• Agenda

    agosto 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

  • Anúncios

Gestão Anastasia: caravana Mães de Minas encerra atividades em Divinópolis

As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares

Willian Pacheco/SES-MG
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez

A caravana Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), encerrou suas atividades nessa segunda-feira (16), em Divinópolis, com mais 105 gestantes cadastradas no programa. As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares, com a participação das moradoras de Medeiros, Campo Belo, Santo Antônio do Monte, Carmo do Cajurú e Lagoa da Prata.

Informações essenciais que a mulher precisa saber neste momento especial da vida, como a posição adequada para a amamentação, o que é o colostro, horário e duração das mamadas, arroto, elementos presentes no leite materno, cuidados com o umbigo, ter atenção para cor das fezes, assaduras, cólicas, troca de fraldas e banho do bebê foram alguns dos temas abordados nas oficinas em formato de roda de conversa.

Além de participar das oficinas, gestantes, mães e familiares tiveram a oportunidade de gravar seus depoimentos no Stand Roda de Conversa, onde puderam expor suas expectativas e sentimentos com relação à maternidade. Os interessados puderam, também, tirar fotos na cabine disponibilizada no local do evento.

A superintendente adjunta da Regional de Saúde de Divinópolis, Kênia Carvalho, explica que a caravana faz parte do programa Mães de Minas e tem como principal objetivo a redução da mortalidade infantil e materna. “O programa deriva do Viva Vida e busca atender as gestantes tanto da rede pública quanto da privada. E a caravana veio para isto. Para orientar mães e familiares  durante a gestação”, explica.

Para a moradora de Divinópolis, Renata Cristina, grávida de quase nove meses, e participante da Oficina de Brinquedos, a caravana foi muito proveitosa. “Gostei muito, principalmente de tirar fotos na cabine. É uma recordação”, conta. A moradora de Campo Belo, Jéssica Amanda, grávida de seis meses, compartilha da mesma opinião. “Eu adorei. Foi ótimo. Eu participei da Oficina de Brinquedos, contei minha história e tirei fotos”, comenta.

Para a secretária de Saúde de Divinópolis, Rosenilce Cherrie Mourão, a caravana é um exemplo nítido de promoção à saúde. “O que está acontecendo em Divinópolis é promoção e valorização da saúde da gestante. São esclarecimentos de tudo aquilo que as mães e gestantes precisam saber”.

Caravana      

A caravana já passou por Ribeirão das Neves e Divinópolis, e ainda passará por Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia. Ela é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5.093 gestantes, de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ter acompanhamento especializado.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-encerra-atividades-em-divinopolis/

Anúncios

Governo de Minas: município de Divinópolis receberá Caravana Mães de Minas

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Entre os dias 13 e 15 de abril, Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado, recebe a 3ª parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento será realizado das 9h às 17h30, no Ginásio Polisesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo, 625, bairro Niterói.

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público terá acesso ao cadastramento no 155; à oficina de aleitamento materno; à oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; à oficina sobre o parto normal; às oficinas de brinquedos; à cabine de vídeo e foto; à roda de memória; e à exposição do “túnel da vida”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a caravana será fundamental para unir esforços que garantam a prioridade da causa em Minas. “Ao cuidarmos da concepção ao primeiro ano de vida, buscando mobilizar a sociedade para transformar a maternidade no maior patrimônio dos mineiros, nós estamos plantando uma infância mais saudável. E quem planta uma infância mais saudável, terá adiante uma sociedade mais saudável”, destacou.

Caravana

A ação constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. A Caravana já passou por Ribeirão das Neves e por Belo Horizonte. Outros municípios que vão receber a caravana são: Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pela Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Mães de Minas

Para o ano de 2012, foi estruturado o Programa Mães de Minas, que constitui um recorte e diferencial da Rede Viva Vida de Atenção Integral à Saúde da Mulher e da Criança e, como tal, deverá estimular um processo de mobilização social que contemple monitoramento e acompanhamento das mães e de seus filhos até um ano de idade, pelo sistema telefônico. Esse processo deverá envolver Estado e sociedade civil na direção de unir esforços com vistas à redução da mortalidade infantil e materna.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5093 gestantes de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; e ligam para saber sobre o parecer médico, resultado de exames e, por exemplo, se foram diagnosticadas com gravidez de risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/municipio-de-divinopolis-recebera-caravana-maes-de-minas/

Governo de Minas: oficinas apresentam novas formas de comunicação para prefeituras

Representantes das prefeituras municipais tiveram a oportunidade de debater a importância da comunicação na gestão governamental

O IntegraMinas, uma parceria da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) com a Associação Mineira de Municípios (AMM), realizou três cursos práticos que visam à melhoria da comunicação no ambiente governamental. As oficinas têm como objetivos promover a utilização do correio eletrônico oficial e aprimorar a comunicação e a gestão dos municípios por meio do uso das ferramentas da web 2.0. “O uso do sistema mg.gov.br pelas prefeituras e câmaras facilita a comunicação das instituições públicas com outros órgãos governamentais e privados, além de contribuir na divulgação de suas ações”, explicou Rosalves Sudário, da AMM.

Por meio de palestras, oficinas e debates, o IntegraMinas orienta representantes de prefeituras e câmaras municipais na adequação ao Decreto 45095/2009, que foi assinado durante o 26º Congresso Mineiro de Municípios, em 5 de maio de 2009. Esse decreto trata da utilização do correio eletrônico (e-mail) oficial na comunicação com órgãos e entidade municipais, além de outras providências.

As atividades abordam também como as ferramentas de comunicação são fundamentais para uma gestão eficiente, moderna e transparente, e a importância de se consolidar a comunicação no processo governamental.

As oficinas realizadas reuniram servidores públicos e representantes das prefeiturasdas regiões de Teófilo Otoni, Diamantina e Pirapora, municípios que sediam unidades dos Polos de Inovação da Sectes no Norte de Minas e vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“O evento possibilitou ampliar contatos com prefeituras e câmaras municipais da região, dando ainda a oportunidade para divulgar as ações dos polos. Em Diamantina, enfatizamos a criação de novos negócios na área de turismo, em particular no campo em que o potencial é bem alto. Com a integração em rede será possível manter contatos permanentes, buscando qualificar demandas e mesmo atendê-las”, esclareceu o coordenador do Polo de Inovação de Diamantina, Luiz Pinheiro.

Os participantes do IntegraMinas receberam ainda capacitação para utilizar ferramentas da web 2.0, como Blogs, Facebook e Twitter. As atividades foram conduzidas por agentes TEIA – Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados, integrantes do programa que já habilitou mais de 3 mil jovens a se conectarem ao mundo pelas redes sociais, utilizando a internet de forma empreendedora.

Nos meses de maio e junho serão oferecidas outras cinco oficinas do IntegraMinas: Salinas (21/05), Araçuaí (31/05), Januária (14/06), Janaúba (21/06) Almenara (28/06). Para participar, basta confirmar presença pelo email oade.andrade@tecnologia.mg.gov.br.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/oficinas-apresentam-novas-formas-de-comunicacao-para-prefeituras/

Gestão da Saúde: Caravana Mães de Minas promove ações em Belo Horizonte

As mães participaram de oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Henrique Chendes/SES-MG
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares

A Caravana Mães de Minas desembarcou, neste final de semana, em Belo Horizonte e reuniu futuras mamães que participaram de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. O evento aconteceu na Escola Municipal Isaura Santos, no Barreiro.

Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares. Os papais também participarem das oficinas, como foi o caso de Arnaldo Santos Machado, pai de um menino de 3 anos e de uma menina de 5 meses. “Acredito que mais que incentivar e cuidar das gestantes, o Mães de Minas oferece a oportunidade de conhecimento para se ter um melhor convívio com a família. Além das mães o programa incentiva também uma consciência paternal e contribui com experiências que consequentemente serão passadas aos filhos”, afirmou.

A Caravana Mães de Minas é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público tem acesso ao cadastramento no 155;  oficina de aleitamento materno; oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; oficina sobre o parto normal; oficinas de brinquedos; cabine de vídeo e foto; roda de memória e a exposição do “túnel da vida”.

O programa é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado e Belo Horizonte foi a segunda cidade a receber a Caravana. A primeira foi Ribeirão das Neves. Outros 10 municípios vão participar da ação: Divinópolis, Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana

A Caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A oficineira e assistente social Launa Nara, conta que uma das maiores dúvidas e medos das gestantes tem a ver com o tipo de parto a ser adotado. “Muitas mães, principalmente as de primeira viagem, possuem muitas dúvidas sobre o parto normal, o parto cesárea e, também, sobre os procedimentos médicos. Procuro explicar que neste momento a gestante deve ficar tranquila e realizar o tipo de parto recomendado pelo médico. Acho que em cada oficina a minha função é quebrar os mitos e os medos das grávidas”, afirmou.

Muitas gestantes que esperam o segundo ou terceiro filho participam também da Caravana e, muito interessadas, anotam tudo o que é passado. Este foi o caso de Elaine Beatriz Marques que está grávida de cinco meses e aguarda ansiosamente a chegada do segundo filho. “As oficinas para mim foram maravilhosas. Muito do que aprendi irei utilizar com o meu segundo filho, como o uso correto das fraldas, a forma correta de dar o banho e o preparo da mamadeira. Aprendi muito e pretendo colocar tudo em prática.”

Divinópolis será a próxima parada da Caravana Mães de Minas, nos dias 13,14 e 15 de abril. O evento será das 9h às 17h30, no Ginásio Poliesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo,625, Bairro Niterói.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-promove-acoes-em-belo-horizonte/

Gestão Anastasia: Minas se prepara para celebrar a paixão e a ressurreição de Cristo durante Semana Santa

Os municípios mineiros preparam programação especial para celebrar a data

Divulgação/Setur
Tapetes feitos com serragem, borra de café e cal colorem e enfeitam as ladeiras das cidades históricas
Tapetes feitos com serragem, borra de café e cal colorem e enfeitam as ladeiras das cidades históricas

Celebrações religiosas tomam conta de Minas Gerais na Semana Santa, que este ano acontece de 1º a 8 de abril. Os municípios mineiros preparam programação especial para celebrar a data e os turistas podem aproveitar o feriado para conhecer as belezas do Estado.

O secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, salienta que o turismo religioso sempre foi um dos principais atrativos turísticos do Estado e, que as celebrações da Semana Santa em Minas Gerais são um resgate da tradição tricentenária do povo mineiro, que enfeita suas casas e suas ruas para celebrar a paixão de Jesus Cristo.  “Em Minas Gerais destaca-se a religiosidade popular, vivida intensamente por nossas comunidades. Em todas as regiões deste imenso Estado, as cidades transformam-se em um palco vivo da religião”, destaca Patrus Filho.

Confira as dicas que a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais preparou:

Belo Horizonte e entorno

Em Belo Horizonte, a Semana Santa é celebrada pelas paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte. Uma grande demonstração de fé, religiosidade e devoção, que tem início no Domingo de Ramos, celebração que recorda a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém e termina no Domingo de Páscoa, com a celebração da ressurreição.

O Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, localizado em Caeté, a 48 quilômetros de Belo Horizonte, é um dos roteiros mais procurados pelo turista religioso. A tranquilidade do lugar, situado a 1700 metros acima do nível do mar, é propícia para momentos de reflexão e orações.

Para aqueles que não querem sair da capital e desejam fazer um programa cultural, a dica é visitar o Circuito Cultural Praça da Liberdade na capital mineira. O Museu das Minas e do Metal e o Memorial Minas Gerais estarão fechados na sexta-feira da Paixão, mas funcionarão normalmente nos demais dias, inclusive no Domingo de Páscoa. O Espaço TIM UFMG do Conhecimento funciona normalmente, de terça a domingo. Aproveite o domingo também para visitar também o Palácio da Liberdade, aberto das 9h às 13h. Mais informações: www.circuitoculturalliberdade.mg.gov.brou (31) 3272-9584

E, para quem quiser aproveitar o feriado pertinho da capital, o Inhotim, em Brumadinho estará funcionando normalmente de terça a domingo, das 9h30 às 17h30. A equipe de Arte e Educação e de Jardim Botânico e Meio Ambiente preparam programação especial para quem visitar o Inhotim nesse período.  De 6 a 8 de abril, a oficina de aproveitamento integral dos alimentos vai ensinar a preparar sucos utilizando todos os seus benefícios. Para as crianças, haverá oficina de dobradura e colagens, das 10h às 16h30, no Espaço Tamboril.  Para saber mais sobre a programação, acesse: www.inhotim.org.br

Cidades Históricas

Nas cidades históricas mineiras, a população sai às ruas para participar, com fé e emoção, dos atos e rituais da liturgia católica. As celebrações são verdadeiros espetáculos encenados com o rigor da herança bíblica, com todos os simbolismos, atores e anjos, figurinos e estandartes.

Em Ouro Preto, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, a expectativa é de que 18 mil pessoas visitem a cidade para conferir de perto os cortejos, procissões e a confecção dos tapetes feitos com serragem, borra de café e cal branco, que colorem e enfeitam as ladeiras históricas. Durante toda a semana, serão realizadas missas nas igrejas da cidade. A data é uma oportunidade para conhecer a beleza da arquitetura barroca da cidade tricentenária, que por sua beleza e conjunto arquitetônico, atrai turistas nacionais e internacionais.  Na sexta-feira santa, as celebrações começam às 6h, com a Via Sacra saindo da Capela de São Cristovão em direção à Capela do Senhor do Bonfim.

Em São João del-Rei, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, a expectativa é que a ocupação hoteleira na cidade seja de 80%. A celebração começa no Domingo de Ramos, às 6h, com a Santa Missa e, durante o dia as procissões vão percorrer as ruas da cidade. Na Quinta-Feira Santa, a Missa Solene acontece às 9h e às 17h, na Basílica de Nossa Senhora do Pilar. Às 20h30, será realizada a cerimônia de lava-pés, na Praça Francisco Neves. As celebrações se encerram no Domingo de Páscoa, com a Santa Missa, às 19h, e Solene Coroação de Nossa Senhora, na Basílica Nossa Senhora do Pilar.

Diamantina mantêm ritos tradicionais nas celebrações da Semana Santa, que se inicia no Domingo de Ramos, prossegue com a Procissão do Encontro, a cerimônia do Lava-Pés, a Sexta-Feira da Paixão, com a crucificação e morte de Jesus Cristo, o Descendimento da Cruz e termina com a Ressurreição, no Domingo de Páscoa. Uma das tradições mais antigas preservada na cidade é a “Guarda Romana”, onde mais de 50 homens caracterizados participam da Via Sacra. A confecção dos tapetes de serragem terá inicio em frente à igreja Catedral Metropolitana, a partir da meia-noite do Sábado de Aleluia até a manhã do Domingo de Páscoa.

Em Sabará, a programação também inicia-se no Domingo de Ramos e segue até o Domingo de Páscoa, com a Missa da Ressurreição, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, na praça central da cidade, no dia 8 de abril, às 8h. São esperadas 20 mil pessoas e, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo da cidade, a expectativa é de que a ocupação hoteleira seja de 100%.

A tradicional programação de Semana Santa de Mariana já iniciou com o Setenário das Dores, que segue até o dia 30 de março.  Na Quarta-feira Santa, às 19h, a celebração acontece na Capela Nossa Senhora da Boa Morte, seguida de procissão pelas ruas da cidade. Na Quinta-Feira, na Catedral Metropolitana, após a cerimônia de lava-pés, haverá o traslado do Santíssimo Sacramento. No Domingo, as celebrações de Páscoa acontecem às 7h, na Catedral Metropolitana, e às 8h nas Igrejas Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora Aparecida.

Em Prados, o Domingo de Ramos começa com a Santa Missa, às 8h, na Matriz.  Durante toda a semana, as missas serão realizadas também na Igreja Matriz e Capela do Rosário. Na Quarta-feira Santa, a população sai em Via Sacra pelas ruas da cidade. Na sexta, às 21h, acontece cerimônia de Descendimento da Cruz. No Domingo de Páscoa, as celebrações serão encerradas às 17h, quando a Procissão da Ressurreição passa pelas ruas da cidade.

No município de Serro, na Quinta-feira Santa haverá encenação da prisão de Cristo, ao lado da Igreja Matriz, no centro da cidade.  Na sexta, às 9h, a população sai em Via Sacra da Igreja Matriz, em direção à Igreja Nossa Senhora do Carmo. Às 21h, na praça central da cidade, haverá a encenação da Paixão de Cristo, seguida de procissão pelas ruas da cidade.

Caminho Religioso

Visando o incremento do Turismo Religioso no Estado, o Governo de Minas está implementando o projeto “Caminho Religioso da Estrada Real: de Padroeira a Padroeira”. O roteiro integrado de turismo religioso envolve 86 municípios entre os santuários da Serra da Piedade, em Minas Gerais, e da Padroeira do Brasil, em Aparecida (SP). O Caminho Religioso tem o objetivo de oferecer um roteiro de peregrinação estruturado para um público adepto a longas caminhadas, pedaladas ou cavalgadas.

O trajeto da rota que ligará os santuários já foi demarcado, com mapeamento dos municípios, potencialidades histórico-culturais e religiosas e infraestrutura turística. Congonhas, Lagoa Dourada, Prados, São João del-Rei e Tiradentes são alguns dos municípios mineiros que poderão ser percorridos pelos fiéis.  Atualmente, o projeto está em fase de elaboração de peças gráficas, como mapas, guias turísticos, passaporte e certificado de conclusão da rota de peregrinação.

Sul de Minas

A Prefeitura Municipal de Caxambu, em parceria com a Secretaria de Turismo e Cultura do município, preparou programação especial para quem visitar a estância hidromineral no período da Semana Santa. Na Quinta e Sexta-feira Santa e no Sábado, quem visitar o Parque das Águas poderá conferir o som da banda Blu Brasil, às 9h30, participar da aula de hidroginástica, às 10h, e da caminhada orientada, às 16h. Na Quinta-feira Santa, haverá a Cantata de Páscoa, às 20h, no calçadão da cidade. No Sábado de Aleluia, haverá recreação infantil e contação de história para as crianças, na Praça 16 de Setembro, a partir das 15h. Além da programação de lazer, acontecem as celebrações religiosas e procissões pelas ruas da cidade. Para mais informações: (35) 3341-1097

Em Capitólio, o Domingo de Ramos começa com procissão e celebração da Santa Missa, na Igreja Matriz. Na Segunda e Terça-feira Santa, a Missa acontece às 19h, na Igreja Matriz, seguida de procissão. A Quinta-feira Santa é de adoração ao Santíssimo Sacramento, a partir das 20h30.  A Sexta-feira da Paixão começa com a Via Sacra, às 6h, saindo da Igreja de Fátima e termina com a encenação da vida e morte de Jesus, na Praça da Matriz, às 19h. As celebrações terminam no Domingo de Páscoa, com missa, às 10h, na Igreja de Fátima; às 11h30, em Escarpas do Lago; às 18h, no Centro Comunitário Nossa Senhora Aparecida e às 19h30, na Igreja Matriz.

Em Três Marias, as celebrações de Domingo de Ramos acontecem nas comunidades de São José, São Geraldo e São Pedro. Às 19h30, haverá missa na Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe da Igreja.  Na Quarta-feira Santa, às 19h, haverá procissão em direção à Igreja Matriz, seguida do Sermão do Encontro. A quinta-feira será marcada pelas cerimônias de lava-pés na Matriz Nossa Senhora Mãe da Igreja, seguida da transladação do Santíssimo. Na Sexta-feira da Paixão, a Via Sacra sai pelas ruas centrais da cidade, às 6h, em direção à Capela de Cristo Rei. Às 20h, os fiéis podem se emocionar com a encenação da Paixão e Morte de Cristo, na Igreja Matriz. A programação de Semana Santa se encerra no Domingo de Páscoa com missas que acontecerão durante todo o dia. Para quem gosta de aventura uma boa dica é aproveitar o feriado para se deliciar nas águas do Lago Três Marias.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/minas-se-prepara-para-celebrar-a-paixao-e-a-ressurreicao-de-cristo-durante-semana-santa/

Gestão em Minas: governador Antonio Anastasia preside primeira Reunião Gerencial do ano

Principais metas para 2012 e resultados alcançados pelo Governo de Minas foram apresentados durante reunião nesta quinta-feira

Omar Freire/Imprensa MG
O governador Antonio Anastasia presidiu, no auditório Juscelino Kubitschek, a 1ª Reunião Gerencial 2012
O governador Antonio Anastasia presidiu, no auditório Juscelino Kubitschek, a 1ª Reunião Gerencial 2012

O governador Antonio Anastasia presidiu, nesta quinta-feira (29), no auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa, a 1ª Reunião Gerencial 2012 do Governo de Minas. Com a presença do vice-governador Alberto Pinto Coelho, secretários de Estado, secretários-adjuntos, subsecretários e presidentes de entidades e órgãos, o governador apresentou as metas para 2012 e os principais resultados alcançados pelos programas de governo nos últimos anos.

O Governo de Minas vem implantando ciclos de reforma e modernização da gestão pública que tornaram o Estado mais eficiente na aplicação de políticas públicas com foco na melhoria da qualidade de vida da população. Está em curso em 2012 um terceiro momento da modernização da gestão pública mineira, que começou com o Choque de Gestão, em 2003, passou pelo Estado para Resultados, chegando agora à Gestão para a Cidadania.

Estruturada em redes de trabalho que integram as diversas áreas de governo, o modelo de Gestão para a Cidadania busca a participação ativa da sociedade civil nos programas de governo. Na Agenda de Melhorias são destacados dez desafios que têm como foco o objetivo final do governo estadual, que é tornar Minas Gerais o melhor Estado para se viver.

Os dez desafios:

• Reduzir a pobreza e as desigualdades;

• Aumentar o nível de empregabilidade e as possibilidades de realização profissional;

• Garantir o direito de morar dignamente e viver bem;

• Desenvolver e diversificar a economia mineira e estimular a inovação;

• Viver mais e com mais saúde;

• Transformar a sociedade pela educação e cultura;

• Aumentar a segurança e a sensação de segurança;

• Promover e garantir a utilização sustentável dos recursos ambientais;

• Ampliar e modernizar a infraestrutura e os serviços públicos, e

• Assegurar os direitos fundamentais e fomentar a participação cidadã.

Metas 2012

Para cada um desses grandes desafios foram estabelecidas ações e metas para 2012. No esforço de reduzir a pobreza e as desigualdades, por exemplo, estão previstas a ampliação do Piso Mineiro de Assistência Social para 620 municípios; construção e implantação de mais de duas mil cisternas de captação de água de chuva na região do Grande Norte de Minas; implantação de 82 sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário em localidades no Nordeste e Norte de Minas.

Na área de saúde, cujo desafio é “Viver mais e com mais saúde”, estão previstas para 2012, entre outras ações, o acompanhamento de pelo menos 20 mil gestantes e de crianças de até um ano, por meio do call center Mães de Minas. Também são metas a implantação de dois hospitais regionais – em Juiz de Fora e Divinópolis – e inauguração de quatro Centros de Atenção Secundária para Hipertensos e Diabéticos nas microrregiões de Diamantina, Patos de Minas, Pirapora e Teófilo Otoni.

No item “Ampliar e modernizar a infraestrutura e os serviços públicos” estão previstos este ano: plena operação do Estádio Independência e a conclusão das obras do Mineirão; início das obras do programa Caminhos de Minas; início da implantação dos terminais metropolitanos na Região Metropolitana de Belo Horizonte; e conclusão de 13 trechos do Proacesso. Também faz parte das metas para este ano o reinício da expansão do metrô da capital mineira em parceria com o Governo Federal e a prefeitura de Belo Horizonte.

No campo da capacitação profissional estão previstos para este ano inclusão de 30 mil novos alunos ao Projeto de Educação Profissional (PEP); criação de 35 mil vagas pela escola de formação Magistra para a capacitação continuada de profissionais da Educação; investimentos de R$ 160 milhões, por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em parceria com a Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) em apoio a empresas inovadoras e parques tecnológicos; e implantação de cinco unidades do Minas Fácil (serviço prestado pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais, em parceria com diversos órgãos públicos, que permite aos empreendedores abrirem negócios de forma simplificada e ágil, em no máximo 8 dias).

Indicadores da Gestão para a Cidadania

Reduzir a pobreza e as desigualdades

Programas sociais do Governo do Estado, como o Travessia, contribuem para a redução da pobreza em Minas. Criado em 2008, o programa tem seis eixos de atuação: gestão social, saneamento, intervenções urbanas, saúde, educação e renda. A desigualdade social também tem diminuído. No Índice Gini, que mede a diferença entre a renda dos cidadãos (quanto mais próximo de zero melhor distribuída é a renda entre pessoas), Minas Gerais está apresentando melhoras contínuas desde 2005.

Principais entregas de 2012:

Implantação do Travessia: 30 novas agências do Banco Travessia, 40 planos elaborados, 60 novos convênios, 3.200 trabalhadores qualificados e 1.600 trabalhadores em turmas de elevação da escolaridade.

Ampliação do Piso Mineiro de Assistência Social, que passará a alcançar 620 municípios.

Implantação de 82 novos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário beneficiando 100 mil pessoas nas regiões Nordeste e Norte do Estado.

Aumentar a empregabilidade e as possibilidades de realização profissional

O Governo de Minas vem fazendo, ao longo dos últimos anos, um grande esforço para criar um ambiente favorável e seguro para investimentos privados. Esse trabalho tem se traduzido em mais e melhores empregos em todas as regiões de Minas. Somente em 2011, foram criados 206 mil empregos com carteira assinada no Estado, segundo melhor resultado entre os estados brasileiros.

Principais entregas de 2012:

PEP: atendimento a 30 mil novos alunos pelo Projeto de Educação Profissional.

Magistra: criação de 35 mil vagas pela Escola de Formação para capacitação continuada de profissionais da Educação.

Investimento de R$ 160 milhões em apoio a empresas inovadoras e parques tecnológicos pelo BDMG em parceria com a Fapemig

Garantir o direito de morar dignamente e viver bem

Minas Gerais conta com a quinta maior cobertura de rede de abastecimento de água entre os estados brasileiros e com a quarta maior cobertura da rede de esgoto ou fossa séptica. A Copanor está cumprindo o seu papel de levar os serviços de saneamento de qualidade e tarifas compatíveis à realidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Norte e Nordeste do Estado.  São 154 localidades atendidas pela subsidiária da Copasa, beneficiando mais de 208 mil mineiros. Milhares de famílias passaram a ter módulos sanitários com banheiro, tanque e chuveiro em suas residências.

Principais entregas de 2012:

Entrega de 3 mil novas unidades habitacionais.

Urbanização e requalificação ambiental do trecho montante do Ribeirão Arrudas – PAC Arrudas.

Entrega da estrada Serro – Milho Verde: rodovia turisticamente planejada.

Desenvolver e diversificar a economia mineira e estimular a inovação

Há oito anos, o histórico do Estado nas exportações é de crescimento acima da média nacional, o que explica o fato de a participação de Minas nas exportações brasileiras ter saltado de 10,4% em 2003 para 16,2% em 2010. O ano de 2011 consolidou Minas Gerais como um importante polo de atração de investimentos. Apesar da crise internacional, foram assinados 140 protocolos de intenções para investimentos em diversos setores, que somam R$ 28,4 bilhões, com a criação de 140 mil empregos nas diversas regiões do Estado.

Principais entregas de 2012:

Inauguração do Edifício Institucional do BHTec – Parque Tecnológico de Belo Horizonte.

Implantação do Centro de Capacitação Aeroespacial de Lagoa Santa.

Implantação de pelo menos quatro grandes empresas inovadoras e âncoras.

Viver mais e com mais saúde

A taxa de mortalidade infantil em Minas Gerais se manteve abaixo da média nacional entre 2003 e 2010. Minas reduziu a mortalidade infantil em 24,5% nesse período. Nos últimos nove anos, foram inauguradas 267 unidades da Rede Farmácia de Minas, responsável pela distribuição gratuita de medicamentos do SUS em municípios com população entre 10 mil e 30 mil habitantes. Além disso, Minas é o Estado brasileiro que conta com maior número de equipes do Programa Saúde da Família em atividade. São 4.302 equipes trabalhando na prevenção de doenças em 830 municípios.

Principais entregas de 2012:

Acompanhamento de pelo menos 20 mil gestantes e criança de até um ano, via call center Mães de Minas,

Implantação de dois hospitais regionais no Estado: Juiz de Fora e Divinópolis.

Produção de 19 milhões de unidades do medicamento Tenofovir (HIV).

Transformar a sociedade pela educação e cultura

Minas foi o primeiro Estado do país a trazer crianças aos seis anos para a escola, a partir de 2004. Os resultados do Programa de Avaliação da Alfabetização (ProAlfa) em 2011 apontam que o percentual de alunos de 8 anos que sabem ler e escrever com fluência nas escolas públicas estaduais de Minas subiu para 88,9%. Os números mostram um crescimento de 23,2 pontos percentuais em relação ao índice alcançado em 2007.

Principais entregas de 2012:

Atendimento a 60 mil alunos pelo Programa de Aceleração da Aprendizagem.

PIP: 2.800 escolas com planos de intervenção pedagógica implementado nos anos finais do ensino fundamental.

Inauguração do Centro Cultural Banco do Brasil.

Aumentar a segurança e a sensação de segurança

As vagas no sistema prisional saltaram de 5.381 para 27 mil, entre 2003 e 2011, um crescimento de mais de 400%. Houve um aumento de 38% no número de detentos trabalhando no Estado, entre 2010 e 2011, passando de 8.300 para 11.500 presos. Com esta marca, Minas é o estado que, proporcionalmente à população carcerária, conta com mais detentos trabalhando no país.

Principais entregas de 2012:

Conclusão das obras do Centro Socioeducativo de Unaí.

Inauguração da primeira fase do Complexo Penitenciário em Ribeirão das Neves, que disponibilizará mais de 1.800 vagas.

Extensão do Programa Educacional de Resistências às Drogas (Proerd) para 3.533 escolas de 509 municípios, atendendo um público estimado de 253 mil pessoas. Aquisição de 92 viaturas exclusivas para este programa.

Promover e garantir a utilização sustentável dos recursos ambientais

A população urbana com acesso a sistemas de disposição final de resíduos sólidos em Minas Gerais saltou de 19,8%, em 2003, para 52,63%, em 2010. O Programa Minas sem Lixões tem o objetivo de promover e fomentar a não geração, o reaproveitamento, a reciclagem e a disposição adequada de resíduos sólidos. Foram erradicados 107 lixões em 2011. Entre 2006 e 2010, foram recuperados 9.484 hectares de mata ciliar, 10.031 hectares de mata de topo e 10.294 hectares de áreas degradadas.

Principais entregas de 2012:

Programa META 2014: Quatro novas Estações de Tratamento de Esgoto (Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e São José da Lapa).

Despoluição das águas superficiais e proteção dos mananciais da Bacia do Paraopeba para revitalização do Rio São Francisco.

Expansão da adutora do Rio Manso para ampliação do sistema de abastecimento de água da RMBH, via PPP.

Ampliar e modernizar a infraestrutura e os serviços públicos

Nos últimos nove anos, a malha pavimentada em Minas Gerais cresceu 45%, passando de 14 mil para 20 mil quilômetros. Neste período, foram investidos cerca de R$ 8 bilhões, sendo R$ 1,3 bilhão em 2011. Com o Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (Proacesso) já foram pavimentados 5 mil km de acessos a 196 municípios, beneficiando cerca de 1,2 milhão de habitantes. Minas é também referência no processo de abertura de empresas. Em 2011, mais de 30 mil empresas foram abertas nas 32 unidades do programa Minas Fácil, em um prazo médio de oito dias.

Principais entregas de 2012:

Estádio Independência em plena operação.

Conclusão das obras do Mineirão.

Início das obras do Programa Caminhos de Minas.

Investimento do BDMG da ordem de R$ 145 milhões em apoio às novas administrações municipais (gestão pública e infraestrutura).

Reinício da expansão do Metrô de Belo Horizonte em parceria com o Governo Federal e a Prefeitura.

Assegurar os direitos fundamentais e fomentar a participação cidadã

Movimento Minas

Projeto que oferece canais em que as pessoas podem participar do governo, discutindo sobre ações que levem ao desenvolvimento do Estado por meio do site http://www.movimentominas.com.br.  O objetivo do projeto é ultrapassar a barreira das utopias e transformar as boas ideias dos cidadãos em realidade, com o apoio do poder público e de instituições privadas.

Estado em Rede

Modelo de gestão que busca aproximar a estratégia central das necessidades e particularidades regionais, por meio da constituição de ambiente colegiado, intersetorial e capaz de realizar articulação horizontal e sistêmica entre os diversos órgãos e entidades da administração pública com a sociedade civil das regiões na discussão e priorização de estratégias regionais. O modelo possibilita ao Estado a oportunidade de apresentar as estratégias e ações realizadas, ouvir as questões, sugestões e opiniões de representantes da sociedade civil organizada a respeito das prioridades estratégicas.

Principais entregas de 2012:

Estado em Rede: implantação de Comitê Regional Intragovernamental em oito regiões

Avaliação “in loco” da qualidade da prestação dos serviços públicos por meio da Ouvidoria Móvel.

Movimento Minas: 7 mil usuários cadastrados e participando dos processos de co-criação na plataforma digital.

 

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-antonio-anastasia-preside-primeira-reuniao-gerencial-do-ano/

Governo de Minas: Conceição do Mato Dentro e Serro comemoram o início das obras na MG-010

Trecho de 46 quilômetros faz parte do traçado histórico da Estrada Real

Diulgação/Vilasa Construtora Ltda
As obras devem durar aproximadamente dois anos
As obras devem durar aproximadamente dois anos

Os moradores de Conceição do Mato Dentro e do Serro, cidades da região Central do Estado, comemoram o início das obras de pavimentação e melhoramentos do trecho da MG-010, ligando os dois municípios. O segmento de 46 quilômetros faz parte do traçado histórico da Estrada Real e terá o nome do ex-embaixador José Aparecido de Oliveira. O trecho está integrado no Circuito Turístico do Diamante e vai facilitar a ligação entre Conceição do Mato Dentro, Serro e Diamantina.

Para o prefeito do Serro, Guilherme Simões Neves, a pavimentação do trecho é um antigo sonho da comunidade. “É a concretização do projeto da Estrada Real, com o asfalto entre Serro e Diamantina, passando pelos distritos de Milho Verde e São Gonçalo do Rio das Pedras. Por outro lado, aponta para um futuro promissor para a região, diminuindo a distância entre a capital em, pelo menos, 100 quilômetros e resgata a proximidade das cidades irmãs Conceição do Mato Dentro e Serro. É importante ressaltar que daqui para frente a realidade do Serro será outra”, conclui.

Ele destaca, ainda, que a obra será a ferramenta para acelerar o desenvolvimento do município. Opinião compartilhada pelo prefeito de Conceição do Mato Dentro, Reinaldo César de Lima Guimarães, que destaca a importância da pavimentação do trecho para promover integração regional e desenvolvimento. “Representa importante conquista do Médio Espinhaço, que desponta como um novo circuito econômico de Minas Gerais e do Brasil, com a implantação do empreendimento minerador Projeto Minas-Rio”, destaca.

Na avaliação do prefeito de Conceição do Mato Dentro, a história da MG-010 guarda a essência da identidade cultural da região, desde os primeiros desbravadores que, palmo a palmo, fundaram vilas e cidades, em busca do ouro e dos diamantes, ligando o Ivituruí ou Serro Frio à freguesia de Conceição e ao arraial do Tejuco, hoje Diamantina. “Sob o signo da mineração do passado e do presente e, sobretudo, guardando as belezas naturais e o acervo histórico e cultural dos nossos casarios e fazeres – patrimônio material e imaterial – a nossa região aposta no turismo como alternativa sustentável, alternativa esta finalmente viabilizada com a obra da MG-010”, conclui.

Investimento

Os investimentos serão da ordem de R$ 41 milhões, dos quais R$ 10 milhões obtidos por meio de parceria com a Anglo American, um dos maiores grupos de mineração do mundo, que atua na região.

Obras

A obra será realizada pela Vilasa Construtora Ltda., devendo durar aproximadamente dois anos, a contar da assinatura da ordem de início, autorizada este mês pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG).

Integram os trabalhos na MG-010, no trecho entre Conceição do Mato Dentro (entroncamento para Dom Joaquim) ao Serro, a pavimentação e a implantação de 46 quilômetros e a execução de alargamento e restauração de cinco pontes, sobre os córregos Pereira, Campinas, Passa Sete, Pedra I e Zalu, todas com largura de 10 metros e comprimento de 10 metros. Além disso, será restaurada a ponte sobre o Córrego Pedras I com 26 metros de comprimento. Sobre o Rio do Peixe, será construída uma nova ponte com 37 metros de extensão e 10 metros de largura.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/conceicao-do-mato-dentro-e-serro-comemoram-o-inicio-das-obras-na-mg-010/