• Agenda

    agosto 2020
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Governo de Minas: grupo de estudo vai buscar soluções para visibilidade no Independência

Grupo será formado para estudar durante 90 dias a questão da visibilidade da arquibancada

Sylvio Coutinho
Arena Independência passou por obras de modernização para garantir conforto e segurança ao torcedor
Arena Independência passou por obras de modernização para garantir conforto e segurança ao torcedor

Após reunião entre Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop), Corpo de Bombeiro de Minas Gerais, Arena Independência e Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, realizada nesta quinta-feira (8), sobre o estádio Raimundo Sampaio, o Independência, ficou acertado que será constituído um grupo para estudar durante 90 dias a questão da visibilidade da arquibancada. Depois desse prazo, o Ministério Público, o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MG), o Corpo de Bombeiros e demais órgãos competentes terão 30 dias para avaliar o estudo e a possível solução apresentada.

Esse grupo deverá ser formado por no mínimo três profissionais de arquitetura de engenharia e mais um coordenador que não precisa ser da área. O estudo terá que sugerir e avaliar opções técnicas para o problema da visibilidade, sendo que o parâmetro para análise será o custo-benefício da solução.

Durante esse período, os assentos do anel superior (seis mil assentos) terão 50% de desconto em relação ao valor dos ingressos do anel inferior determinados pelos clubes, respeitado o direito à meia entrada  dos idosos e estudantes; os ingressos do anel superior deverão conter a informação de que a visibilidade é parcial. Além disso, não serão vendidos os ingressos da primeira fileira do anel intermediário.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sérgio Barroso, informa que o torcedor será sempre informado no momento da comercialização ou locação da arena Independência sobre essas limitações decididas na reunião desta quinta-feira.

“É importante o torcedor compreender que o Governo de Minas ao modernizar o Independência quer justamente promover o retorno das famílias ao estádio com conforto, tranqüilidade, mas sobretudo segurança. Apoiamos qualquer solução que conjugue visibilidade e segurança dentro de um custo benefício adequado”, explica Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo.

Fonte: Agência Minas

Gestão Anastasia: Governo de Minas assina ordem de serviço para construção da “Cidade das Águas” em Frutal

Escritório do urbanista Jaime Lerner apresentou projeto arquitetônico da obra, que terá investimentos de R$ 55,7 milhões

Divulgação/Sectes
Secretário Narcio Rodrigues assina a ordem de serviço para início da obra do projeto Cidade das Águas
Secretário Narcio Rodrigues assina a ordem de serviço para início da obra do projeto Cidade das Águas

O Governo de Minas, representado pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, assinou na noite de segunda-feira (5) ordem de serviço para o início da obra de implantação do projeto Cidades das Águas, com investimentos da ordem de R$ 55,7 milhões. A solenidade foi realizada na Câmara de Vereadores, durante audiência pública que envolveu toda a comunidade. Com previsão de término em 20 meses, a obra, que será executada pela Construtora Waldemar Polizzi, compreende a construção dos prédios da Biblioteca, do Laboratório/EAD, do Alojamento de Pesquisa (Casa de Hóspedes) e mais sete alojamentos do Complexo Uemg-Unesco-HidroEX.

Estiveram presentes também o presidente do Unesco-HidroEx, professor Octávio Elísio Alves de Brito; o diretor do Departamento de Obras Públicas de Minas Gerais (Deop), Fernando Teixeira; o deputado estadual José Maia, a prefeita de Frutal, Maria Cecília Marchi Borges; e o presidente da Câmara, José Adão da Silva.

Interação ambiental

Durante o evento, a equipe do arquiteto Jaime Lerner, um dos mais conceituados urbanistas da atualidade, apresentou o projeto arquitetônico e urbanístico que vai interagir Frutal com a Cidade das Águas, seguindo o percurso do Córrego da Vertente Grande. Conforme afirmou a arquiteta Rossanna de Rossi, a proposta principal é promover essa interação, por meio do percurso das águas e uma nova urbanização da cidade, que envolve também a recomposição das matas ciliares.

O presidente da Câmara, José Adão da Silva, enalteceu o momento vivido por Frutal. “Não resta dúvida de que esse projeto vai marcar a nossa história”, destacou. Para o presidente do Unesco-HidroEx, professor Octávio Elísio, a Cidade das Águas não teria vida se não tivesse um elo com Frutal. “Essa interação é nosso maior projeto, transformando Frutal em um centro de excelência em água, com repercussão internacional”, afirmou o  presidente.

O diretor do Deop, Fernando Teixeira, confirmou que os recursos já estão liberados para que a construtora possa iniciar a obra.  “Frutal merece este projeto e vamos concluí-lo no menor tempo possível”, disse diretor.

O evento foi finalizado com o discurso do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, que destacou a importância de Frutal abraçar esta causa. “Com a assinatura desta ordem de serviço, o Governo de Minas começa a escrever uma nova página da história de Frutal”, afirmou o secretário.

Fonte: Agência Minas