• Agenda

    dezembro 2011
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Gestão Anastasia: Secretaria de Transportes e Obras Públicas apresenta planejamento para os próximos anos

BELO HORIZONTE (14/12/11) – Uma nova missão institucional, com valores renovados e objetivos focados em novos programas estruturadores, foi apresentada a todos os integrantes do Sistema de Transportes e Obras Públicas (Sistop), na reunião de revisão do planejamento estratégico realizada nessa terça-feira (13), no auditório JK, na Cidade Administrativa. As novidades são projetos estruturadores como o Caminhos de Minas e a Expansão da Mobilidade Urbana da região metropolitana, além do Processo Estratégico de Recuperação e Manutenção da malha viária em todo o Estado.

A revisão do planejamento estratégico do Sistop começou em agosto deste ano, quando o governador Antonio Anastasia anunciou a nova versão do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), para o período de 2011 a 2030.  “A partir deste momento, cada secretaria passou a trabalhar especificamente no detalhamento das ações da sua pasta. No caso da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), foram gastos cerca de três meses em entrevistas e reuniões com a alta direção do sistema”, explicou Gustavo Horta Palhares, assessor chefe da Agei.

Na revisão do PMDI, Anastasia apresentou o Programa Minas Logística, que vai concentrar as ações do Governo de Minas direcionadas para a área de transportes e obras públicas, coordenadas pela Setop e executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) e pelo Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop-MG).

O secretário Carlos Melles destacou a importância dessas autarquias (DER e Deop). “Sem esses dois departamentos a Setop não teria condições de realizar uma série de metas propostas. O que cabe no momento é buscar a excelência na qualidade dos serviços, a execução das obras dentro dos prazos estabelecidos e com a eficiência destes dois órgãos, que atuam em harmonia com as políticas públicas definidas pelo governador Anastasia”, concluiu.

Revisão do planejamento estratégico 

Com a revisão do planejamento estratégico, a missão institucional da Setop é ser referência em soluções integradas de transporte e obras públicas, mantendo os cinco valores existentes: ética, transparência, sustentabilidade, comprometimento e efetividade; e acrescentando um: inovação. Já missão a missão do DER é ser referência em infraestrutura e gestão de transporte rodoviário, agregando a gestão para a cidadania e a inovação. Ao Deop caberá ser referência em soluções integradas de arquitetura e engenharia para a execução de obras públicas, acrescentando aos cinco valores o de cooperatividade.

“O Governo de Minas tem buscado uma execução bem feita dos seus programas e projetos, um exemplo disto é o programa Proacesso, que hoje é um sucesso, pois está com 97% da meta alcançada. São cerca de cinco mil quilômetros concluídos de novas rodovias e um investimento de R$ 3,5 bilhões, um resultado que dignifica toda a equipe envolvida, são 190 obras concluídas até outubro deste ano”, afirma Carlos Melles.

Além do Proacesso, as metas atingidas pelos outros programas também foram significativas. “No ProMG tivemos 5.368km de rodovias recuperadas e um investimento de R$ 1,1 bilhões. Na Potencialização da Infaestrutura Agroindustrial da Fronteira Agrícola foram pavimentados 294Km de rodovias e um investimento de R$ 240 milhões. Com o Proseg, a segurança viária nas rodovias estaduais tem ganhado um impulso nos últimos anos, com 196 radares instalados e em operação, além de 74 balanças”, contabiliza Gustavo Palhares.

“Através do Minas Avança, foram concluídas obras no aeroporto regional da Zona da Mata, Presidente Itamar Franco. Na RMBH, a expansão ordenada da infraestrutura logística acumula um total de R$ 900 milhões em obras como a Linha Verde, duplicação da avenida Antônio Carlos, Requalificação Ambiental do Arrudas, duplicação da MG-020, obras complementares na avenida Cristiano Machado e a recuperação funcional da MG-424”, conclui o assessor.

A reunião para apresentação da revisão do planejamento estratégico para o período 2012 a 2015 contou com a presença da direção do Sistop, além de diretores, superintendentes e funcionários da Setop, do DER-MG e do DEOP-MG.

Fonte: Agência Minas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: