• Agenda

    novembro 2010
    S T Q Q S S D
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Antonio Anastasia apresenta Agenda de Melhorias que consolida o modelo de gestão adotado em Minas, iniciativa é elogiada por empresários

O governadorAntonio Anastasia apresentou, nesta quinta-feira (18), a Agenda de Melhorias que consolida o modelo de gestão adotado em Minas Gerais nos últimos oito anos, por meio do Choque de Gestão e do Estado para Resultados. Durante evento que aconteceu noBanco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em Belo Horizonte, com a presença de secretários de Estado, gestores públicos, empresários, prefeitos, deputados, e representantes da sociedade civil, foi lançado o livro Caminhos para Inovar na Gestão Pública, publicação que apresenta os principais pontos da Agenda de Melhorias.

O documento traz um conjunto de propostas que sugerem alternativas para aumentar a eficiência da ação governamental, com resultados que possam melhorar a qualidade de vida da população. O trabalho é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio do BDMG, e o Movimento Brasil Competitivo, organização que mobiliza lideranças de diversos segmentos da sociedade em busca da eficiência competitiva do Brasil.

Durante a apresentação, o governador Antonio Anastasia explicou a importância dessa terceira etapa para a consolidação do modelo de gestão mineiro. Ele relembrou que o processo se iniciou com a implantação do Choque de Gestão, em 2003, que possibilitou ao Estado recuperar a capacidade de investimento.

“O Choque de Gestão tinha um objetivo muito interno, de por a casa em ordem, melhorar os nossos procedimentos, extinguir os desperdícios, melhorarmos a forma de administrar. No segundo momento, demos um passo avante, com o Estado para Resultados, para que as pessoas sentissem no seu dia-a-dia resultados concretos na prestação dos serviços públicos. Nessa terceira etapa, teremos uma agenda de melhorias que se transforma em uma gestão para a cidadania, visando uma ideia que é para nós muito importante: mais vida e mais renda. Dois temas que são fundamentais, que estão no nosso cotidiano”, explicou o governador.

Exemplo de Minas Gerais

O presidente da Gerdau e um dos fundadores do Movimento Brasil Competitivo, Jorge Gerdau, ressaltou a importância do exemplo de Minas Gerais para a melhoria da gestão pública no restante do país.

“Tenho por toda a minha vida me preocupado com esse tema de gestão. Os senhores não sabem a importância que Minas Gerais significou para o país todo. Minas Gerais tem servido de exemplo para outros estados. Nessas últimas semanas, os novos governadores têm telefonado para mim, solicitando informações e orientação, nesse sentido. Há uma mudança cultural enorme, e os senhores são ‘culpados’ por isso”, disse o empresário.

Trabalho em parceria

O livro Caminhos para Inovar na Gestão Pública, começou a ser elaborado em 2009, com base em um estudo sobre a organização de sistemas de entrega de resultados na administração pública, realizado ao logo do ano pelo BDMG e pelo Movimento Brasil Competitivo, com apoio do Banco Mundial, Fundação João Pinheiro (FJP) e consultorias McKinsey & Company, Macroplan, Fundação Dom Cabral e Fundação Brava.

“Hoje o tema da gestão pública está na agenda nacional e não há notícia melhor do que ver o Gerdau dizer que os novos governadores eleitos estão telefonando e pedindo a orientação, a recomendação. Isso é muito positivo. Demonstra a relevância e a importância do tema antes com poucos, mas agora com tantos”, disse Antonio Anastasia.

A direção do projeto Agenda de Melhorias coube ao coordenador executivo do Programa Estado para Resultados, Tadeu Barreto Guimarães, e ao diretor da Área de Negócios com Setor Privado do BDMG, Fernando Lage de Melo.

“O que vemos no Brasil, até com frequência, são bons planos que nunca saem do papel por falta de conhecimento para executá-los. O livro é um instrumento para a propagação de experiências e ferramentas de sucesso. Ele aponta o caminho, mas o governante precisa, antes de tudo, ter interesse em montar uma estrutura para gerar resultados. Envolvendo, por exemplo, capital humano capaz de encontrar no livro elementos que servirão como base conceitual para trabalhar”, sinaliza Tadeu Barreto.

Batizada de Gestão para a Cidadania, Mais Vida e Renda, a terceira onda do Choque de Gestão, adotado em Minas Gerais a partir de 2003, irá priorizar uma perspectiva de desenvolvimento, centrada na formação e estruturação de Redes de Desenvolvimento Integrado, na qual os binômios são a qualidade de vida e renda para a população.

Obras complementares

Juntamente com o Caminhos para Inovar na Gestão Pública, também serão lançadas outras duas obras complementares. Uma delas é O Núcleo da Estratégia 2030 – Questões Críticas para o Desenvolvimento de Minas Gerais”, que traz, detalhadamente, um conjunto de ações estratégicas para os próximos 20 anos do Governo de Minas Gerais, com foco nos desafios e oportunidades para a evolução. Também nele houve a participação de especialistas, empresários e lideranças das mais variadas áreas.

O terceiro livro, chamado O Sistema de entrega de resultados de Minas Gerais: trajetória e perspectivas de avanço faz uma análise do modelo de gestão adotado pelo Estado a partir de 2003. O material destaca os desafios e oportunidades de melhorias, considerando as práticas bem sucedidas e a capacidade transformadora do projeto, com frentes de atuação que envolvem estratégia e gestão: o que e como fazer.

 

Antonio Anastasia da solenidade de posse do novo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade

O governador Antonio Anastasia participou, na noite dessa quarta-feira (17), em Brasília (DF), da solenidade de posse do novo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, e da nova diretoria da entidade, período 2010/2014. A solenidade contou com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

É a primeira vez que um mineiro assume a presidência da CNI, desde 1954, pondo fim a um período de revezamento entre paulistas e nordestinos no cargo. Robson Andrade presidiu por dois mandatos consecutivos, entre 2002 e 2009, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

 

Antonio Anastasia empossa Alceu José Torres Marques, procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Minas

O governador Antonio Anastasia reempossou, nesta quinta-feira (18), o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques. A cerimônia foi no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. O nome de Alceu José Torres Marques encabeçava a lista tríplice apresentada pelo Ministério Público ao governador Antonio Anastasia, para um mandato de dois anos, no biênio 2011-2012. Participaram da cerimônia o presidente da Assembleia Legislativa e vice-governador eleito, deputado estadual Alberto Pinto Coelho, o secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, e a procuradora-geral em exercício, Maria Odete Souto Pereira.

Governador Antonio Anastasia se reúne com bancada estadual do PSDB e ouve partido sobre sugestões de políticas públicas

O governador Antonio Anastasia se reuniu, nesta quinta-feira (18), no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, com as bancadas estadual e federal do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Após o encontro, que também contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa e vice-governador eleito, Alberto Pinto Coelho, e do secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, o governador enfatizou que esta foi a primeira reunião de uma série que pretende fazer com o objetivo de ouvir dos partidos, parlamentares e lideranças sugestões de políticas públicas para os próximos quatro anos.

“Hoje, fizemos o primeiro encontro, que foi com o PSDB. Recebemos o presidente Narcio Rodrigues, acompanhado dos deputados estaduais e federais atuais e eleitos. Numa conversa franca, ouvimos sugestões de políticas públicas, sugestões referentes a prioridades que o governo deva apresentar, do relacionamento do partido com o Governo do Estado e de questões relativas à esfera federal. Naturalmente, é uma palavra muito mais dos parlamentares para com o governador do que com o governador para com os partidos. Isso vai se repetir na semana que vem e na outra com os diversos partidos que compõem a nossa base de Governo”, disse o governador, em entrevista.

Entre atuais parlamentares e deputados eleitos, compareceram ao Palácio Tiradentes o presidente estadual do PSDB, Narcio Rodrigues, Carlaile Pedrosa, Eduardo Barbosa, Paulo Abi-Ackel, Marcus Pestana, Rafael Guerra (bancada federal), Carlos Mosconi, Luis Henrique, João Leite, Dalmo Ribeiro, Bonifácio Mourão, Dinis Pinheiro, Mauri Torres, Lafayette Andrada, Leonardo Moreira, Luis Humberto Carneiro, Zé Maia, Rômulo Viegas e Célio Moreira (bancada estadual).