• Agenda

    janeiro 2012
    S T Q Q S S D
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Governador recebe plano de ação do Banco do Brasil em apoio às cidades atingidas pelas enchentes

BELO HORIZONTE (09/01/12) – O governador Antonio Anastasia conheceu, nesta segunda-feira (9), as medidas emergenciais de apoio a regiões atingidas pelas enchentes em Minas Gerais desenvolvidas pelo Banco do Brasil. No plano de ação entregue ao governador pelo vice-presidente de Desenvolvimento Sustentável, Robson Rocha, o banco compromete-se a apoiar a reestruturação das comunidades e o retorno da atividade econômica e a promover parcerias para potencializar ações locais.

As medidas, a serem adotadas nas cidades onde for decretada situação de emergência, incluem liberação de crédito, adiamento de pagamentos, prioridade no pagamento de seguros, disponibilização das estruturas das Associações Atléticas do Banco do Brasil (AABBs) e a abertura de uma conta para recebimento de doações.

“É um conjunto de medidas extremamente pró-ativa e que eu, como governador de Minas, queria publicamente agradecer ao Banco do Brasil, que tem sido parceiro do Estado em todos os momentos, naqueles de desenvolvimento, de prosperidade, mas também nesse momento de dificuldades que estamos enfrentando”, disse o governador.

O Banco do Brasil abriu uma conta para que pessoas de todo o Brasil possam fazer doações às vítimas das chuvas em Minas Essas pessoas serão avisadas por anúncios nos terminais de autoatendimento e nos extratos bancários. O encaminhamento do dinheiro recebido será gerido pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), juntamente com a Defesa Civil Estadual. Os dados da conta para doação são: Banco do Brasil – Conta: 64529-X / Agência: 1229-7.

Como apoio à retomada da economia das cidades atingidas, o banco vai instituir carência de 60 dias para dívidas de micro e pequenas empresas, mesmo prazo da prorrogação para os pagamentos de cartões de crédito. Os produtores rurais também serão beneficiados com carência de suas dívidas, que serão analisadas caso a caso.

“O alongamento de prazos das principais linhas de crédito utilizadas por esses segmentos tem por objetivo apoiar os empresários e produtores, que tiveram seu fluxo de caixa impactado pelas enchentes, e visa contribuir para a reorganização da atividade produtiva”, explicou Robson Rocha.

Outra medida é a suspensão do envio de títulos para cartório. Ainda de acordo com o vice-presidente do Banco do Brasil, os pedidos de pagamento de seguros originários das cidades em situação de emergência terão atenção imediata das unidades de atendimento da seguradora do banco.

Para o município de Guidoval, na Zona da Mata, onde a agência do Banco do Brasil foi destruída pelas enchentes, foi direcionada uma Unidade Móvel de Atendimento, já em funcionamento, para prestar atendimento aos clientes, pagamentos de benefício INSS e recebimentos diversos.

Nas cidades que contam com sedes da AABB, a estrutura dos clubes será colocada à disposição da Cedec/MG, seja para servir de base das operações da defesa civil naquela região, seja para acolhimento de desabrigados.

Com foco no cidadão, o Banco do Brasil irá disponibilizar cópia de documentos pessoais constantes de seu cadastro, acionar os funcionários participantes do programa “Voluntários BB” para ações de arrecadação e distribuição de

Fonte: Agência Minas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: