• Agenda

    agosto 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Anúncios

Pesquisa Ibope: Aécio venceria Lula se eleição fosse hoje

Conclusão é da última edição da pesquisa Ibope, divulgada neste sábado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e realizada na segunda quinzena do mês passado.

No cenário em que enfrentaria o tucano, o petista teria 33% das intenções de voto contra 48% do senador.

Fonte: Valor Econômico

Ibope: se a eleição fosse hoje Aécio venceria Lula

Petista teria 33% das intenções de voto contra 48% do senador mineiro. Foto: Ferreira/AE

Aécio venceria Lula se eleição fosse hoje, diz Ibope

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) venceria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um segundo turno caso as eleições presidenciais fossem realizadas hoje.

A conclusão é da última edição da pesquisa Ibope, divulgada neste sábado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e realizada na segunda quinzena do mês passado.

No cenário em que enfrentaria o tucano, o petista teria 33% das intenções de voto contra 48% do senador. Se levados em consideração os votos válidos, sem computar os brancos e nulos, Aécio teria 59% e Lula pontuaria 41%.

Caso o candidato do PSDB fosse o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a pesquisa mostra um empate técnico no segundo turno: o tucano teria 40% e o petista atingiria 39%.

O jornal não divulgou os resultados de uma disputa no primeiro turno.A margem de erro da pesquisa é de dois pontos, para cima ou para baixo.

O Ibope ouviu ao todo 2.002 eleitores em diferentes cidades do país.Em junho, o Datafolha realizou simulação da eleição presidencial que mostrou também vantagem de Aécio sobre Lula caso o pleito nacional fosse realizado na época.

Em um primeiro turno, o senador mineiro alcançou 35% das intenções de voto, contra 25% do petista.A margem de erro era também de dois pontos, para cima ou para baixo.

Anúncios

Pesquisas do Ibope mostram crescimento de Aécio nos maiores colégios

Pesquisas do Ibope mostram redução dos índices da candidata nos 8 Estados com mais eleitores, onde vivem 70% dos votantes.

Eleições 2014

Fonte: O Estado de S.Paulo

Leia também:

Ibope: Aécio passa Marina em Santa Catarina, 6% de vantagem

Vox Populi: Aécio já cola em Marina, diferença cai para 5 pontos

Marina perde fôlego nos maiores colégios

As mais recentes pesquisas do Ibope sobre a corrida presidencial nos oito maiores Estados do Brasil, que concentram quase 70% do eleitorado nacional, trouxeram más notícias para a campanha de Marina Silva: a candidata do PSB caiu ou oscilou para baixo em todos eles.

São Paulo é o Estado em que a queda foi das mais expressivas: em duas semanas, a taxa de intenção de votos de Marina passou de 38% para 32%. Em números absolutos, é como se a candidata do PSB tivesse perdido 1,6 milhão de eleitores, ou 115 mil por dia – o cálculo leva em conta o tamanho do eleitorado paulista e a taxa de abstenção verificada há quatro anos.

Apesar do recuo, Marina ainda lidera no maior colégio eleitoral do País. A presidente Dilma Rousseff, provável adversária da candidata do PSB no segundo turno, ficou estagnada, com 25%, enquanto o terceiro colocado, Aécio Neves (PSDB), subiu quatro pontos porcentuais.

Na Bahia, quarto maior eleitorado, Marina tinha 28% das preferências há duas semanas – agora, a taxa passou para 23%. Lá, Dilma oscilou de 50% para 52% e ampliou a vantagem sobre a adversária de 22 para 29 pontos.

No Ceará, a queda de Marina foi de seis pontos (de 25% para 19%), mas o intervalo entre as pesquisas da série é maior: três semanas. No Estado, oitavo no ranking do eleitorado, Dilma têm 61% – um de seus três melhores desempenhos no País.

Há um equilíbrio entre as duas adversárias em Pernambuco, Estado onde Marina herdou a maior parte do eleitorado do ex-governador Eduardo Campos (PSB), morto em acidente aéreo em agosto, mas que também é um dos principais redutos do PT e terra do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em uma semana, Dilma manteve os 39%, enquantoMarina oscilou para baixo, de 40% para 38%.

A candidata do PSB também perdeu pontos no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e no Paraná. Na última pesquisa nacional do Ibope, divulgada na terça-feira, a candidata do PSB oscilou de 30% para 29% em uma semana.

Conjunto. A consolidação das pesquisas do Ibope em todas as 27 unidades da Federação resulta em uma amostra nacional de 30 mil entrevistas – que foram devidamente ponderadas de acordo com o tamanho do eleitorado de cada Estado e a respectiva taxa de abstenção na eleição de 2010. Essa amostra expandida aponta Dilma com 37%, Marina com 27% eAécio com 17%.

Por essa projeção, a candidata do PT terminaria o primeiro turno com 43 milhões de votos, contra 32 milhões da concorrente do PSB e 20 milhões do tucano. Mas, como a evolução das intenções de voto têm mostrado, esses números devem mudar até o dia da eleição.

A pesquisa mais antiga entre as 27 unidades foi feita em 1.º de setembro, em Sergipe, e as nove mais recentes, na segunda e terça-feira passadas. Foram os casos das sondagens feitas justamente em alguns dos maiores colégios eleitorais: São Paulo, Minas, Rio, Bahia, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Ceará – além de Santa Catarina e Distrito Federal.

Projeções. A planilha permite fazer projeções para o 2.º turno. Se a disputa se confirmar entre Dilma e Marina, quem terá mais chances de ser eleita? Isso vai depender, basicamente, de dois fatores: a vantagem que uma colocar sobre a outra no 1.º turno e o quanto cada uma vai converter de votos de Aécio.

No cenário atual, com Dilma abrindo 11 milhões de votos sobre Marina em 5 de outubro, a candidata do PSB precisaria converter mais de 70% dos apoiadores do tucano em eleitores seus no 2.º turno e torcer para que a petista não transforme mais do que 15% de quem votou em Aécio em neodilmistas no turno final. É mais do que Marina conseguiria hoje.

Segundo a pesquisa nacional do Ibope divulgada na terça-feira, Marina está convertendo 51% dos eleitores tucanos em seus eleitores na simulação de segundo turno contra Dilma. Pior para ela, essa taxa vem caindo nas últimas semanas: chegou a ser de 66% no começo de setembro. Dez dos 15 pontos que Marina perdeu migraram para o contingente de quem pretende anular ou votar em branco, e o resto tornou-se indeciso.

Já a taxa de conversão de Dilma tem se mantido constante. Desde o fim de agosto, a presidente tem conseguido converter de 15% a 18% de quem prefere Aécio no 1.º turno em eleitores que votariam nela no turno final contra Marina. Ou seja: quanto maior for a vantagem que a presidente abrir sobre a rival em 5 de outubro, mais difícil será para Marinavirar 21 dias depois.

Aécio passa Marina em Santa Catarina e agora tem 25%, segundo Ibope

Pesquisa Ibope aponta que Dilma (PT) tem 36% das intenções de voto, Aécio Neves (PSDB) tem 25%, e Marina Silva (PSB) tem 19%.

Eleições 2014

Fonte: G1

Em Santa Catarina, Ibope aponta: Dilma, 36%, Aécio, 25%, e Marina, 19%

Instituto entrevistou eleitores entre os dias 21 e 23 de setembro.

Margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (24) aponta que Dilma (PT) tem 36% das intenções de votoAécio Neves (PSDB) tem 25%, e Marina Silva (PSB) tem 19% entre os eleitores de Santa Catarina na disputa pela Presidência da República.

Pastor Everaldo (PSC) aparece com 2%, Eduardo Jorge (PV) e  Luciana Genro (PSOL) aparecem com 1% cada. Brancos e nulos somam 4% e não sabem ou não responderam, 12%. Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iazi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não alcançaram 1%.

Veja os números do Ibope para pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada aos entrevistados) apenas no estado de Santa Catarina:

Dilma (PT): 36%

Aécio Neves (PSDB): 25%

Marina Silva (PSB):  19%

Pastor Everaldo (PSC): 2%

Eduardo Jorge (PV): 1%

Luciana Genro (PSOL): 1%

Outros com menos de 1%: 1%

Brancos e nulos: 4%

Não sabe ou não respondeu: 12%

No levantamento anterior, entre 14 e 16 de setembro, Dilma tinha 37%, Marina 24% e Aécio 20%. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS.

A pesquisa foi realizada entre os dias 21  e 23 de setembro. Foram entrevistados 1008 eleitores em 54 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) sob o número SC-00027/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00765/2014.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (24) aponta que Dilma (PT) tem 36% das intenções de votoAécio Neves (PSDB) tem 25%, e Marina Silva (PSB) tem 19% entre os eleitores de Santa Catarina na disputa pela Presidência da República.

Pastor Everaldo (PSC) aparece com 2%, Eduardo Jorge (PV) e  Luciana Genro (PSOL) aparecem com 1% cada. Brancos e nulos somam 4% e não sabem ou não responderam, 12%. Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iazi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não alcançaram 1%.

Veja os números do Ibope para pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada aos entrevistados) apenas no estado de Santa Catarina:  

Dilma (PT): 36%

Aécio Neves (PSDB): 25%

Marina Silva (PSB):  19%

Pastor Everaldo (PSC): 2%

Eduardo Jorge (PV): 1%

Luciana Genro (PSOL): 1%

Outros com menos de 1%: 1%

Brancos e nulos: 4%

Não sabe ou não respondeu: 12%

No levantamento anterior, entre 14 e 16 de setembro, Dilma tinha 37%, Marina 24% e Aécio 20%. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS.

A pesquisa foi realizada entre os dias 21  e 23 de setembro. Foram entrevistados 1008 eleitores em 54 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) sob o número SC-00027/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00765/2014.

‘Onda da Razão’: Ibope mostra crescimento de Aécio em todos os cenários

Pesquisa Ibope divulgada nessa terça-feira confirmou a chegada da “Onda da Razão” na campanha eleitoral para a Presidência da República.

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Leia também:

Ibope: PSDB acredita na ‘onda da razão’

Ibope: Aécio sobe 4 pontos, Dilma e Marina começam a cair

Ibope confirma Onda da Razão e Aécio sobe em todos cenários

Pesquisa divulgada pela TV Globo e o jornal O Estado de S.Paulo mostra que Aécio avança quatro pontos no primeiro turno. Candidato também cresce no segundo turno

Pesquisa Ibope divulgada nessa terça-feira (16/09) confirmou a chegada da “Onda da Razão” na campanha eleitoral para a Presidência da República, com o crescimento das intenções de voto no candidato da Coligação Muda BrasilAécio Neves, em todos os cenários analisados de primeiro e segundo turnos.

Aécio subiu quatro pontos percentuais, de 15% para 19%, num intervalo de apenas quatro dias entre as pesquisas divulgadas pelo instituto. As candidatas do PTDilma Rousseff, e do PSB, Marina Silva, caíram nas intenções de voto.

Aécio reafirmou confiar na vitória e destacou que, neste momento da campanha, a população passa a prestar mais atenção ao que é defendido por cada candidato.

“É uma demonstração clara de que chegou a Onda da Razão. Os eleitores começaram a prestar mais atenção às propostas dos candidatos e ver quem tem melhores ideias para o Brasil, sem improviso ou um modelo que fracassou. Tenho convocação de que estarei no segundo turno e vencerei a eleição. Vamos usar a emoção para a Onda da Razão”, disseAécio.

Segundo turno

No levantamento de segundo turnoAécio também cresceu quatro pontos e agora aparece com 37% da preferência do eleitorado. Na simulação de segundo turno contra Marina SilvaAécio avançou 3 pontos, para 30%. A exemplo do que aconteceu no primeiro turno, as duas candidatas também caíram nas intenções de voto.

A pesquisa também mostrou que Aécio melhorou o desempenho em todas as regiões do Brasil. No Sul, ele aparece com 23%, situação de empate técnico com a candidata Marina Silva.

Ibope ouviu 3.010 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Intenção de votos: Aécio consolida trajetória de crescimento, mostra Ibope

Pela terceira vez consecutiva, pesquisa do Ibope indica crescimento das intenções de voto para Aécio Neves.

Eleições 2014

Fonte: PSDB

Aécio consolida trajetória de crescimento na corrida eleitoral

Pela terceira vez consecutiva, pesquisa do Ibope indica crescimento das intenções de voto em Aécio Neves, candidato à Presidência da República pela Coligação Muda BrasilAécio cresceu tanto na pesquisa do primeiro turno quanto na projeção do segundo. Nesta última, o crescimento foi maior. Numa disputa com a presidente Dilma, candidata à reeleição, Aécio cresceu três pontos em relação ao último levantamento, enquanto a petista cresceu apenas um. Aécio está agora com 36% das intenções de voto – tinha 33% na última pesquisa –, e Dilma, com 42%. Considerando a margem de erro, a diferença entre eles pode ser de apenas dois pontos percentuais.

No primeiro turno, 23% dos eleitores declaram intenção de voto em Aécio Neves. A candidata do PT tem 38% dos votos. A margem de erro é de dois pontos. Em julho, Dilma Roussef tinha os mesmos 38% das intenções de voto, ante 22% de Aécio Neves.

pesquisa mostrou ainda que a taxa de rejeição de Aécio está em queda: foi de 16% para 15%. A de Dilma se manteve em 36%.

A pesquisa foi encomendada ao Ibope pela TV Globo, que divulgou os dados nessa quinta-feira (7/08). Foram ouvidas 2.506 pessoas entre os dias 3 e 7  de agosto, em todo o Brasil.

]

Aécio Neves: Ibope confirma liderança em Minas

Resultados apresentados pelo Ibope confirmam levantamento do Instituto Veritá, que também apontou vantagem de Aécio Neves em Minas.

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Ibope Regional confirma liderança de Aécio em Minas

Pesquisa regional do Ibope divulgada ontem (31/07) confirma a liderança do candidato da Coligação “Muda Brasil” à Presidência da República, Aécio Neves na preferência do eleitorado de Minas Gerais.

De acordo com os dados, Aécio atingiu 41% das intenções de voto, seguido pela candidata à reeleição, Dilma Rousseff, com 31% e pelo ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (5%). Os eleitores com intenção de votar em branco ou nulo somara 10% e os que não souberam ou não responderam, também com 10%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de julho e entrevistou 1.512 eleitores. A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Os resultados apresentados pelo Ibope confirmam levantamento do Instituto Veritá divulgado na última quarta-feira (30/07), que também apontou vantagem de Aécio em Minas. Aécio teria 41,3% dos votos dos mineiros, contra 32,5% de Dilma Rousseff (PT) e 5% de Eduardo Campos (PSB). Votos brancos e nulos ainda somam 13,6%.

De acordo com o Instituto Veritá, considerando apenas os votos válidos, Aécio Neves chegaria a 51%, Dilma com 40,1% e Eduardo Campos, com 6,1%. Em um eventual segundo turno, Aécio venceria em Minas com uma vantagem de mais de 10 pontos percentuais, com 45,4% dos votos contra 34,7% da candidata do PT.

Siga a campanha de Aécio Neves na WEB
www.aecioneves.com.br
www.aecioporminaspelobrasil.com.br
www.facebook.com/AecioNevesOficial

Ibope mostra empate técnico entre Pimenta e Pimentel

Eleições 2014

Fonte: O Tempo

Ibope mostra Pimentel e Pimenta em empate técnico

Petista registra 25% das intenções, enquanto o tucano soma 21% da preferência do eleitorado

O petista Fernando Pimentel e o tucano Pimenta da Veiga estão empatados, se levada em consideração a margem de erro da pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (30) pelo “MGTV”, da “TV Globo“. Na pesquisa contratada pela emissora, Pimentel soma 25%, enquanto Pimenta registra 21%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, o petista pode ter entre 22% e 28%, enquanto o tucano ficaria entre 18% e 25%.

Na terceira colocação do levantamento aparece Tarcísio Delgado (PSB). Ele soma 3% dos votos. Eduardo Ferreira (PSDC) e Andre Alves (PHS) somam 2% cada um. Fidelis Alcântara (PSOL), Cleide Donária (PCO) e Túlio Lopes (PCB) registraram 1% cada. Brancos e nulos somam 13%, enquanto os indecisos somaram 31%.

A pesquisa contratada pela TV Globo está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número MG-00058/2014 e entrevistou 1.512 pessoas, entre os dias 26 e 28 de julho.

Rejeição

O instituto perguntou ao eleitor sobre a rejeição aos candidatos. Os líderes da pesquisa também são os mais rejeitados. Enquanto 12% dizem não votar em Fernando Pimentel em nenhuma hipótese, 10% não votariam em Pimenta da Veiga de jeito nenhum. Cleide Donária e Fidelis Alcântara foram citados por 9% dos entrevistados. André Alves tem 8% de rejeição, Tarcísio Delgado tem 7% e os candidatos Eduardo Ferreira e Túlio Lopes são rejeitados por 6% dos eleitores pesquisados. Enquanto isso, 30% dos entrevistados dizem votar em qualquer um, enquanto 34% não souberam ou não responderam.

Avaliação de governo

Ibope também mediu a avaliação do governo hoje comandado por Alberto Pinto Coelho (PP). Para 32% dos entrevistados, o governo é ótimo ou bom; 35% avaliam que agestão é regular, enquanto 18% consideram que é ruim ou péssimo. Outros 14% não souberam ou não responderam.