• Agenda

    janeiro 2020
    S T Q Q S S D
    « out    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Governo de Minas: Secopa participa de reuniões temáticas sobre transparência e cultura em Brasília

Representantes da Secopa participaram da 5ª Reunião da Câmara Temática de Transparência e também da apresentação do plano executivo do Ministério da Cultura

A Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) participou da 5ª Reunião da Câmara Temática de Transparência e também da apresentação do plano executivo do Ministério da Cultura, durante reunião da Câmara Temática de Cultura, ambas realizadas nessa terça-feira (27), em Brasília.

O encontro da Câmara de Transparência foi realizado para apresentação dos gastos com estádios em construção das 12 cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. O modelo de gestão compartilhada do novo Mineirão foi detalhado aos participantes da reunião, que incluiu representantes da Controladoria Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União, Advocacia Geral da União, Ministério do Esporte, Senado e da sociedade civil representada pelo Instituto Ethos.

Para a assessora jurídica da Secopa presente na reunião, Lívia Magaldi, a iniciativa reforçou a necessidade de atualização de dados orçamentários da Copa de 2014 junto aos principais portais de acompanhamento de gastos para a Copa do Mundo. “É necessário alimentar esses canais para que a sociedade possa acompanhar a destinação dos recursos públicos nas ações relacionadas à Copa. Além disso, com a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação em 16 de maio, esse compromisso será ainda mais premente entre estados e municípios”, adiantou.

Cerca de 40 pessoas participaram da reunião que teve como destaque a palestra sobre a importância da integração de dados entre os portais de transparência da CGU e do Senado. A instrução é para que o portal da CGU reúna as informações acerca de recursos federais e o do Senado o conteúdo dos gastos estaduais e municipais. “A uniformização dos portais facilitará o trabalho dos gestores e trará maior clareza à sociedade civil sobre os recursos investidos na organização da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014”, explica Lívia Magaldi.

PPP do Mineirão

Com o modelo de gestão compartilhada de Minas, o Governo não investe recurso público diretamente na obra. O parceiro privado usa recursos próprios para a execução da obra e assume a operação do estádio pelo período de 25 anos. O Governo do Estado fará o controle e monitoramento dessas ações, utilizando indicadores de desempenho e sanções pecuniárias definidos em contrato. Quanto melhor o rendimento do negócio, menor será a contrapartida do Estado, que poderá até mesmo lucrar com a concessão do estádio. Além de Minas Gerais, mais quatro estados desenvolvem parcerias público-privadas para as obras em estádios: Rio Grande do Norte, Bahia, Pernambuco e Ceará.

Cultura

O Ministério da Cultura (Minc) apresentou o programa ‘Cultura na Copa’ durante a reunião da Câmara Temática de Cultura, Educação e Ação Social. Formado a partir de ações construídas de acordo com as Diretrizes do Minc, o plano tem como objetivo qualificar todo o setor cultural para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Além da Secopa, participaram também a Secretaria de Estado da Cultura, o Comitê Municipal Organizador da Copa e a Fundação de Cultura.

A assessora do Núcleo de Centros de Treinamento de Seleção da Secopa, Fernanda Fonseca, destacou a criação da Arena Cultural, que são espaços coletivos de convivência propostos para o Mundial. “Esta é uma boa estratégia para a promoção da cultura brasileira, cujos 12 estados envolvidos poderão expor sua música, gastronomia, arte, artesanato e dança. Para Minas, é uma grande oportunidade de divulgação de seus produtos para os turistas nacionais e internacionais”, relata.

Mineirão

O consórcio responsável pelas obras e posterior operação do estádio é a Minas Arena, formado pelas construtoras Egesa, Hap e Construcap. A modernização do Mineirão foi dividida em três etapas: as duas primeiras receberam recursos do Estado de R$ 11,7 milhões. A terceira e atual, com previsão de conclusão para 21 de dezembro de 2012, tem orçamento de R$ 654 milhões do parceiro privado.

Atualmente, 50% das obras estão concluídas. O novo Mineirão terá 64 mil assentos; restaurante com vista para o campo, 80 camarotes com 1.500 lugares, área VIP com cerca de 3.500 assentos a poucos metros do campo e com lounges. O estacionamento terá 2.521 vagas para carros, sendo 1.534 vagas cobertas e 987 descobertas. A área de imprensa poderá receber cerca de 3.000 jornalistas e conta com estúdios, sala de conferência e espaço para entrevistas.

A área destinada ao comércio terá 7.064 m2, abrangendo tanto o interior como a esplanada externa. Já a cobertura receberá placas fotovoltaicas capazes de captar energia solar e transformá-la em energia elétrica que será lançada na rede de distribuição da Cemig. A quantidade de energia gerada será suficiente para atender cerca de 1.200 residências de médio porte.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secopa-participa-de-reunioes-tematicas-sobre-transparencia-e-cultura-em-brasilia/

Governo de Minas: BDMG disponibiliza linhas de crédito para mercado voltado para Copa

Objetivo é que empresas possam fomentar seus negócios visando à Copa das Confederações 2013 e à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014

Renato Cobucci/Imprensa MG
Durante o evento, secretário Sergio Barroso falou sobre planejamento e negócios para a Copa
Durante o evento, secretário Sergio Barroso falou sobre planejamento e negócios para a Copa

Empresas mineiras dos setores de turismo e entretenimento se reuniram, nesta terça-feira, em Belo Horizonte, no workshop sobre linhas de crédito do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O encontro foi organizado para que essas empresas possam fomentar seus negócios visando à Copa das Confederações 2013 e à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014.

Cerca de 60 pessoasestiveram presentes, em sua maioria representantes de micro e pequenas empresas, como bares, restaurantes, agências de viagem, hotéis, pousadas etc. Para esse segmento, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, por exemplo, o banco disponibiliza financiamentos com taxas fixas de 0,96% ao mês (sem indexador variável), e prazos de até 36 meses para pagamento.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, falou sobre Planejamento e Negócios para a Copa. De acordo com ele, essa é uma oportunidade de gerar negócios e empregos a partir da grande movimentação de turistas durante o Mundial. “Essas linhas de crédito têm abrangência diferenciada, pois o BDMG permite aos empresários financiarem obras, reformas e mobiliário, mas também capacitação de mão de obra, um dos grandes legados que o maior evento esportivo do mundo pode nos deixar”, afirma.

Em seguida, a gerente de divisão do Departamento de Médias Empresas do BDMG, Maria Cecília Falabella Farah, apresentou as linhas de crédito do banco voltadas às necessidades  das empresas de turismo. Ao final, uma equipe de funcionários do Departamento de Micro e Pequenas Empresas atendeu, individualmente, os empresários interessados no financiamento. Um deles, Armando da Cunha, de Uberlândia, prevê a construção do Executive Inn Hotel, em maio deste ano, com previsão de conclusão para o início de 2014. “Nossa cidade é candidata a Centro de Treinamento de Seleção e estamos investindo para atender às demandas da Copa”, informa Armando.

“O banco está preparado para atender a todo o trade turístico, com oportunidades para todos os segmentos. Todas as demandas relacionadas a capital de giro e investimentos serão avaliadas”, informa o diretor da área de negócios com setor privado do BDMG, Fernando Lage de Melo, que  fez a abertura do workshop.

Turistas

Segundo estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas, sob encomenda do Ministério do Turismo, a previsão é de que 600 mil turistas estrangeiros virão ao Brasil no período da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. Eles realizarão quase 2 milhões de viagens pelas 12 cidades-sede. O número esperado de turistas brasileiros é de 3 milhões, que farão 6 milhões de viagens pelas cidades-sede do Mundial. A perspectiva é de que o número de turistas estrangeiros chegue a 2,98 milhões nos próximos três anos, o equivalente a um aumento de 79%.

Em Belo Horizonte, a expectativa é receber aproximadamente 197 mil visitas de turistas estrangeiros durante o Mundial, ainda de acordo com a Fundação Getúlio Vargas. Esse número sobe para 430 mil, quando o estudo analisa as visitas de brasileiros à capital de Minas Gerais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/bdmg-disponibiliza-linhas-de-credito-para-mercado-voltado-para-copa/

Governo de Minas: mulheres do Mineirão embelezam arena da Copa do Mundo

Funcionárias das obras do estádio participaram de homenagem ao Dia Internacional da Mulher
Sylvio Coutinho
Ana Cláudia Fernandes Silva ganhou novo visual
Ana Cláudia Fernandes Silva ganhou novo visual

As mulheres que trabalham nas obras do Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, voltaram para a casa mais belas depois de participarem da homenagem oferecida pelo Governo de Minas, Minas Arena e Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, nesta quinta-feira (8), no canteiro de obras do estádio.

Cerca de 60 trabalhadoras receberam massagem, fizeram corte e escova no cabelo, além de massagem nas mãos em tendas e no caminhão Senac Móvel de Imagem Pessoal horas antes do final do expediente. O veículo é equipado com lavadores de cabelo e SPA das mãos. “Todo dia é dia da mulher. Hoje é apenas uma data para homenagear todas elas, que gostam de se valorizar, que ora estão em ambiente de trabalho, ora estão cuidando dos filhos, ora desfrutando da vida, enfim, o universo feminino é encantador por seu ecletismo de valores e exemplos”, disse o secretário Sergio Barroso, da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa), durante cerimônia. Na ocasião, também esteve presente a secretária-adjunta de Turismo, Silvana Nascimento. “Se eu pudesse, ficava o dia inteiro aqui. Iniciativas como essa servem para lembrar essas características da mulher de hoje, de cuidado com o corpo e a beleza, além de ser um paralelo com seu papel cada vez mais predominante no mercado de trabalho”, frisou.

As funcionárias do departamento pessoal da Minas Arena, Ana Cláudia Fernandes Silva e Francine Brito Silva, adoraram a iniciativa. “Vou fazer de tudo: lavar, cortar, escovar e maquiagem. Excelente iniciativa. Se tiver que sair daqui, estou prontíssima”, avisa Ana Cláudia.

Capacitação

Por meio do Sesc Minas, o Sistema Fecomércio Minas realiza um trabalho de mobilização e sensibilização da sociedade para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. O Programa Senac Gratuidade, por exemplo, vai oferecer 37 mil vagas em cursos gratuitos para pessoas com renda familiar de até dois salários mínimos em todo Estado, incluindo cidades próximas a Centros de Treinamentos de Seleção, àquelas indutoras de turismo ou perto de regiões metropolitanas. Inscrições e informações no site http://www.mg.senac.br.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Mineirão homenageia operárias no Dia Internacional da Mulher

Parte do canteiro de obras se transforma em salão de beleza

Batom, rímel e lápis de olho em vez de pregos, martelos e trena. No Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (8), o canteiro de obras do Mineirão vai se transformar em um verdadeiro salão de beleza. O horário de trabalho de cerca de 60 mulheres será mais curto, pois das 16h às 18h elas cuidarão da estética e terão acesso a serviços de beleza e relaxamento.

Tendas serão instaladas na área externa do estádio, onde está sendo construída a esplanada. Durante a ação, cerca de 30 profissionais do Sesc Minas e empresas parceiras oferecerão serviços de corte, escova de cabelo, maquiagem e massagem corporal. Do Senac Minas, 12 alunos farão o atendimento de spa das mãos na carreta Senac Móvel de Imagem Pessoal.

“Essa é uma homenagem às nossas operárias, que têm papel fundamental na construção do Mineirão, um dos canteiros com maior número de mulheres nas obras da Copa do Mundo”, declara  o secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso. Para ele, as mulheres são detalhistas, caprichosas, organizadas e responsáveis.

O diretor-presidente da Minas Arena, Ricardo Barra, responsável pelas obras de modernização do Mineirão, reitera a informação. “As mulheres ocupam papel importantíssimo na obra, que vão desde o serviço de apontamento, até supervisão de tarefas. Os resultados do serviço das nossas operárias é considerado de excelente qualidade”, explica Barra.

Essa ação, que é uma parceria entre Governo de Minas, Minas Arena, Sesc-MG, Senac-MG, Sindicatos e Fecomércio-MG, acontece pela primeira vez e tem como objetivo proporcionar às trabalhadoras do Mineirão um dia especial e essencialmente feminino. “Esta ação é a nossa maneira de homenagear todas as mulheres, aqui representadas por essas guerreiras que trabalham na construção civil e participam ativamente da preparação do nosso estado para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, Lázaro Luiz Gonzaga.

Serviço:

Evento: Dia da Mulher no Mineirão

Data: 8 de março, quinta-feira

Local: Estacionamento do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) – Avenida Antônio Abrahão Caram, 1001 – São Luís – Belo Horizonte – MG