• Agenda

    outubro 2013
    S T Q Q S S D
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Aécio Neves é indicado como oposicionista com melhores chances para 2014

A pesquisa divulgada pelo Ibope ontem traz dois importantes dados talvez relegados ao segundo plano pela recuperação da popularidade de Dilma, mas que são fundamentais para se enxergar a real situação das pré-candidaturas de oposição.

O primeiro dele confirma que Aécio Neves é o pré-candidato da oposição com melhores condições de crescimento. O senador mineiro, Aecio Neves, que vem de uma família com vasta biografia na política, é o nome oposicionista com menor rejeição, principal fator que deve ser analisado quando se tenta projetar o potencial de crescimento de uma candidatura.

Já Serra é o campeão de rejeição com 47%. Já Marina e Eduardo Campos (PSB) tem 36%. Todos piores do que Aécio Neves (35%), que se igual à Dilma Rousseff.

O segundo fator importantíssimo para se ler as pré-candidaturas de oposição em 2014 é a consulta feita pelo Ibope levando-se em conta a citação espontânea dos eleitores. Nela, Aécio Neves, que apresenta 30 anos de vida política em sua biografia, já é o candidato oposicionista mais citado. Fica à frente, inclusive, de Marina e Serra, que já tiveram a oportunidade e a visibilidade de uma eleição presidencial.

Ainda ontem o senador mineiro realizou discurso, falando que acredita ainda ser possível escrever uma nova história no Distrito Federal. No discurso, Aécio disse que o ingresso de Pitiman e de mais 32 pré-candidatos de diversas siglas nos quadros do PSDB representa um passo importante para o fortalecimento do partido em âmbito regional e nacional.

“Estamos iniciando corretamente uma caminhada, que não é de um nome, não é de um grupo. É de um projeto. Nada mais importante para o início dessa caminhada do que nós termos na capital, no coração do Brasil, uma mensagem clara que respeite valores e que demonstre à população de Brasília, tão cansada de desilusões sucessivas, que é possível escrever uma nova página”, afirmou.