• Agenda

    fevereiro 2020
    S T Q Q S S D
    « out    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    242526272829  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Aécio Neves participa da Feira da Abav no Rio de Janeiro e defende interiorização do turismo

Aécio Neves na abertura do congresso da Abav defende política de ampliação da atividade turísiticaO governador de Minas Gerais, Aécio Neves, participou, nesta quarta-feira (21), no Rio de Janeiro, da abertura da 37ª Abav – Feira das Américas, o maior evento de turismo da América Latina. Durante a solenidade, em que Minas teve lugar de destaque por ser o Estado patrono da feira, o governador defendeu uma política de interiorização do turismo com ações que impulsionem os turistas brasileiros e estrangeiros a conhecerem as atrações do Brasil, além do litoral.

“Temos um fluxo ainda muito pouco expressivo de turistas estrangeiros no Brasil e precisamos fazer com que o Brasil não seja apenas o litoral. O litoral é fundamental e será sempre a nossa porta de entrada, mas é preciso que façamos um esforço para interiorizar o turismo. Este evento é importante para que os brasileiros conheçam um pouco melhor o Brasil. E para que possamos juntos fazer uma articulação complementar, onde os turistas que venham para o litoral possam também conhecer as riquezas culturais, gastronômicas, o ecoturismo. Não apenas em Minas, mas em regiões do interior do Brasil”, afirmou o governador em entrevista após o evento.

Aécio Neves ressaltou que estados como Minas Gerais dispõem de vários atrativos que reforçam a oferta de roteiros para o trade turístico. Segundo ele, é preciso melhorar a infraestrutura desses estados e estimular a articulação entre poder público e os promotores do turismo no país.

“Este evento é importante para que os brasileiros conheçam um pouco melhor o Brasil. E para que possamos juntos fazer uma articulação complementar onde os turistas que venham para o litoral possam também conhecer as riquezas culturais, gastronômicas, o ecoturismo. Não apenas em Minas, mas em regiões do interior do Brasil. Trabalhando junto com os agentes de turismo, com a hotelaria, e construindo a infraestrutura no nosso interior, como estamos fazendo em Minas. Temos vários segmentos que possam ser complementar ao turismo litorâneo. Estou muito feliz de Minas Gerais estar chamando a atenção dos operadores de turismo para as riquezas do interior do nosso país”, afirmou o governador.

Homenagem

Durante a abertura da ABAV 2009, em que Minas é o estado anfitrião, Aécio Neves assistiu a um vídeo produzido pelo videoartista Eder Santos, em que os mineiros prestam uma homenagem a todos os estados brasileiros. Ao lado dos governadores de Rio de Janeiro, Sergio Cabral Filho, do Amazonas, Eduardo Braga, além dos ministros do Turismo, Luiz Barretto, e da Casa Civil, Dilma Roussef, Aécio Neves assistiu também à apresentação de músicos mineiros que interpretaram canções do Clube da Esquina. Nesse momento, o auditório do Riocentro foi invadido por jovens empunhando objetos voadores coloridos emocionando a todos os convidados. O hino nacional foi interpretado pelo músico mineiro Marcus Viana.

Em seu pronunciamento, o governador destacou as ações do Governo de Minas para adequar o Estado para receber mais turistas como a melhoria das estradas, o aumento no atendimento à população com saneamento básico, além de um abrangente sistema de telefonia. De 2003 a 2008, o Governo de Minas investiu R$ 80 milhões para intensificar o desenvolvimento do turismo no Estado por meio da Secretaria de Estado de Turismo.

“Esses investimentos que fizemos em Minas ao longo dos últimos anos sete anos – estamos ligando todas as nossas cidades por asfalto, levando saneamento e água tratada a todos os nosso circuitos turísticos como a Estrada Real, como o Sul de Minas, o próprio Vale do Jequitinhonha – já nos coloca hoje na posição de segundo maior destino interno do Brasil. Cerca de 10,5% do turismo interno no Brasil tem tido como seu destino, Minas Gerais. Acredito que podemos avançar ainda muito mais. É fundamental que nos profissionalizemos mais, que enfrentemos conjuntamente com o governo federal uma questão dramática hoje no Brasil que é o estrangulamento dos nossos aeroportos”, afirmou o governador.

Atrações

Estado patrono, Minas tem lugar de destaque na 37ª ABAV que acontece até a sexta-feira (23). Em dois pavilhões do Riocentro, o Estado mostra para cerca de 30 mil agentes de viagens com o seu potencial turístico com as suas riquezas naturais, históricas e culturais, além dos fortes atrativos para o chamado turismo de negócios e de aventura.

Para apresentar Minas Gerais como destino de destaque no mercado turístico brasileiro, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, em parceria com o Sebrae-MG e a Belotur, preparou uma série de atrações para os três dias de feira, desde a abertura oficial do evento até o encerramento.

Durante a Feira das Américas, 15 empresas mineiras e 22 associações e entidades do turismo mineiro estarão presentes na área de comercialização do estande de Minas. Ao todo, cerca de mil empresas mineiras estarão representadas por suas entidades.

Logo na entrada do Riocentro, no pavilhão 2, a exposição Viver Minas com sete salas temáticas, apresenta o Estado por meio de um de seus principais ícones: as montanhas. Ao entrar no espaço mineiro, o visitante passa por imagens projetadas que representam as serras mineiras, como se o mesmo estivesse fazendo uma imersão pela cultura e pelas riquezas do Estado. Também têm destaque os principais atrativos turísticos de Minas, passando pelas salas: Belo Horizonte, Gemas e Jóias, Negócios, Natureza, Cultura, Artesanato, e também a sala Estrada Real, que abriga as Cidades Históricas e o Barroco Mineiro.

Mostra de Artesanato

O artesanato mineiro também tem destaque no Pavilhão 3. Um estande de 300 metros quadrados mostra do que há de mais expressivo e autêntico no Estado. Todas as regiões de Minas Gerais estarão representadas por meio de peças que retratam o modo de fazer mineiro. Peças como as Bonecas do Vale do Jequitinhonha, cerâmicas de Saramenha, criações em Pedra Sabão e as flores de Santa Rita de Cataguases, entre outras, estarão em exibição. Artigos da culinária mineira, também desenvolvidas de forma artesanal, como a cachaça e a goiabada, também serão expostas e comercializadas.