• Agenda

    julho 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

  • Anúncios

Gestão Antonio Anastasia: governo de Minas e Intel lançam programa de inclusão tecnológica para jovens

A Intel se junta à Rede de CVTs e Telecentros do Estado para desenvolver a capacitação tecnológica de 20 mil jovens, de 15 a 21 anos
Osvaldo Afonso/Imprensa MG
Lélia Inês, superintendente da Sectes; Narcio Rodrigues, Nuno Simões e Rubem Saldanha, gerente da Intel
Lélia Inês, superintendente da Sectes; Narcio Rodrigues, Nuno Simões e Rubem Saldanha, gerente da Intel

O Governo de Minas e a Intel Brasil lançaram, nesta terça-feira (10), um programa para qualificação profissional e capacitação tecnológica de 20 mil jovens, de 15 a 21 anos, na rede de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e Telecentros do Estado. O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, e o diretor de Assuntos Corporativos da Intel para a América Latina, Nuno Simões, assinaram o acordo de cooperação técnica que define a execução do Programa Intel Aprender na rede, estruturada em mais de 360 municípios mineiros. Também estiveram presentes o gerente de Educação da Inatel, Rubem Saldanha, e a superintendente de Inovação Social, Lélia Inês Teixeira.

“Minas está muito feliz por abraçar este programa. A Intel chega num momento muito importante, de reestruturação do conceito da rede. Até 2014, chegaremos a 100 CVTs em funcionamento e vamos duplicar as salas de videoconferência para a capacitação a distância, fortalecendo a rede como uma ferramenta efetiva de democratização do conhecimento. É um desafio assumido pelo governo”, afirmou o secretário Narcio Rodrigues. Ele ressaltou que a iniciativa vai ajudar jovens em comunidades com pouco ou nenhum acesso à tecnologia a desenvolverem as habilidades necessárias para o sucesso no mercado de trabalho, por meio de cursos que ampliem seus pensamentos críticos, cooperação e domínio de ferramentas de informática.

Os módulos do Intel Aprender foram aprimorados para o ensino a distância (EAD). Diferenciadas, as aulas abordam conteúdos que permitem aos alunos aplicar seu aprendizado na comunidade onde vivem e nos projetos desenvolvidos. Pelo acordo, a Intel irá capacitar 90 multiplicadores ligados aos CVTs do Estado. A meta do projeto é qualificar mais de 20 mil jovens de 15 a 21 anos. “É muito importante capacitarmos esses jovens para torná-los cidadãos preparados para o sucesso em suas vidas pessoais e profissionais”, disse Nuno Simões.  Ele explicou que é uma iniciativa de cunho social, sem fins lucrativos, cujo principal objetivo é utilizar a excelente estrutura dos CVTs para propagar cursos de qualidade aos jovens, que terão papel fundamental em ajudar suas comunidades a entrar definitivamente no mundo digital e na economia global.

Centros Vocacionais Tecnológicos

Os CVTs são centros de excelência voltados para a capacitação tecnológica e profissional, que visam ao aumento do conhecimento, de acordo com a vocação econômica da região. Os centros são equipados com a plataforma de ensino à distância Moodle. O Estado ocupa a primeira posição nacional e a quarta posição mundial no ranking de instituições que utilizam a plataforma. Cada CVT conta com duas Salas de Inclusão Digital equipadas com 20 computadores conectados à internet, servidor, impressora, softwares e móveis ergonômicos; Sala de Videoconferência montada com projetor de multimídia, câmera, microfones, módulo para entrada de dados e conexão de notebooks, aparelhos de conexão e codificação de vídeo, possibilitando a realização de seminários, palestras e cursos à distância;  Núcleo de Apoio ao Empreendedor – NAE; e Laboratório Vocacional destinado ao desenvolvimento e aprimoramento das vocações econômicas locais e regionais.

Os Telecentros são laboratórios de informática equipados com cinco a dez computadores conectados à internet, um servidor, impressora, softwares atualizados e móveis ergonômicos para a realização de cursos de inclusão digital.

Desde o começo da implantação da Rede CVT, em 2004, mais de 700 mil pessoas se formaram pelos cursos de ensino a distância (EAD). Somente em 2011, mais de 215 mil pessoas receberam certificados, maior número anual desde o início do projeto. Um dos fatores que favoreceu esse índice foi o lançamento de mais 27 cursos EAD pela Sectes em parceria com o Instituto Projeto Vida e Esperança (Prove).

As capacitações abrangem as áreas de Agricultura e Pecuária; Cidadania; Empreendedorismo; Informática; Meio Ambiente; e Primeiro Emprego. Dessa maneira, as salas de inclusão digital totalizam 45 cursos à distância, com controle de presença e expedição de certificados realizados pela plataforma Moodle, que é um sistema de gestão de aprendizagem a distância que permite a criação, utilização e gestão de cursos online, e é utilizado pela Sectes para ser disponibilizado gratuitamente nos CVTs e Telecentros do Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-e-intel-lancam-programa-de-inclusao-tecnologica-para-jovens/

Anúncios

Gestão Anastasia: governo de Minas e Intel assinam acordo para inclusão tecnológica de jovens

Programa busca a qualificação profissional e capacitação tecnológica de 20 mil jovens

O Governo de Minas Gerais e a Intel Brasil lançam um programa para qualificação profissional e capacitação tecnológica de 20 mil jovens de 15 a 21 anos, na rede de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e Telecentros do Estado. No dia 10 de abril, às 13h, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), Narcio Rodrigues, e o diretor de Assuntos Corporativos para América Latina, Nuno Simões, assinam acordo de cooperação técnica para a execução do Programa Intel Aprender na rede, estruturada em mais de 360 municípios mineiros. O evento será no Prédio Gerais, sala 6, às 13h, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves.

Segundo o secretário Narcio Rodrigues, a iniciativa vai ajudar jovens em comunidades com pouco ou nenhum acesso à tecnologia a desenvolverem as habilidades necessárias para o sucesso no mercado de trabalho, por meio de cursos que ampliem seus pensamentos críticos, cooperação e domínio de ferramentas de informática. Diferenciadas, as aulas abordam conteúdos que permitem aos alunos aplicar seus aprendizados na comunidade onde vivem e nos projetos desenvolvidos. Os módulos do Intel Aprender foram otimizados para o ensino a distância.

Pelo acordo, a Intel irá capacitar 90 multiplicadores ligados aos CVTs do Estado. A meta do projeto é capacitar mais de vinte mil jovens de 15 a 21 anos. “É muito importante capacitarmos esses jovens para torná-los cidadãos preparados para o sucesso em suas vidas pessoais e profissionais” disse Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para América Latina. “Nosso principal objetivo é utilizar a excelente estrutura dos CVTs para propagar cursos de qualidade aos jovens, que terão papel fundamental em ajudar suas comunidades a entrar definitivamente no mundo digital e na economia global”.

Centros Vocacionais Tecnológicos

Os CVTs são centros de excelência voltados para a capacitação tecnológica e profissional, que visam o aumento do conhecimento, de acordo com a vocação econômica da região. Os centros são equipados com a plataforma de ensino à distância Moodle. O Estado de Minas Gerais é o 4º maior usuário global da plataforma. Cada unidade conta com: duas Salas de Inclusão Digital equipadas com 20 computadores conectados à internet, servidor, impressora, softwares e móveis ergonômicos; Sala de Videoconferência montada com projetor de multimídia, câmera, microfones, módulo para entrada de dados e conexão de notebooks, aparelhos de conexão e codificação de vídeo, possibilitando a realização de seminários, palestras e cursos a distância;  Núcleo de Apoio ao Empreendedor – NAE; e Laboratório Vocacional destinado ao desenvolvimento e aprimoramento das vocações econômicas locais e regionais. O

Os Telecentros são laboratórios de informática equipados com 5 a 10 computadores conectados à internet, um servidor, impressora, softwares atualizados e móveis ergonômicos para a realização de cursos de inclusão digital.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-e-intel-assinam-acordo-para-inclusao-tecnologica-de-jovens/

Governo Anastasia: inscrições para o programa Jogos de Minas vão até 30 de março

Até o momento, 100 municípios mineiros já garantiram participação no evento

Os municípios do interior do Estado e entidades de Belo Horizonte interessados em participar do Minas Olímpica Jogos de Minas 2012 já podem realizar suas inscrições. Para as cidades do interior, o prazo se encerra em 30 de março. O procedimento deve ser feito pelo Sistema Integrado de Gestão Esportiva (Sige) pelo site www.jogosdeminas.esportes.mg.gov.br . Até o momento, 100 municípios já garantiram participação no evento.

Também estão abertas as inscrições de atletas de modalidades coletivas para a competição. Para as microrregionais A, que acontecem de 26 de abril e 1º de maio, a inscrição de atletas termina em 13 de abril. Para as microrregionais B, que serão realizadas de 5 a 10 de junho, os atletas podem ser inscritos até 31 de maio. As inscrições de equipes e atletas estão condicionadas à regularização perante as federações esportivas do Estado.

O Minas Olímpica Jogos de Minas é uma ação de política pública do Governo de Minas, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), em parceria com asSecretaria de Estado de Educação (SEE), as federações esportivas mineiras e as prefeituras municipais.

Videoconferência

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) realizará a primeira videoconferência do Programa Minas Olímpica Jogos de Minas em 27 de março nos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) de todo o Estado. O evento tem por objetivo oferecer aos representantes de municípios e entidades, atletas, técnicos e público,  informações sobre o formato dos Jogos de Minas, que substituirá o Minas Olímpico Jogos do Interior de Minas (Jimi), realizado até o ano passado. Serão abordados temas, como regulamento geral e regulamentos específicos das modalidades coletivas, inscrição de municípios e atletas e cronograma de ações. Acesse http://www.inclusaodigital.mg.gov.br e localize o CVT mais próximo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inscricoes-para-o-programa-jogos-de-minas-vao-ate-30-de-marco/

Governo de Minas: CVTs profissionalizam jovens para o mercado de trabalho no interior

As capacitações foram realizadas de acordo com a demanda de cada região

Divulgação/Sectes
Alunas do cursos de vendas e telemarketing recebem certifcados em Ituiutaba
Alunas do cursos de vendas e telemarketing recebem certifcados em Ituiutaba

O mercado de trabalho no Brasil, e especialmente em Minas Gerais, continua oferecendo oportunidades. Contudo, as exigências de profissionais qualificados são cada vez maiores. Por isso, o Governo de Minas trabalha em várias frentes para oferecer ao cidadão, a oportunidade de se qualificar. A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), por meio da Rede CVT, oferece muitas possibilidades de se preparar gratuitamente.

No mês de fevereiro, o Centro Vocacional Tecnológico de Ituiutaba (CVT) finalizou os cursos de vendas e telemarketing para 20 pessoas. As atividades, que tiveram início em novembro de 2011, são resultado da parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). “O objetivo principal das aulas foi priorizar a qualidade e o bom atendimento ao cliente”, esclareceu a coordenadora de laboratório do CVT, Gilca Silva.

Garrafas pets descartadas pela comunidade foram os ingredientes principais do curso de Puffs promovido pelo CVT de Santa Rita do Sapucaí. Após conseguir recolher um grande número de pets, a equipe da unidade organizou a primeira turma para a capacitação. Os interessados foram os alunos do Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. “O curso foi um sucesso, pois além de ensinarmos os participantes a produzirem puffs a partir de garrafas pets, mostramos a importância da reciclagem”, destacou a coordenadora do CVT, Mariney de Oliveira.  Ela ainda ressaltou que antes das aulas começarem, a unidade já havia recebido uma lista de espera com mais de 18 nomes para fazerem a próxima capacitação.

Já o CVT de Três Pontas realizou o curso de classificação e degustação de café para 10 pessoas. As aulas foram ministradas pelo coordenador da unidade e também especialista no assunto, Paulo José da Silva. Segundo Paulo, esse tipo de capacitação sempre é necessário na região, pois o município possui alta produção de café.

Durante as aulas, os alunos aprenderam a identificar os diferentes tipos de bebida, a partir da cor, aspecto e aroma, além de entenderem a importância de um bom manejo pós-colheita para a boa qualidade do café. “As aulas também mostram como a cafeicultura é importante para o crescimento econômico da cidade, e que é possível o crescimento da atividade, respeitando meio ambiente”, finalizou Paulo José.

Para saber quais os cursos que os CVTs de sua região estão oferecendo, acesse o site www.inclusaodigital.mg.gov.br/agenda

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Sectes discute parcerias em Portugal para implementar tecnologias de carros elétricos e de ensino a distância

LISBOA (23/01/12) – Os carros elétricos estão cada vez mais próximos de se tornarem realidade no mundo inteiro, além de uma importante alternativa aos veículos movidos a combustíveis fósseis, considerados poluentes demais para uma sociedade preocupada em diminuir significativamente a emissão de gases prejudiciais ao meio ambiente.

Na expectativa de que Minas Gerais esteja presente nessa revolução, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, conheceu a tecnologia difundida na Europa, especialmente em Portugal, onde 50 cidades já utilizam o carro elétrico.

O secretário testou, em Lisboa, um dos modelos produzidos a partir da tecnologia desenvolvida pela empresa Móbile. Segundo Narcio, já está sendo firmada uma parceria entre a Cemig e a Móbile para o lançamento de um projeto-piloto em Belo Horizonte.

Em Portugal, as iniciativas para implantação do veículo elétrico começaram em 1999, com a promoção de eventos para a divulgação de formas alternativas de mobilidade urbana e análises dos projetos de veículos elétricos em outros países, como Estados Unidos e Japão.

Desde então, Portugal experimenta um forte impulso na variedade de veículos elétricos disponíveis no mercado. Além do mais, o governo português tem trabalhado na concessão de diversos benefícios e incentivos para quem adquirir esse meio de transporte.

O governo estabelece uma legislação tributária favorável ao veículo elétrico como estratégia energética nacional, já que o país é extremamente dependente da importação de combustíveis fósseis. Dessa forma, o país parte para mudanças cada vez mais abrangentes no que se refere à mobilidade com sustentabilidade.

Universidade Aberta de Portugal e Governo de Minas

Ainda nesta segunda-feira (23), o secretário Narcio Rodrigues se reúne com a direção da Universidade Aberta de Portugal, considerada modelo em ensino a distância, e que poderá ser uma parceira do Governo de Minas no projeto que vem sendo coordenado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). Também haverá parceria com a Universidade Aberta do Brasil.

O grande objetivo é dotar o Estado de 100 polos de educação a distância, utilizando a estrutura dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) instalados em todas as regiões. Na visão do secretário, é preciso ampliar a qualificação profissional dos mineiros, pois algumas regiões ainda enfrentam dificuldades para ter acesso à profissionalização exigida pelo mercado e pela demanda dos novos investimentos.

Fonte: Agência Minas