• Agenda

    setembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • Anúncios

Gestão Anastasia: autoridades e lideranças do agronegócio mineiro reunidas no lançamento da Superagro Minas 2012

Expectativa de bons negócios na oitava edição de exposição é alta devido ao recorde do PIB agrícola mineiro

O vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, o secretário de Estado de Agricultura, Elmiro Nascimento, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, junto com outras autoridades e lideranças das instituições que representam o agronegócio mineiro, estarão reunidos, em Belo Horizonte, para o lançamento da maior feira do agronegócio no Estado, a Superagro 2012.

O evento de lançamento será nesta quinta-feira (19), às 10h, no auditório da Faemg, em Belo Horizonte. Os promotores da feira estão otimistas para a edição 2012, após o recorde alcançado pelo Produto Interno Bruto (PIB) agrícola mineiro em 2011, de R$ 118 bilhões, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da USP, aliado à tendência de crescimento do agronegócio mineiro, já registrada neste início de ano.

A oitava edição da Superagro será realizada entre os dias 03 e 10 de junho, no complexo Parque de Exposições da Gameleira, o Expominas. Compõem a feira, entre outros, a 52ª Exposição Estadual Agropecuária, a 20ª Expocachaça, a 3ª Expovet e a Vila da Agricultura Familiar.

Novidades

Entre as novidades desta edição, a Superagro terá a cozinha experimental do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac Minas), com o preparo de pratos especiais utilizando como ingredientes principais os produtos da agricultura familiar, além do Festival de Caipirinhas e Caipifrutas, na Expocachaça, com vários estandes e bartenders fazendo as bebidas. O público poderá comprar as bebidas e votar para eleger a melhor caipirinha e o melhor bartender.

A Superagro é uma iniciativa do Governo de Minas, por intermédio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), da Faemg e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG).

Mais informações no site: www.superagro2012.com.br

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/autoridades-e-liderancas-do-agronegocio-mineiro-reunidas-no-lancamento-da-superagro-minas-2012/

Anúncios

Gestão Anastasia: crescimento do valor da produção agrícola de Minas supera a média nacional

Valor Bruto da Produção Agrícola do Estado deve crescer 10,4% em 2012

O Valor Bruto da Produção (VBP) Agrícola de Minas Gerais, que é a soma dos valores das 20 principais culturas do Estado, dever alcançar neste ano R$ 24,5 bilhões, cifra 10,4% superior à registrada em 2011. Os dados, referentes a um estudo realizado em março pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foram analisados pela Superintendência de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). Já para o Brasil, a previsão de crescimento do VBP é de 2,5%.

Para o café, principal produto da agricultura estadual, o VBP calculado é de R$ 11,3 bilhões, cifra 0,5% superior à do ano passado. De acordo com o superintendente da Seapa, João Ricardo Albanez, “a pequena evolução do valor do produto se deve aos reflexos da crise no comércio internacional, mesmo havendo expectativa de produção recorde”.

O produto agrícola mineiro em segundo lugar quanto ao valor é a cana-de-açúcar, que registra R$ 4,3 bilhões, aumento de 16,9% na comparação com 2011. Além do aquecimento do mercado interno, os produtos da cana-de-açúcar têm alcançado bons resultados no mercado externo. No caso do etanol, Minas Gerais registrou em março exportações de  US$ 5,2 milhões, cifra 479% superior à obtida em fevereiro. Com o açúcar, o Estado teve, no terceiro mês deste ano, vendas de US$ 9,2 milhões, um valor 95,6% maior que o registrado no período anterior. Albanez observa que o café e a cana-de-açúcar contribuem com 63,5% do VBP agrícola mineiro.

Em terceiro lugar na relação dos produtos agrícolas mineiros mais valorizados está o milho, com o VBP estimado de R$ 3,2 bilhões, cifra 12,5% superior à do ano passado. Esse produto, segundo Albanez, beneficia-se sobretudo do expressivo aumento da produção do grão, para dar suporte principalmente ao crescimento da produção de aves, suínos e bovinos.

A batata também mostra bons resultados, com um VBP estimado de R$ 947,2 milhões, equivalentes a um crescimento de 30% em relação ao valor obtido no ano passado. Para o algodão em caroço, que tem uma previsão de R$ 224,6 milhões, o crescimento é de 22,8%.

De acordo com o estudo, a soja em grão é um dos produtos da agricultura mineira com previsão negativa (-1,5%), pois o valor calculado é de R$ 2,1 bilhões. Outro produto citado é o feijão, que tem VBP estimado em R$ 1 bilhão, cifra 0,6% inferior à apresentada em 2011.

Números do Brasil

O Ministério da Agricultura informa que o VBP da agricultura brasileira em 2012, com base nos estudos de março, é de R$ 218,6 bilhões. Os produtos que lideram o aumento do valor são algodão (27,2%), batata inglesa (156,7%), cana-de-açúcar (20%) e milho (14,5%). Os bons resultados são devidos aos preços favoráveis e aos melhores níveis de produção.

Valores da agricultura mineira

VBP: R$ 24,5 bi (+10,4%)

Café: R$ 11,3 bi (+0,5%)

Cana-de-açúcar: R$ 4,3 bi (+16,9%)

Milho: R$ 3,2 bi (+12,5%)

Batata: R$ 947,2 milhões (+ 30,0%)

Algodão: R$ 224,6 milhões (+ 22,8%)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/crescimento-do-valor-da-producao-agricola-de-minas-supera-a-media-nacional/

Gestão Anastasia: presidente da Feam é aprovado na Assembleia Legislativa de Minas

Fim dos lixões é um dos maiores desafios da nova gestão

A indicação de Ilmar Bastos Santos para a presidência da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam) recebeu parecer favorável da comissão especial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nessa terça-feira (11). Segundo a recomendação lida pela deputada Luiza Ferreira, Ilmar Bastos possui formação profissional adequada para a função e ampla experiência em cargos de direção.

Ilmar Bastos apresentou aos deputados as novas atribuições do órgão, responsável pela inovação da gestão ambiental em cinco áreas: ar, solo, resíduos sólidos, energia e mudanças climáticas. “A Feam agora é uma agência ambiental de segunda geração, não sendo mais responsável pela regularização ambiental de empreendimentos econômicos do Estado. As atividades de fiscalização agora são responsabilidade da Subsecretaria de Controle e Fiscalização Ambiental (Sucfis) também ligada à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). O papel da Feam agora é auxiliar esse trabalho”, disse Ilmar.

Na avaliação de Ilmar Bastos, um dos maiores desafios da agenda ambiental da Feam é a erradicação dos lixões. De acordo com ele a Política Nacional de Resíduos Sólidos determina esse tipo de disposição inadequada até 2014. Atualmente ainda existem 300 municípios que dispõem seus resíduos em lixões. “Para melhorar esse quadro, a Feam estimula a formação de consórcios intermunicipais e orienta as prefeituras quanto às formas de obter recursos federais para a implantação de aterros sanitários, forma adequada de disposição de resíduos sólidos urbanos. Graças ao trabalho realizado desde 2003, onde apenas 19% da população urbana contavam com disposição adequada de resíduos, hoje já temos um percentual superior a 50% da população atendida adequadamente”, afirmou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/presidente-da-feam-e-aprovado-na-assembleia-legislativa-de-minas/

Gestão Antonio Anastasia: exportações do agronegócio mineiro cresceram 4,8% em março

Produtos do grupo carnes tiveram destaque no aumento de receita

Divulgação/Seapa
Entre os produtos do agronegócio exportados por Minas tiveram destaque, em receita, os componentes do grupo carnes
Entre os produtos do agronegócio exportados por Minas tiveram destaque, em receita, os componentes do grupo carnes

As exportações do agronegócio mineiro, em março último, movimentaram US$ 537,7 milhões, valor 4,8% superior ao registrado em fevereiro, informa a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com base em dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O volume embarcado por Minas, no período, foi da ordem de 261,4 mil toneladas, equivalente a um aumento de 7,2% na comparação com o mês anterior.

De acordo com o superintendente de Política e Economia Agrícola da Seapa, João Ricardo Albanez, Minas respondeu por 10,7% da receita obtida com as vendas totais do agronegócio brasileiro. “O faturamento do agronegócio mineiro representou 19,1% da receita total das exportações do Estado”, acrescenta.

Entre os produtos do agronegócio exportados por Minas tiveram destaque, em receita, os componentes do grupo carnes. Os negócios com a carne suína no mercado externo alcançaram US$ 13,3 milhões, uma progressão de 141,16% em relação a fevereiro.

A carne bovina alcançou vendas de US$ 29,9 milhões, cifra 55,45% maior que a do mês anterior. Já o frango, ao movimentar cerca de US$ 27,5 milhões, apresentou evolução de 38,5%.

Evolução percentual

O índice de crescimento mais expressivo nas exportações do agronegócio estadual foi alcançado pelo farelo de soja, um salto de 3 mil por cento, com a receita de 11,1 milhões. Também para o álcool as negociações foram favoráveis no terceiro mês, alcançando crescimento de 479,0%, pois a receita foi de US$ 5,2 milhões.

Albanez ainda explica que a comercialização de açúcar, em março, cresceu 95,6% sobre o mês anterior, sendo a receita de US$ 9,2 milhões. Segundo o coordenador, a reação do mercado internacional, ao comprar mais, pode ser atribuída à previsão de queda da produção de açúcar no Brasil. A perspectiva é de menos cana-de-açúcar por causa de efeitos climáticos (estiagem de novembro e dezembro de 2011, além do baixo volume de chuvas em janeiro/fevereiro deste ano. Há também o envelhecimento dos canaviais após um período de baixos investimentos nas lavouras nos anos 2008/2010.

“A estimativa de queda de produção no Brasil repercutiu no exterior, porque o país é o principal produtor de açúcar (21,2% do total) e o primeiro exportador, respondendo por 42% do abastecimento mundial”, acrescenta.

Além do açúcar, o café solúvel de Minas teve expressivo crescimento de receita (19,2%), com a movimentação de US$ 1,7 milhão no mercado mundial.

Vendas externas do agronegócio/MG – março 2012

Receita: US$  537,7 mi ( +4,8%)

19,1% exportações totais do Estado

10,7% exportações do agronegócio brasileiro

Embarques: 261,4 mil t (+7,2%)

Principais produtos:

Carne suína: US$ 13,3 milhões (+141,16%)

Carne bovina: US$  29,9 milhões (+ 55,45%)

Açúcar: US$ 9,2 milhões (+ 95,6%)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/exportacoes-do-agronegocio-mineiro-cresceram-48-em-marco/

Gestão da Saúde: inscrições para Congresso Brasileiro de Saúde Bucal estão abertas

Serão disponibilizadas mil vagas e as inscrições são gratuitas

As inscrições para o XXI Encontro Nacional dos Administradores e Técnicos do Serviço Público Odontológico (Enatespo) e XII Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva, promovido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) estão abertas até o dia 15 de abril. O evento vai acontecer entre os dias 28 a 30 de maio, em Belo Horizonte.

Neste ano o tema será “Redes de Atenção à Saúde: avanços e desafios em saúde bucal”, e as inscrições para submissão de trabalhos nas duas modalidades – pesquisas científicas e relato de experiências – ambas voltadas para o processo de trabalho em saúde bucal no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), podem ser feitas no endereço http://enatespo.saude.mg.gov.br/trab_cientificos.php, até o próximo domingo (15). Serão disponibilizadas mil vagas e as inscrições são gratuitas.

O Enatespo é destinado a todos os profissionais de saúde bucal e de outras áreas da saúde e é aberto a participantes de todas as regiões do Brasil. Os trabalhos inscritos serão analisados pela comissão científica do evento e, se aprovados, serão apresentados sob forma de pôster no dia do evento. Os melhores artigos serão publicados posteriormente como um resumo ampliado ou trabalho completo, de acordo com a opção do autor, em periódico científico.

Enatespo

O encontro ocorre com frequência bianual desde 1984, congregando gestores, profissionais e usuários dos serviços de saúde bucal de todo o país em torno da discussão sobre a Política Nacional de Saúde Bucal, como parte de seu processo permanente de construção. Configura-se em um espaço democrático de compartilhamento de experiências, diagnósticos, avaliação e proposição de soluções para as três esferas de governo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inscricoes-para-congresso-brasileiro-de-saude-bucal-estao-abertas/

Gestão da Educação: escola estadual lança projeto de leitura em Belo Horizonte

Projeto ‘O Grande Espetáculo da Leitura’ promete contagiar os mais de 540 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental

Divulgação/SEE
A primeira ação do projeto foi uma apresentação teatral dos alunos com alusão ao mundo circense
A primeira ação do projeto foi uma apresentação teatral dos alunos com alusão ao mundo circense

A Escola Estadual Duque de Caxias, em Belo Horizonte, lançou o projeto ‘O Grande Espetáculo da Leitura’, que promete contagiar os mais de 540 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental com uma programação de atividades para todo o ano de 2012.

A primeira ação do projeto foi uma apresentação teatral. Em uma alusão ao mundo circense, a peça foi conduzida por um mágico que mostrou ao público a magia do universo da literatura. Ele fez questão de explicar que, diferente das outras mágicas, essa não tem truques. “Basta a gente escolher um livro que gosta e ler. A leitura é muito importante, ela é um tesouro. Traz informação e desperta a curiosidade”, comenta o mágico da peça, o estudante do 5º ano do ensino fundamental, Macalester Gomes da Silva, de 9 anos.

Os ensaios da peça ficaram a cargo da professora da biblioteca, Maria Augusta de Melo Campos. Na apresentação, ela procurou destacar para os alunos os novos títulos de livros literários que vão nortear os trabalhos na escola. “Abordamos os cinco livros literários que eles vão trabalhar no primeiro semestre. Todos os anos, nós adquirimos mais títulos literários. O universo da fantasia estimula o interesse dos alunos e é isso que desejamos passar com a temática do circo”, pontua.

Isamara Lorrane de Souza Jangola, de 10 anos, foi a bailarina na peça. Para a estudante do 5º ano do ensino fundamental, o teatro deixou os alunos mais interessados com a leitura. “Acho que os meus colegas vão querer ler mais com esse teatro. Eu já gosto muito de ler, mas prefiro as revistas em quadrinhos da ‘Turma da Mônica’”, conta.

Para todo o ano de 2012, o projeto prepara ações periódicas. “A cada dia, na entrada dos turnos, um aluno fará a leitura de um pequeno texto sobre a formação da cidadania. A cada semana, os nossos estudantes vão legar livros literários para a casa e depois fazer a contação de histórias para os colegas em sala. Trabalhos específicos com atividades de leitura, serão realizados a cada bimestre”, exemplifica a diretora da escola, Maria Eliza Mendes Resende.

Ações diferenciadas também foram pensadas para cada ano de ensino. Os alunos do primeiro ano levarão para a casa os mascotes chamados Joãozinho e Maria e apresentarão na escola os relatos da família sobre a experiência de convívio com os bonecos. Para os estudantes do 2º ano, a novidade está nos embornais, espécie de sacola utilizada para o transporte de livros. No terceiro ano o transporte será em uma pasta confeccionada especialmente para o projeto. Os alunos do quarto ano farão a contação de histórias com o uso de um avental personalizado com temas do universo infantil. Os maiores, do quinto ano, terão um portfólio para o registro das poesias e livros lidos.

Todas essas atividades de estímulo à leitura ocorrem de forma interdisciplinar na escola. “Nós utilizamos o livro de acordo com a matéria que estamos dando no momento. Por exemplo, quando eu trabalhei a moradia, o espaço e a convivência com os alunos, nós lemos o livro ‘O feitiço da vila’, de Cláudio Martins. A obra conta a história de um personagem que morava no interior e veio para cidade, onde acabou conhecendo vários lugares desse novo ambiente”, exemplifica a professora do 2º ano do ensino fundamental, Marise de Oliveira Rodrigues Santos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/escola-estadual-lanca-projeto-de-leitura-em-belo-horizonte/

Gestão Antonio Anastasia: Palavra do Governador destaca ações do Governo que preparam Minas para receber turistas de todo o mundo na Copa

Antonio Anastasia fala sobre as obras na Região Metropolitana e de incentivos às atrações turísticas nas cidades do interior.

links relacionados

No Palavra do Governador desta semana, Antonio Anastasia destaca a preparação do Estado para receber dois grandes eventos esportivos: a Copa das Confederações no ano que vem e a Copa de 2014. A menos de 800 dias para a Copa do Mundo, o Governo de Minas cumpre, rigorosamente em dia, o cronograma das obras do Mineirão, de mobilidade urbana, do setor hoteleiro e da reforma do aeroporto de Confins.

“Nós estamos tendo praticamente o dobro do número de leitos na rede hoteleira, mas muito mais importante é a melhoria da infraestrutura urbana. Estamos trabalhando para mostrar Minas não só para os brasileiros, mas especialmente para todos os cidadãos do mundo que irão nos visitar”, destaca Anastasia.

O governador lembra também que, em 2013, a jornada universitária católica reunirá jovens de todo o mundo em Belo Horizonte. E destaca as atrações  turísticas do Estado. “Nós temos não só as nossas cidades históricas, como temos também as belezas das instâncias hidrominerais, o circuito das grutas, o ecoturismo, as riquezas gastronômicas, tudo aquilo que se refere à cultura de Minas Gerais, que será demonstrado de modo muito belo para os participantes destes eventos internacionais”.

Antonio Anastasia fala ainda sobre o ICMS turístico, um recurso do Governo de Minas que pode ser investido em ações, programas e projetos voltados para o desenvolvimento turístico dos municípios. Este ano, 63 cidades vão receber esses recursos.

“Como exemplo, poderia citar o município de São Tiago, a famosa capital do biscoito, onde nós estamos construindo na sua praça principal um forno que é a atração do grande festival que ocorre no mês de setembro, onde acorrem turistas de todo o Brasil para provar as suas delícias”, ele conclui.

O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veículo de imprensa, sem ônus e de forma espontânea. O programa é disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades texto (para jornais impressos e online), áudio (para rádio e pudicas/web) e vídeo (em qualidade HD).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/palavra-do-governador-destaca-acoes-do-governo-que-preparam-minas-para-receber-turistas-de-todo-o-mundo-na-copa/