Região Integrada de Segurança Pública (5ª Risp), sediada em Uberaba. O município é o quinto do Estado a receber a cúpula da Defesa Social que, até final do ano, irá se reunir com todos os comandantes das regiões daPolícia Militar e chefes de departamentos regionais da Polícia Civil nas 18 Risps do Estado.

Nestas reuniões, o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, o comandante geral da Polícia Militar, Cel. Márcio Martins Sant´Ana, e o chefe da Polícia Civil, Dr. Cylton Brandão da Matta vão até as cidades sedes das Risps para fazer uma discussão regionalizada dos problemas. A partir deste diagnóstico, são traçadas metas objetivas e de curto prazo para a contenção da violência, como as anunciadas em Uberaba.

Além do projeto Olho Vivo, a cidade vai contar com um Posto de Perícia Integrada (PPI), iniciado no primeiro semestre do ano que vem que reunirá as atividades do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Criminal. A delegacia regional da 5ª Risp também será reformada – obra estimada em 1,5 milhão – e até que o PPI fique pronto, será realizada uma reforma também no atual IML. O secretário de Defesa Social acredita que as medidas adotadas terão impacto em breve na criminalidade do município, além de refletirem na capacidade de trabalho das polícias.

Durante a reunião, o chefe da Polícia Civil, Dr. Cylton Brandão, também salientou a importância da contratação imediata de estagiários de direito para dar suporte às atividades burocráticas das delegacias da 5ª Risp e da chegada de novos delegados e escrivães à região, ainda neste ano. “Nossa previsão é que os escrivães estejam trabalhando já em outubro e os delegados, entre fevereiro e março.”

Igesp

A nova metodologia das reuniões do Igesp (Integração da Gestão em Segurança Pública) foi anunciada pelo secretário Rômulo Ferraz em maio, no lançamento do Plano Integrado de Enfrentamento à Violência. Além das reuniões regionalizadas nas Risps do interior, baseadas nas reuniões do Comitê Interinstitucional de Monitoramento dos Crimes Violentos, o novo formato da metodologia prevê a realização do Igesp Temático de Proteção Pública, voltado para o acompanhamento das metas definidas no ano para o Corpo de Bombeiros. As Risps de Montes Claros, Ipatinga, Poços de Caldas e Divinópolis já receberam reuniões da cúpula da Defesa Social, que contam também com o envolvimento da Justiça e do Ministério Público.

A Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp) é um modelo de organização e gestão do trabalho policial para integrar ações e informações de segurança. Iniciada de forma pioneira em Minas Gerais em 2003, a metodologia foi um dos fatores responsáveis pela redução de quase 50% dos índices de criminalidade no Estado nos últimos anos. O Igesp contempla áreas de atuação, procedimentos, metodologias e delimitação de territórios geográficos comuns, em níveis operacionais, táticos e estratégicos.

Link da matéria: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/uberaba-vai-ganhar-cerca-de-50-cameras-de-monitoramento-do-projeto-olho-vivo/

Anúncios

Gestão Anastasia: Carlos Alberto Parreira será consultor do Governo de Minas na Copa do Mundo

Ex-técnico da Seleção Brasileira tem a missão de atrair delegações estrangeiras para o Estado

Por meio de contrato firmado com a Secretaria de Estado Extraordinário da Copa (Secopa), o ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Alberto Parreira, será consultor para a Copa em Minas Gerais. O trabalho de Parreira será o de atrair as seleções de futebol ao Estado durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, para que elas escolham os Centros de Treinamento de Seleções (CTS) de Minas Gerais.

Atualmente, 19 cidades mineiras são candidatas a CTS junto ao Comitê Local da Fifa (COL): Araxá, Caxambú, Caeté, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Matias Barbosa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Entretanto, cabe às seleções a escolha do local de treinamento. “Meu trabalho será o de seduzir essas seleções para que elas venham. A forma e o visual têm que ser perfeitos nessa sedução, uma vez que são apenas 32 seleções para um universo enorme de cidades na disputa”, disse o ex-técnico durante coletiva, nesta quinta-feita (19), no BDMG.

Parreira destacou a posição geográfica de Minas Gerais como um dos aspectos favoráveis na disputa. “Belo Horizonte está no epicentro da região Sudeste, a uma hora de qualquer uma das cidades da área. Em 1994, nos Estados Unidos, eu me deslocava com a Seleção Brasileira de avião, porque onde ficamos concentrados era um local que nos atendia em tudo. Em 2006, novamente, ficamos em Frankfurt, mas nos deslocávamos à concentração ideal para nossa permanência”, explicou. O ex-técnico ainda incluiu a paixão do mineiro por futebol, a hospitalidade mineira, simpatia dos habitantes e o clima do Estado como fatores positivos no processo de convencimento das seleções estrangeiras. “Belo Horizonte tem um clima excelente e outros atrativos determinantes na escolha de um CTS pelas seleções”, frisou.

O novo consultor lembrou que sua experiência no assunto irá facilitar seu trabalho de promoção das cidades candidatas a CTS. “Farei visitas a equipes no exterior, irei à Eurocopa, haverá contato pessoal com treinadores mais próximos, farei ligações telefônicas, enfim, sei onde estão as fontes para apresentar a estrutura que está sendo montada em Minas”, explicou. Parreira participou de nove Copas do Mundo. Em três, o ex-técnico foi protagonista na escolha do local de treinamento da equipe do Brasil. Parreira também já treinou seleções da Arábia Saudita, Emirados Árabes, Kuwait e África do Sul. Tem ainda o mérito de ter classificado seleções de cinco países para a Copa do Mundo.

O contrato com o Governo de Minas tem duração até a Copa de 2014. O primeiro desafio será realizar um diagnóstico das 19 cidades para identificar aspectos com necessidade de melhoria. O especialista vai elaborar um material técnico do grupo de cidades para mostrar às Confederações o potencial de cada município. Outra ação serão as visitas às federações e confederações para mostrar o que está disponível em Minas.

O secretário Sergio Barroso comemorou a iniciativa. “Além de infraestrutura para promovermos a interiorização da Copa, necessitamos também de profissionais com credibilidade e experiência. O Parreira é um deles. Ele conhece nosso Estado, os clubes mineiros, nossos estádios, enfim, tem todas as credenciais para realizar uma boa parceria com o Governo de Minas”.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/carlos-alberto-parreira-sera-consultor-do-governo-de-minas-na-copa-do-mundo/

Gestão Anastasia: governo de Minas anuncia Expominas como sede da saideira do Comida di Buteco 2013

O concurso, no próximo ano, irá selecionar de 400 bares participantes, o melhor boteco do Brasil

Divulgação/Setur
Eduardo Maya, o secretário Agostinho Patrus e Ronaldo Perri
Eduardo Maya, o secretário Agostinho Patrus e Ronaldo Perri

O secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, anunciou, nesta quinta-feira (12), a parceria do Governo de Minas com os organizadores do Comida di Buteco, para realização do concurso nos próximos anos. De acordo com o secretário, a Saideira da edição de 2013 será realizada no Expominas, e ainda, estão sendo planejadas novas iniciativas para fortalecer o evento durante a Copa do Mundo de 2014.

Este ano, o evento está sendo realizado em seis municípios mineiros: Belo Horizonte, Ipatinga, Montes Claros, Uberlândia, Poços de Caldas e Juiz de Fora. Dessa vez, os chefs precisam reinventar o uso do queijo minas em suas receitas.

De acordo com Patrus Filho, a gastronomia é uma das marcas do Estado, sendo reconhecida nacional e internacionalmente. “Minas Gerais possui bares, botecos e restaurantes que são bem conceituados nos guias nacionais e internacionais, atraindo turistas de toda parte do mundo. O Comida di Buteco é um das mais importantes iniciativas do Estado e deve ser incorporada aos grandes eventos internacionais que serão realizados nos próximos anos, apresentando a culinária mineira aliada às influências internacionais”. O secretário concluiu que “além de gerar lazer para os mineiros, o concurso atrai turistas, gera emprego, movimenta a cadeia de prestação de serviço e distribui renda para as regiões onde é realizado”.

Comida di Buteco

Criado em Belo Horizonte, no ano de 2000, o Comida di Buteco tem se destacado não só pela valorização da culinária de raiz e por atrair turistas de vários lugares do país e até mesmo do exterior, como também por gerar empregos e fomentar a sustentabilidade dos estabelecimentos que participam do concurso. Em 2011, movimentou mais de R$ 46 milhões; foram vendidos mais de 260 mil tira-gostos concorrentes e foi superada a marca de 320 mil votos (167 mil em BH), com público total de 2,3 milhões de pessoas, sendo que pelo menos 27 mil turistas (17mil em BH) visitaram os 329 botecos participantes durante o circuito.  Para saber os pratos e bares participantes acesse: www.comidadibuteco.com.br

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-anuncia-expominas-como-sede-da-saideira-do-comida-di-buteco-2013/

Governo de Minas: Secretaria Estado de Defesa Social amplia ações de Polícia Comunitária

Curso promovido pela Seds até o dia 27 de abril visa capacitar agentes de defesa social e membros da comunidade

Policiais militares e civis, bombeiros, guardas municipais, lideranças comunitárias e membros das áreas de educação e saúde das Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) de Belo Horizonte, Ipatinga, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Juiz de Fora, Uberlândia, Poços de Caldas e Montes Claros participam, simultaneamente, até o dia 27 de abril, do curso Especial Promotor de Polícia Comunitária.

O curso, promovido pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) por meio da Gerencia Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social, tem como objetivo capacitar, ao mesmo tempo, por meio da filosofia de Polícia Comunitária, agentes de defesa social e membros da comunidade para o desempenho de papéis no contexto da segurança pública. Serão capacitados 320 profissionais e todos serão certificados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A carga horária é de 44 horas/aula.

Encontro de Coordenadores Estaduais de Polícia Comunitária

O modelo de policiamento comunitário adotado em Minas Gerais será uma das experiências discutidas no Encontro Técnico Nacional de Coordenadores Estaduais de Polícia Comunitária, que será realizado em Maceió (AL) nesta quinta (12) e sexta-feira (13). O evento, promovido anualmente pelo Ministério da Justiça por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), tem como objetivo aprimorar e difundir a política de policiamento comunitário como uma das estratégias de combate à violência em áreas de exclusão social.

Para o gerente de Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social da Seds e coordenador de Polícia comunitária em Minas Gerais, José Francisco da Silva, o evento proporciona atualização da metodologia, troca de experiências e crescimento técnico, uma vez que as informações apresentadas no encontro servem de estudo. “A experiência em Minas Gerais, assim como no Brasil, tem obtido sucesso. É possível observar uma redução na criminalidade nas comunidades em que a filosofia é praticada”, afirmou José Francisco.

Filosofia

O policiamento comunitário é uma filosofia e uma estratégia organizacional fundamentada, principalmente, numa parceria entre a população e as instituições de segurança pública e defesa social. O trabalho em conjunto visa identificar, priorizar e resolver problemas relacionados à criminalidade e à preservação da ordem pública e defesa civil.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-estado-de-defesa-social-amplia-acoes-de-policia-comunitaria/

Governo de Minas: programa estruturador voltado à segurança alimentar será lançado em Taiobeiras

Governo de Minas também promoverá debates em Ipatinga, Viçosa e Capelinha

Divulgação/Emater
Governo de Minas estabeleceu a alimentação escolar de qualidade como uma prioridade na rede estadual de ensino
Governo de Minas estabeleceu a alimentação escolar de qualidade como uma prioridade na rede estadual de ensino

Cerca de 150 pessoas são esperadas no município de Taiobeiras, na região Norte de Minas, para o lançamento do Programa “Cultivar, Nutrir e Educar”, nos dias 11 e 12 de abril. O “Cultivar, Nutrir e Educar” é um dos programas estruturadores estabelecidos pelo Governo de Minas. A iniciativa tem por objetivo garantir o direito à alimentação saudável, adequada e solidária, contemplando o binômio “educação e nutrição”, para os alunos das escolas públicas estaduais de educação básica. Por meio deste programa, o Governo de Minas pretende fortalecer a agricultura familiar e promover o aprimoramento da educação alimentar e nutricional.

O evento será organizado pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais (Consea-MG). Este será o primeiro dos quatro encontros que serão realizados no Estado até maio deste ano. Além da reunião de Taiobeiras, o programa estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar” também será tema de discussões em Ipatinga, no Vale do Aço, nos dias 25 e 26 de abril; em Viçosa, na Zona da Mata, nos dias 9 e 10 de maio; e em Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, nos dias 30 e 31 de maio.

Também participam da realização do encontro a Secretaria-Geral da Governadoria do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria Executiva do Comitê Temático de Segurança Alimentar e Nutricional (CTSANS); a Secretaria de Estado da Educação (SEE), por meio da Subsecretaria de Administração do Sistema Educacional; a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância e Proteção à Saúde; e a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), por meio da Subsecretaria de Agricultura Familiar.

Segundo a secretária executiva do CTSANS, Jacqueline Junqueira, além de apresentar o programa, “o seminário visa promover a interlocução com os gestores locais, sejam da sociedade civil ou de órgãos públicos, para a implementação das ações nos municípios”. “Queremos informar às instituições e parceiros locais sobre o detalhamento das ações a serem desenvolvidas. De forma intersetorial e participativa, pretendemos envolvê-los no planejamento e execução do programa. Desta forma, vamos incentivar a formação de Comitê Gestor local, que será um meio fundamental para atender às necessidades específicas de cada município”, explicou.

Alimentação escolar

No país, a alimentação escolar é tratada como política pública fundamental desde a década de 1950, por proporcionar aos alunos acesso a refeições no período de permanência na escola. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), a alimentação escolar é, atualmente, a segunda forma mais importante de acesso à refeição para jovens e crianças em situação de pobreza ou extrema pobreza.

A lei federal 11.947/2009 determina que, no mínimo, 30% do recurso repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) seja utilizado na aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar. A lei atribui como competência dos estados a promoção da educação alimentar, nutricional sanitária e ambiental.

Neste contexto, o programa estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar”, do Governo de Minas, tem como estratégia articular, entre as secretarias de Estado, demais órgãos e setores envolvidos, o fomento à produção de alimentos saudáveis, provenientes da agricultura familiar, para o abastecimento da rede pública estadual de ensino. O programa visa, ainda, o atendimento parcial das necessidades nutricionais dos alunos, de acordo com o tempo de permanência na escola; a promoção da educação alimentar e nutricional; a identificação de distúrbios nutricionais e encaminhamento para atenção básica; e a promoção de ações educativas em vigilância sanitária de alimentos.

Serviço

Lançamento do Programa Estruturador “Cultivar, Nutrir e Educar”

Local: Rua Mato Grosso, 450, Sagrada Família, Taiobeiras.

Datas: 11 e 12 de abril.

Mais informações: http://www.conselhos.mg.gov.br/consea

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/programa-estruturador-voltado-a-seguranca-alimentar-sera-lancado-em-taiobeiras/

Gestão Anastasia: governo de Minas divulga lista dos selecionados para o Programa Oficina de Esporte

Iniciativa apoia e fomenta desenvolvimento de equipes e atletas de rendimento de base

Renato Cobucci/Imprensa MG
O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos
O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) divulgou, nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial do Estado, a lista de municípios e entidades selecionados para executarem o Programa Minas Olímpica Oficina de Esportes.

O Programa Oficina de Esportes é desenvolvido pela Seej e tem como objetivo apoiar e fomentar o desenvolvimento de equipes e atletas de rendimento de base, das diversas modalidades esportivas em todo o Estado de Minas Gerais. O programa é uma oportunidade para promoção e formação de novos talentos. Atualmente, são 31 núcleos, distribuídos em 25 municípios, beneficiando cerca de 1.300 atletas. As modalidades contempladas pelo programa são atletismo, basquetebol, futsal, ginástica artística, handebol, levantamento de peso, natação, judô, taekwondo e voleibol.

Os municípios e entidades beneficiados são: Fundação Cultural de Araxá (UNIAraxá); Associação Buritis de Esporte e Cultura (ABESC), Clã Delfos, Olympico Club, Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (FUNDEP/UFMG), Associação de Amigos do Instituto São Rafael (AAISR), Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte (ADEVIBEL), Mackenzie Esporte Clube , Tênis para todos, todos de Belo Horizonte;Judô Águia Branca, da cidade de Betim; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga (APAE); Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural (FUNDECC), de Lavras; Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (APARU), Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU); Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba (ADEFU); Educação Física, Consultoria, Assessoria e Prestação de Serviço (EFICAP), de Viçosa, e prefeituras de Itanhandu,  Lagoa da Prata, Poços de Caldas e Varginha.

Prefeitura/Entidade Categoria Modalidade
 1 EFICAP – Educação Física, Consultoria, Assessoria e Prestação de Serviço. Internacional Levantamento de Peso
 2 Associação Buritis de Esporte e Cultura – ABESC Internacional Handebol
 3 Clã Delfos Internacional Atletismo
 4 Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural – FUNDECC – Lavras Nacional Atletismo
 5 Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – FUNDEP – UFMG Nacional G.A.
 6 Fundação Cultural de Araxá – UNIARAXÁ Nacional Atletismo PCD
 7 Associação de Amigos do Instituto São Rafael – AAISR Nacional Natação PCD
 8 ADEVIBEL – Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte Nacional Atletismo PCD
 9 Mackenzie Esporte Clube Nacional Natação
 10 Prefeitura de Lagoa da Prata Nacional Atletismo
 11 Fundação Cultural de Araxá – UNIARAXÁ Nacional Natação PCD
 12 ADEVIBEL – Associação dos Deficientes Visuais de Belo Horizonte Nacional Judô
 13 Associação dos Paraplégicos de Uberlândia – APARU Nacional Atletismo PCD
 14 Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural – FUNDECC – Lavras Nacional Taekwondo
 15 Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia – CDDU Nacional Natação PCD
 16 Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia – CDDU Nacional Halterofilismo PcCD
 17 Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba ADEFU Nacional Atletismo PCD
 18 Tênis para todos Nacional Tênis em Cadeira de Rodas
 19 Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga – APAE Ipatinga Nacional Ginastica Ritmica – Ginastica Artistica
 20 Prefeitura de Itanhandu Estadual Judô
 21 Judô Águia Branca Estadual Judô
 22 Prefeitura de Varginha Estadual Judô
 23 Prefeitura de Varginha Estadual Ginástica Artística
 24 Prefeitura de Varginha Estadual Natação
 25 Olympico Club Estadual Basquete Masc.
 26 Olympico Club Estadual Vôlei Fem.
 27 Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa – FUNDEP – UFMG Estadual Taekwondo
 28 Prefeitura de Poços de Caldas Estadual Atletismo

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Estado assina convênio para instalação de unidade do Sine em Divinópolis

Criação de novos postos de trabalho está entre as prioridades do Governo de Minas

Divulgação/Sete
Secretário Carlos Pimenta assina convênio com o prefeito de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo
Secretário Carlos Pimenta assina convênio com o prefeito de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo

O secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, se reuniu com o prefeito de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo, para a assinatura de um convênio para instalação de uma nova unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) na cidade. No encontro, foi acordado que o município receberá, também, uma Diretoria Regional da secretaria.

A abertura da unidade do Sine e a instalação de uma Diretoria Regional da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), em Divinópolis, trarão importantes benefícios para os trabalhadores da região Centro-Oeste de Minas, a exemplo do que já ocorre, hoje, em outras regiões do Estado.

Durante solenidade de assinatura, o secretário Carlos Pimenta parabenizou o prefeito pelo trabalho realizado no município e lembrou que a unidade do Sine, instalada na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Divinópolis, inseriu no mercado de trabalho cerca de 2.300 trabalhadores, apenas em 2011.

“A orientação do governador Antonio Anastasia é de que nós temos que fazer o possível para levar desenvolvimento e empregabilidade aos municípios e, em Divinópolis não vai ser diferente. Esse convênio para instalarmos uma nova unidade do Sine e a Diretoria Regional da Sete em Divinópolis vai abrir várias portas, como, por exemplo, no âmbito da qualificação profissional”, garante o secretário.

Participaram da assinatura, além do secretário Carlos Pimenta e do prefeito Vladmir Azevedo, o superintendente de Regionalização da Sete, Agostinho Magalhães; a superintendente de Política de Geração de Emprego, Lígia Lara; e o assessor Jurídico chefe, Rodolfo Compart.

Foco no emprego

As unidades de atendimento ao trabalhador do Sine prestam serviços totalmente gratuitos de intermediação de mão-de-obra (cadastro de empresas para oferta de vagas e cadastro e encaminhamento de trabalhadores para oportunidades de trabalho); habilitação e postagem do seguro-desemprego; cadastro e encaminhamento do trabalhador para programas de qualificação profissional e curso de competências básicas para o trabalho; além de emissão de Carteiras de Trabalho e Previdência Social.

Já as diretorias regionais da Sete têm por finalidade representar a secretaria em sua área de abrangência, prestar apoio técnico, acompanhar e supervisionar a execução das ações relativas às funções de trabalho, emprego e renda desenvolvidas pela secretaria, pelo Poder Executivo municipal e demais parceiros. Além da diretoria regional em Divinópolis, a Sete vai contar com outras nove diretorias regionais em Belo Horizonte, Ibirité, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Salinas, Teófilo Otoni e Uberlândia.

Fonte: Agência Minas