• Agenda

    agosto 2014
    S T Q Q S S D
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

No Dia dos Pais, Aécio busca filho em maternidade no Rio

Ao buscar o filho, Aécio afirmou que já é um vitorioso por poder sair de lá com Bernardo no colo: “É o dia mais feliz da minha vida”, disse.

Candidato afirmou ainda que pretende fazer um grande programa de ampliação dos leitos de UTIs neonatal na rede pública

Fonte: Jogo do Poder

“O amor dos pais é essencial para que os filhos se recuperem”, disse Aécio ao deixar maternidade no Rio com Bernardo no colo

candidato à Presidência da República pela Coligação Muda BrasilAécio Neves, deu uma pausa na campanha para um compromisso muito especial neste Dia dos Pais (10/08). Acompanhado da mulher, Letícia Weber, ele foi buscar o filho Bernardo, que, depois de 65 dias de internação, teve alta em maternidade no Rio de Janeiro. O bebê nasceu prematuro, assim como sua irmã gêmea, Julia, que está em casa desde o dia 20 de julho. Ao buscar o filho, Aécio afirmou que “já é um vitorioso” por poder sair de lá com Bernardo no colo. Para ele, foi mais que um presente de Dias dos Pais: “É o dia mais feliz da minha vida”.

Depois da difícil experiência pela qual acabou de passar com o filho por mais de dois meses internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatalAécio anunciou que apresentará projeto de lei propondo que o período de quatro meses de licença-maternidade das mães de filhos prematuros comece a contar a partir da alta do bebê. “Eu conheci aqui muitas mães que tiveram que largar o emprego porque o tempo de permanência do menino foi muito longo”, afirmou o senador. E acrescentou: “Eu aprendi muita coisa nesse período aqui [no hospital] e uma delas é que o amor de mãe, o amor dos pais, é essencial para que os filhos se recuperem”.

Ampliação de leitos

O candidato afirmou ainda que pretende fazer um grande programa de ampliação dos leitos de UTIs neonatal na rede pública de saúde de todo o Brasil. Aécio agradeceu aos médicos que foram responsáveis pelos cuidados de Bernardo: o pediatra João Maurício e o chefe da UTI da Perinatal Laranjeiras, Jofre Cabral. “Acho que os pais que tiveram filhos lutando pela vida sabem o que estou sentindo agora. Eu tenho que agradecer muito a Deus, à equipe médica extraordinária que cuidou dele até aqui, médicos, enfermeiros técnicos e a todos que oraram e torceram por nós”, disse.

Aécio fez um agradecimento especial também à sua mulher, Letícia, que passou duas semanas internada antes do parto, ocorrido no dia 7 de junho, e ficou a maior parte dos últimos 65 dias na clínica para acompanhar a evolução de Bernardo. “Estou com a alma leve e quero cumprimentar todos os pais do Brasil e desejar que eles possam sentir o que estou sentindo hoje, uma recompensa por tudo que nós passamos”, na saída da clínica.

Olhar para o futuro

Para Aécio, que já pai de Gabriela, de 22 anos, fruto do seu primeiro casamento, os gêmeos vão inspirar todas as suas decisões como homem público. “E vou fazer uma campanha debatendo o Brasil, olhando para o futuro. Não vou fazer uma campanha olhando para o retrovisor. Quem tem filhos, como eu tive agora, tem sempre que lembrar deles.  Sempre, em qualquer decisão que eu tome, qualquer proposta que eu apresente. Eu não vou olhar para esse embate partidário, na briga menor. Eu vou olhar sempre nos olhos da Julia, do Bernardo e de tantas crianças que querem viver num país melhor, mais justo, com maior dignidade, com maior respeito entre as pessoas”, disse Aécio.

Aécio lamenta omissão do Governo Dilma em segurança pública

Aécio: questão é uma das maiores tragédias do país e enfrentamento deve ter 2 pilares: combate ao tráfico e programas de recuperação.

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Aécio se compromete a combater o tráfico de drogas e investir em políticas públicas de recuperação

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda BrasilAécio Neves, se comprometeu nessa sexta-feira (8/08), em Botucatu (SP), a tratar a questão das drogas com foco na assistência social, na saúde e na segurança pública. Ele afirmou que a questão é uma das maiores tragédias do país e seu enfrentamento deve ter dois pilares: combate ao tráfico e programas de recuperação.

“A questão das drogas tem que ser tratada em duas vertentes. A primeira, o tráfico, com controle das nossas fronteiras, com polícia, com inteligência, com tudo que não vem acontecendo até aqui. E a segunda vertente é a da dimensão da vida”, disse ele, referindo-se à necessidade de dar apoio e tratamento aos dependentes químicos. O compromisso de enfrentar a questão foi firmado por Aécio durante visita à Clínica de Recuperação Recomeço, mantida em parceria com o governo do Estado de São Paulo e inaugurado em 2013 após investimentos de R$ 15,4 milhões.

Recomeço e Aliança Pela Vida

clínica integra o Programa Recomeço, que atende 68 municípios do interior paulista e tem como objetivo facilitar o acesso ao tratamento médico e a internação dos dependentes em hospitais, comunidades terapêuticas e moradias assistidas.

Aécio afirmou que o Programa Recomeço é um modelo que pode ser replicado em outros Estados pelo governo federal, assim como o projeto Aliança pela Vida, implementado em Minas Gerais durante sua gestão. Tais medidas poderiam resultar numa política nacional para tratamento de dependentes químicos.

“O Programa Recomeço, que visitamos agora, é uma demonstração clara de que o Estado pode sim ser parceiro na recuperação. Nosso governo vai ter também um projeto claro de ampliação desses centros de reabilitação, que já fazíamos em Minas Gerais, por todo Brasil”, afirmou.

Criado pelo Governo de Minas em 2011, o programa Aliança Pela Vida agrupa ações voltadas para a prevenção e o combate ao uso de drogas, sobretudo o crack. Todos os órgãos e secretarias do Estado que tenham programas sociais devem destinar ao menos 1% de seus orçamentos para iniciativas contra a dependência química.

Omissão federal

No combate ao tráfico de drogasAécio lamentou a falta de investimentos do atual governo federal em segurança pública, o que afeta diretamente o controle das fronteiras por onde entram armas e substâncias tóxicas. “O [combate aotráfico de drogas, de armas e controle das fronteiras são responsabilidades da União. O que o governo vem fazendo é a terceirização de responsabilidades. No nosso governo, vai haver uma política nacional de segurança pública. Nós vamos investir no controle das nossas fronteiras, o que o atual governo não fez”, afirmou.

Aécio ressaltou que seu governo fará parcerias com os Estados e porá fim com o contingenciamento dos recursos de Segurança Pública, ou seja, a contenção de investimentos na área. Segundo ele, o atual governo executou, por exemplo, apenas 10,5% do orçamento destinado ao Fundo penitenciário foram executados. No caso do Fundo Nacional de Segurança, o percentual foi de somente 35%.

“Isso é um desprezo para com a população brasileira, que vê no crescimento da criminalidade e do tráfico de drogas algo extremamente danoso às relações familiares e à própria sobrevivência, principalmente de jovens brasileiros”, disse. “Não há nenhuma parte do mundo em que o governo federal não tenha uma parcela de responsabilidade em relação à criminalidade”, acrescentou.

Aécio visitou o centro de reabilitação acompanhado do governador e candidato à reeleição Geraldo Alckmin e de José Serra, que concorre ao Senado pelo partido, além do candidato à Vice-Presidência Aloysio Nunes. Ao lado de Janice Lourdes Megid, diretora do centro, Aécio conheceu as instalações da unidade, onde conversou que pacientes e parentes.

Caminhada

Ex-dependente químico, Ediel Henrique dos Santos, de 29 anos, elogiou o tratamento que recebeu. “O trabalho foi excepcional. Consegui buscar ajuda e me recuperar graças ao bom atendimento dos profissionais daqui”, disse ele. O candidato até arriscou uma jogada de sinuca e foi aplaudido ao “matar” a bola de número 13 numa das caçapas.

Após a visita, Aécio fez campanha no centro de Botucatu. Ao lado do prefeito João Cury (PSDB), ele, Alckmin, Serra e Aloysio encontraram com militantes e populares na Praça Emílio Peduti e saiu em caminhada pela Rua Amando de Barros, principal via do comércio local. Aécio foi muito saudado pelas pessoas e parou em várias lojas para posar para fotos e conversar com comerciantes e clientes.

Pesquisa: Aécio diz estar confiante em vitória no segundo turno

Para Aécio, resultado da pesquisa Ibope é positivo e revela aumento do crescimento de eleitores que vão votar no PSDB

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Para Aécio, resultado do Ibope é positivo e mostra que a campanha está crescendo

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda BrasilAécio Neves, avaliou nessa sexta-feira (08/08) como positivo o resultado da pesquisa Ibope. A pesquisa mostrou o crescimento do nome de Aécio na intenção de votos do eleitorado. O candidato ressaltou que o levantamento indica que a campanha está aquecendo com possibilidade desegundo turno e chance de vitória.

“[A pesquisa é] é extremamente positiva, até porque nós estamos ainda aquecendo os motores da campanha eleitoral, a campanha efetivamente ainda não começou e nosso nome vem crescendo de forma muito consistente”, afirmou Aécio durante visita a Botucatu (SP), acompanhado do governador de São Paulo e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) e de José Serra, que concorre ao Senado pelo partido

Em seguida, Aécio acrescentou que: “Por isso, tenho muita confiança de que nós estaremos no segundo turno e vamos vencer essas eleições para iniciarmos um novo ciclo de governo no país”.

Pelo resultado da última pesquisa Ibope, divulgada ontem, Aécio cresceu três pontos em relação ao último levantamento, enquanto a candidata à reeleição pelo PT cresceu apenas um. Aécio está agora com 36% das intenções de voto – tinha 33% na última pesquisa –, e Dilma, com 42%. Considerando a margem de erro, a diferença entre eles pode ser de apenas dois pontos percentuais.

No primeiro turno, 23% dos eleitores declaram intenção de voto em Aécio Neves. A candidata do PT tem 38% dos votos. A margem de erro é de dois pontos. Em julho, Dilma Rousseff tinha os mesmos 38% das intenções de voto, ante 22% de Aécio Neves.

A pesquisa mostrou ainda que a taxa de rejeição de Aécio está em queda: foi de 16% para 15%. A de Dilma se manteve em 36%.  A pesquisa foi encomendada ao Ibope pela TV Globo, que divulgou os dados nessa quinta-feira (07/08). Foram ouvidas 2.506 pessoas entre os dias 3 e 7  de agosto, em todo o Brasil

Aécio destacou que sua candidatura representa o novo momento político. Ele rejeitou a sugestão de monopólio em relação a temas e ideologias. “O exclusivismo não faz bem para ninguém. Até me lembro, lá atrás, quando o PT se julgava um exclusivista da ética e dos bons costumes. Deu no que deu. Quando falo novo, é a renovação das ideias. É a capacidade de olhar para o futuro”, afirmou.

Aécio lamentou as afirmações da candidata à reeleição pelo PT, presidente Dilma Rousseff (PT), que chamou de pessimistas os críticos de seu governo.

Então, somos mais de 75% de pessimistas. Mas é bom que fique claro: o pessimismo não é em relação ao Brasil. O Brasil está aí com todas as condições de retomar um ciclo virtuoso. O pessimismo é em relação ao governo, a este governo que fracassou na condução da economia, na gestão do Estado e fracassou também na melhoria dos nossos indicadores sociais”, ressaltou.