• Agenda

    setembro 2014
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  
  • Categorias

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Aécio diz Marina quando era do PT foi omissa em relação ao mensalão

“Eu estava lá denunciando o mensalão” – disse Aécio, afirmando que apoiou o plano Real e a lei de Responsabilidade Fiscal.

Aécio comentou que Marina e Dilma nos brindaram com um obsequioso silêncio no momento em que as mais graves denúncias surgiram sobre malfeitos do governo do PT.

Fonte: O Globo 

Aécio associa Marina ao PT e diz que candidata vem do mesmo ‘núcleo que governa o Brasil’

Em Minas, tucano tenta desgastar ex-senadora e Dilma com mensalão

Em queda nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do PSDB à PresidênciaAécio Neves, adotou a estratégia de associar a candidata Marina Silva (PSB) ao PT, partido do governo. Em discurso a políticos de Minas, ele acusou Marina e Dilma de fazer um “silêncio obsequioso” diante das denúncias do mensalãoAécio, que já chegou a dizer queMarina copiava seu programa de governo, afirma agora que tanto a candidata como a presidente Dilma Rousseff, que concorre à reeleição, estão no mesmo campo e que a candidatura tucana representa a “travessia segura”.

– Eu estava lá denunciando o mensalão – disse Aécio, afirmando que apoiou o plano Real e a lei de Responsabilidade Fiscal: – As nossas adversárias não estavam desse lado. Estavam contra o Plano Real, contra a Lei de Responsabilidade Fiscal e nos brindaram com um obsequioso silêncio no momento em que as mais graves denúncias surgiram sobre malfeitos do governo federal.

O candidato falou sobre o escândalo para uma plateia de tucanos mineiros, estado onde ainda corre nos tribunais o julgamento do mensalão atribuído a integrantes de seu partido e ao publicitário Marcos Valério.

– A verdade é começam a aparecer algumas semelhanças entre a candidatura oficial e a candidatura oriunda do PT que se apresenta agora no campo oposicionista. O Brasil não está preparado para novas aventuras. Não dá para jogarmos com o time da segunda ou terceira divisão – disse o tucano.

A declaração de Aécio ocorreu minutos depois de Marina, sofrendo ataques de PT e PSDBse comparar ao ex-presidente Lula em seu programa de rádio. A propaganda também criticou a postura dos rivais. “No rádio e na TV, os adversários de Marina partiram para o ataque. Mas Marina está vacinada contra ataques”, disse uma voz no programa, para depois passar a palavra para a própria candidata.

— Eu vi muita gente desqualificando o Lula. O intelectual tinha que dar o aval para o operário de colocar como presidente da república — disse a ex-senadora — Esqueceram muito rápido do que nós tivemos que passar, mas eu não esqueci, o povo brasileiro não esqueceu.

Questionado se partiria para o ataque direto a Marina, que segundo as pesquisas de intenção de voto está em empate técnico com DilmaAécio sinalizou que a campanha pode endurecer o discurso:

– O Brasil não merece um novo quadro de insegurança. E é esse alerta que eu vou fazer Brasil afora_ disse Aécio, para quem Marina traz “boas intenções”, mas “vem do mesmo núcleo que vem governando o Brasil, o PT, e que lá atrás se posicionou contra tudo isso que defende (hoje).

Além de lembrar a origem política de Marina, o tucano disse que o programa de governo do PSB é “inexequível”. O tucano minimizou o impacto das pesquisas de intenção de votos, que colocam Marina e Dilma em empate técnico, apontando para a vitória do PSB em um eventual segundo turno.

– Existe uma nova campanha. Até 30 dias atrás, nós tínhamos uma outra eleição, inclusive com outro candidato, que infelizmente foi vítima de um grave acidente e faleceu. Agora é uma nova campanha e o que nós temos de fazer é dizer que aquilo que nós defendemos a vida inteira é coerente com aquilo que nós praticamos lá atrás. Nossa vitória é essencial para que o Brasil não viva um novo risco, uma nova aventura_ disse o candidato.

Para Aécio o país vive danos do improviso do governo Dilma e a candidata Marina seria nova aventura. E a população estaria “assustada com a possibilidade de um novo improviso”.

Aécio retornou nesta quinta-feira à Minas Gerais, estado que governou, para o que chamou de “arrancada” de sua campanha. No estado, o candidato tucano Pimenta da Veiga subiu oito pontos segundo a pesquisa Datafolha divulgada hoje, mas continua atrás do candidato do PT, o ex-ministro Fernando Pimentel (32 a 24), para quem perderia em um eventual segundo turno, segundo a mesma pesquisa, por 41 a 28 pontos.

Para reanimar a campanha tucana, que esta semana anunciou a demissão de centenas de colaboradores, o PSDB reuniu em Belo Horizonte prefeitos de todo o estado. Depois do encontro com os dirigentes dos municípios, Aécio terá um almoço com parlamentares e segue em campanha para o interior do estado.

No encontro com os prefeitos, que reuniu centenas de pessoas, parlamentares e dirigentes do PSDB cobraram empenho dos aliados nos municípios. O prefeito de Barbacena, Antonio Andrada, citou o avô de AécioTancredo Neves, para dizer “não podemos nos dispersar”.

Nova fase das campanhas pode marcar reviravolta nestas eleições

Visita de Aécio à BH e arrancada de Pimenta nas pesquisas, encheu de ânimo tanto as lideranças políticas quanto os eleitores.

Coligação Todos por Minas

Fonte: Minas em Pauta

Minas unida garantirá eleição de Aécio, Pimenta e Anastasia

Prefeitos e lideranças de Minas Gerais demonstram entusiasmo e confiança na vitória dos candidatos durante encontro realizado em BH.

O entusiasmo marcou o início da nova fase das campanhas de Aécio, Pimenta e Anastasia em Minas Gerais. A visita de Aécio Neves à capital Belo Horizonte, nesta terça-feira (04/09), justamente no momento de arrancada de Pimenta da Veiga nas pesquisas eleitorais, encheu de ânimo tanto as lideranças políticas quanto os eleitores.

O coordenador das campanhas, Danilo de Castro, afirmou que a reunião de tantos apoiadores, ao todo foram 1.500 pessoas entre prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e militantes, mostrou claramente a força de Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia no Estado. Ele garantiu que as candidaturas estão em curva ascendente.

“A virada já começou. As pesquisas de hoje já indicam o crescimento do Pimenta e uma queda do nosso adversário. Tenho certeza que essa arrancada de hoje será a arrancada da vitória. Minas está unida no projeto estadual e no projeto federal”, disse.

Para o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana, que os eleitores reconhecerão que os projetos de Aécio, Pimenta e Anastasia são o melhor para Minas e para o Brasil.

“Esse evento é a grande arrancada da virada. Minas vai dar um grito de guerra a favor de uma grande mudança no Brasil e no Estado”, afirmou.

Minas quer Aécio na Presidência

O prefeito de Mário Campos, Elson da Silva Santos Júnior (PSB), afirmou que a campanha tomará outro rumo.

“As pessoas vão perceber que Aécio é a verdadeira transformação. O Brasil está clamando por essa mudança, mas mudança consolidada, não uma mudança amadora. Aécio tem toda essa condição, bagagem, experiência e o apoio político necessário para essa realização”, disse.

O prefeito mais jovem do Estado, Pinheirinho (PP), de Ibirité, afirmou que Aécio é a melhor opção para a juventude.

“Apoiar Aécio Neves é muito importante para que Brasil possa crescer nos trilhos certos. Tenho certeza que ele fará pelo Brasil o que ele fez por Minas. Ele vai apoiar apoiar toda nossa juventude e vai conduzir a mudança que o Brasil tanto precisa. E para dar continuidade ao seu trabalho em Minas, precisamos estar juntos com Pimenta da Veiga e Minas Gerais”, afirmou.

O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), afirmou que o Norte de Minas está com Aécio, Anastasia e Pimenta pelos importantes avanços promovidos para melhorar a qualidade de vida da população da região.

“O Norte de Minas está com Aécio, Pimenta e Anastasia porque eles são o melhor para o Brasil e para Minas. Fizeram muito, são competentes, são preparados. Nós vamos votar e peço a todos os nossos amigos para votarem no 45 pra presidente, para governador e para senador”, disse.

Empolgação

Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia foram recebidos com grande empolgação por populares, apoiadores e lideranças. Animados, os jovens manifestaram a confiança na vitória com música e palavras de ordem: “Ô Aécio, hoje é nossa arrancada, Minas Gerais acredita na virada”. De acordo com o coordenador da juventude peessedebista, Michell Tuler, os jovens acreditam que de Minas vai sair a real mudança. “A verdadeira arrancada vai sair hoje daqui de Minas, com os nossos prefeitos, com as lideranças, com os segmentos e com a juventude”, disse.

A empolgação contagiou quem passava pelo local. A pedagoga Cristiana Murta disse que ficou emocionada por ter visto Aécio, que, para ela, é quem vai resolver os problemas do Brasil.

“Aécio vai ajudar todo mundo. A proposta dele é melhor para o Brasil, o Brasil tem que voltar a crescer. Sou professora há mais de 20 anos e está todo mundo revoltado com o que está acontecendo com o Brasil. A esperança da mudança é Aécio e temos certeza que ele vai chegar lá”, declarou.

A aposentada Marília Guerra, de Belo Horizonte, também manifestou a sua confiança. “Aécio vai consertar o Brasil, do jeito que está não dá. Tem que mudar, chega de PT. Tem dez anos que os aposentados não têm aumento. Estou muito otimista. Aécio vai ganhar, ele é mineiro e vai ganhar para a Presidência”, disse.

Aos 73 anos, a dona de casa Lucília Maria de Jesus, de Ibirité, manifestava toda a sua empolgação e disse estar certa que Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia serão vitoriosos. “Eles olham pela saúde, educação, pelas crianças e pelos idosos. Eles vão estar lá, no Governo e na Presidência, tenho fé em Nossa Senhora Aparecida. Eles trabalham com fé e sinceridade, olham pelo Estado e pelo país”, disse.

A dona de casa de Campestre, Elionay Brasil Silva Reis, saiu do Sul de Minas para prestigiar o encontro dos candidatos com os prefeitos e garantiu seu voto.

“Aécio Neves e Antonio Anastasia foram excelentes para Campestre, a cidade evoluiu muito, foram muitas obras por causa do apoio deles. Agora é Aécio, Anastasia e Pimenta para continuar a melhorar o nosso Estado e mudar mesmo a história do nosso país”.

Veja mais depoimentos:

Antônio Andrada, prefeito de Barbacena e presidente da Associação Mineira de Municípios (PSDB)

“Minas está nos chamando para a guerra e para a luta, a luta democrática, a luta da vitória. Minas nunca faltou ao Brasil nos momentos graves, não faltará agora. Aécio é a resposta de Minas. Pimenta, Anastasia e Dinis são o suporte para que essa resposta possa ser forte, firme e duradoura”.

Dinis Pinheiro, deputado estadual e candidato a vice de Pimenta da Veiga (PP) 

“Esse é o momento aqui hoje da arrancada, da virada, da vitória de Pimenta, de Anastasia e de Aécio. A vitória de Minas está no sonho de cada um de nós. O Brasil quer mudar, o Brasil deve mudar e o Brasil vai mudar com Aécio presidente do Brasil. Vale a pena acreditar. São milhões de brasileiros que dependem da nossa luta.”

Alberto Pinto Coelhogovernador de Minas Gerais (PP)

“Minas oferece a nação o seu filho mais ilustre, o candidato mais preparado e qualificado para dirigir o destino da nação brasileira, que é Aécio Neves. O povo não aguenta mais este pesadelo. A candidatura de Aécio conta com o apoio de todos que estão aqui. Os mineiros confiam e dependem de nós para a continuidade em Minas e o avanço no Brasil. A hora é agora, e iremos elegê-los.”

Rômulo Viegas, deputado estadual (PSDB)

“Minas e o Brasil tem que ter Aécio, Pimenta e Anastasia porque apenas eles têm eficiência em gestão. Hoje, estamos na direção certa, rumo a virada, traçando a vitória.”

Mario Heringer, deputado federal (PDT)

“Reafirmamos hoje que Minas está com Aécio, Pimenta e Anastasia. Eles três são mais preparados, têm mais compromisso com a sociedade e não são aventureiros na política”.

Luzia Ferreira, deputada estadual (PPS)

“Acreditamos na capacidade de transformação que vem acontecendo em Minas a partir do governo de Aécio que continuou com Anastasia e, agora, com Pimenta. Nossos candidatos já demonstraram em toda a sua vida pública que têm esse compromisso, e o PPS tem muito prazer de estar ao lado deles.”

José Silva – deputado federal (Solidariedade)

“Minas é modelo de gestão pública não apenas para o Brasil, mas para o mundo inteiro, a partir do que foi executado por Aécio e Anastasia e será feito por Pimenta. Queremos continuar com Minas desenvolvendo, construindo um Estado mais justo e igualitário. Em todas as regiões, vimos que a eficiência quando Aécio liderou esta grande transformação.”

Antônio Carlos Arantes, deputado estadual (PSDB)

“A campanha começa agora. A hora é esta. Estou muito otimista, o Pimenta vai ser governador e Aécio vai para o segundo turno. Somos a voz da oposição e o brasileiro está cansado do modelo que está ai. O modelo está vencido e com Aécio é a única forma de mudar.”

Bilac Pinto, deputado federal (PR)

“Aécio é um homem que tem autoridade moral, que conduziu Minas por dois governos e fez um trabalho extraordinário, melhorando inclusive os Índices de Desenvolvimento do Estado. Anastasia deu sequência a esse trabalho e, agora, vamos continuar com Pimenta da Veiga. Minas está unida em torno dessas candidaturas e vamos deixar esse legado para a famílias mineiras e brasileiras.”  

Evandro de Aguilar, prefeito de Rubim (PTN)

“Apoio Aécio, Pimenta e Anastasia pelo domínio, criatividade, competência. Eles têm muitas qualidades. Tenho muita vontade de ver Aécio na Presidência porque o país não aguenta mais quatro anos de PT. Minas precisa de Aécio na Presidência da República.”

Marcos Dupim, vice-prefeito de Curvelo (DEM)

“Não podemos abrir mão do trabalho que Aécio e Anastasia fizeram em Minas e, agora, o Pimenta da Veiga dará continuidade e Aécio fará o melhor para o Brasil.”

Jarbas Côrrea Filho, prefeito de Guaxupé (PSDB)

“Estamos com Aécio, Anastasia e, com certeza, com Pimenta da Veiga, por tudo aquilo que eles construíram no nosso Estado, na nossa região. Minas hoje é o que é no Brasil em termos de educação e saúde por todo planejamento que foi feito nesses 12 anos do governo de Aécio e Anastasia e com certeza Pimenta da Veiga dará continuidade.”

Carlos Melles, deputado federal (DEM)

“Minas está com Aécio, Anastasia e Pimenta porque temos o dever de gratidão, sentimento de solidariedade, de apoiar aqueles que melhoraram a vida dos mineiros. Ninguém fez uma Minas melhor do que o Aécio e Anastasia, e ninguém dará continuidade melhor do que Pimenta da Veiga. Hoje, com mais de 70% dos prefeitos, estamos no rumo certo para a vitória.”

Arlen Santiago, deputado estadual (PTB)

“Sou testemunha da grande transformação em Minas e do que aconteceu no Norte do Estado. Aécio irá fazer o mesmo pelo Brasil, somando-se à força de Anastasia e Pimenta.”

Anselmo José Domingos, deputado estadual (PTC)

“O dia de hoje sinaliza a mudança que queremos. Precisamos de pessoas comprometidas como Aécio, Pimenta e Anastasia que possam investir com responsabilidade nas obras emergenciais para o Estado, e Aécio é a nossa esperança.”

Gustavo Correa, deputado estadual (DEM)

“Nossos candidatos são a melhor escolha que Minas e o Brasil podem ter. Através do Aécio e Anastasia, Minas mudou e transformou a realidade dos municípios mineiros. Temos a certeza da vitória em Aécio para presidente para o Brasil avançar e Minas continuar crescendo.”

José Silva, deputado federal (PDT)

“Hoje é o dia da virada para Minas continuar crescendo e o país receber de braço abertos o melhor gestor de todos os tempos, Aécio Neves. Minas é modelo de gestão pública não apenas para o Brasil, mas para o mundo inteiro. Queremos construir um Brasil mais justo e igualitário”.

Lafayette Andrada, deputado estadual e líder do PSDB na ALMG

“Estamos com nossos candidatos que representam futuro, modernidade, competência, ética e eficiência. O que foi feito em Minas de 12 anos para cá não pode parar. É muito simples fazermos uma avaliação com as transformações que aconteceram em Minas e as transformações negativas que aconteceram no cenário nacional. Queremos e precisamos de Aécio, Anastasia e Pimenta para Minas e para o Brasil.”

Dalmo Ribeiro, deputado estadual (PSDB)

“Hoje é um momento importante, pois estamos recebendo o apoio de prefeitos de todas as regiões de Minas em sinal de gratidão, do reconhecimento por tudo que Aécio fez para o Estado com ética, responsabilidade e decência. Estamos reunidos para fazer de Aécio, Pimenta e Anastasia os nossos representantes.”

Ademir Lucas, ex-deputado estadual (PSDB)

“Aécio é exemplo de gestor e presenciamos o crescimento de Minas nos últimos anos. Aécio é o melhor para representar o povo brasileiro e será eleito presidente do Brasil”.

Rodrigo de Castro, deputado federal (PSDB)

“Os mineiros estão unidos e animados para eleger Aécio, Pimenta e Anastasia. Minas conhece Aécio e sabe da sua capacidade para mudar o Brasil. Estamos ao seu lado nesta caminhada, e hoje presenciamos inúmeros prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados presentes neste momento importante e necessário para a política brasileira. Mudança de verdade e com segurança é com Aécio.”

Eduardo Barbosa, deputado federal (PSDB)

“Hoje temos a oportunidade de eleger os melhores quadros políticos do Brasil. Aécio parapresidente da República. Sabemos o dinamismo e visão de futuro que ele tem. O Brasil precisa dele para este acerto e correção de rumos que nenhum outro candidato a presidente tem condição de oferecer. Em Minas Gerais, Pimenta da Veiga é o resgate.”   

Confira game que conta trajetória de Aécio Neves

Conheça a história de vida de Aécio Neves de um jeito diferente! Foram várias fases que o prepararam para ser a força que o Brasil precisa.

Biografia Aécio Neves

Fonte: Aécio 45

Da caminhada ao lado do avô Tancredo Neves à aprovação recorde de 92% em seu governo à frente de Minas Gerais, a marca de Aécio Neves é a excelência em gestão pública.

Em sua primeira eleição, em 1986, elegeu-se deputado federal com 236 mil votos, a maior votação registrada em Minas Gerais até então.

Na Câmara dos Deputados, implementou o Pacote Ético, programa que acabou com a imunidade parlamentar.

Sua gestão marcou um dos períodos de maior produção legislativa da história da Câmara dos Deputados e de profundas mudanças no Congresso brasileiro. Como presidente da Câmara, Aécio economizou cerca de R$ 100 milhões e, pela primeira vez na história, a Câmara devolveu dinheiro ao Tesouro Nacional para que pudesse ser investido em favor da população.

Em 2002, Aécio se candidatou ao governo de Minas Gerais e foi o primeiro governador em Minas eleito em primeiro turno, recebendo a maior votação da história do Estado até então.

Como governador, cortou o próprio salário em 45%  e implantou Choque de Gestão, programa que se tornou referência em administração pública no país.

Durante a sua gestão, Minas produziu grandes avanços na área social. Apesar de ser o Estado brasileiro com o maior número de municípios, foi o primeiro do Brasil a trazer as crianças mais cedo para a escola. Hoje, 93% das crianças leem e escrevem aos 8 anos (eram 48,7% em 2006).

Segundo dados do Ministério da Saúde, Minas possui o melhor sistema de saúde pública da região Sudeste.

Eleito senador de Minas Gerais com a maior votação da história do estado, apresentou  uma série de projetos de interesse da sociedade. Entre eles, os que tornam o Bolsa Família um programa de Estado e que ampliam as garantias dos beneficiários do programa.

Em 14 de junho de 2014, em convenção nacionalAécio foi escolhido o candidato do PSDB para a Presidência da República, dando início a mais uma etapa da sua vida: a de renovar a sua luta e o seu compromisso de trabalhar por um país justo, democrático e generoso com todos os brasileiros.

Aécio faz campanha em Minas para consolidar arrancada de Pimenta

A expectativa da campanha tucana mineira é que Aécio Neves se concentre mais em Minas para garantir a vitória de Pimenta da Veiga.

Eleições 2014

Fonte: Hoje em Dia

Aécio faz campanha em MG ao lado de Pimenta da Veiga

candidato do PSDB à PresidênciaAécio Neves, desembarcou nesta quinta-feira (04), em Minas Gerais para dar apoio ao candidato ao governo do estado Pimenta da Veiga. O tucano está em segundo lugar nas pesquisas estaduais, atrás do petista Fernando Pimentel, o que ameaça a hegemonia tucana de 12 anos à frente do Palácio Tiradentes.

Aécio chegou a Belo Horizonte na noite de quarta (03), e na manhã de hoje participou de reunião em seu apartamento com Pimenta, o candidato ao Senado, Anastasia (PSDB) e os coordenadores de sua campana, Danilo de Castro e Andrea Neves. Depois, às 11h09, chegou à Praça da Bandeira e de lá desceu, em passeata, para as instalações do Minas Clube II, cercado de militantes contratados pela campanha. Aécio foi recebido por lideranças políticas do Estado. Segundo a organização do evento estavam presentes mais de 500 prefeitos e vices, ex-prefeitos e ex-vices e 300 vereadores. Ao todo, Minas tem 853 prefeitos.

Os tucanos se revezaram no microfone, criticando as pesquisas nacionais de opinião divulgadas até o momento, “de conteúdo duvidoso”. Em entrevista coletiva antes do evento,Aécio repetiu os bordões que adotou desde que foi ultrapassado por Marina Silva (PSB) nas pesquisas. “Respeito as boas intenções de Marina, mas o conjunto de suas propostas são inexequível. O Brasil não é para amadores. Estou animado com uma nova campanha que se inicia”, disse.

Segundo Aécio, “basta fazer as contas” para concluir que as propostas de Marina geram mais de R$ 150 bilhões para os cofres públicos. “Não podemos jogar com um time de segunda ou terceira divisão”, falou. Questionado sobre seu desempenho na última pesquisa de opinião, o tucano voltou a dizer que uma nova campanha se iniciou depois da morte de Eduardo Campos (PSB). “Há 30 dias era uma outra eleição com outro candidato”, disse.

Depois do evento com os prefeitos, Aécio participará de um almoço com lideranças políticas do Estado e em seguida embarcará para Uberlândia em companhia com Pimenta da Veiga. A expectativa da campanha tucana mineira é que Aécio se concentre mais em Minas para garantir pelo menos a vitória de Pimenta. Durante a conversa com jornalistas, Aécio somente comentou que virá quando for necessário.