• Agenda

    outubro 2010
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Governo Antonio Anastasia abre inscrição para o 5º Prêmio Excelência em Gestão Pública do Estado de Minas Gerais

Foram prorrogadas até o próximo dia 22 de outubro as inscrições para o 5º Prêmio Excelência em Gestão Pública do Estado de Minas Gerais, evento destinado aos servidores públicos estaduais e promovido pelo Governo Antonio Anastasia, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), com apoio da Fundação João Pinheiro e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). As inscrições são feitas exclusivamente no site www.planejamento.mg.gov.br e não há taxa de inscrição.

O Prêmio tem o objetivo de estimular servidores públicos na implementação de iniciativas de sucesso e disseminação de novos conhecimentos em gestão pública, reconhecendo, valorizando e premiando trabalhos que contribuam efetivamente para a melhoria na prestação dos serviços públicos do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais e boas ideias desenvolvidas pelos servidores estaduais.

O concurso, que existe desde 2005, tem três categorias: Experiências e iniciativas de sucesso implementadas ou em processo de implementação que contam com suporte técnico ou financeiro; experiências e iniciativas de sucesso implementadas ou em processo de implementação a partir de conhecimento e/ou experiência do servidor e experiências e ideias inovadoras implementáveis. A premiação é de R$ 8.000, para o primeiro lugar; R$ 4.000, para o segundo lugar, e R$ 2.000, para o terceiro lugar.

Temas

Os servidores públicos estaduais podem abordar 11 temas nos trabalhos a serem enviados para o 5º Prêmio Excelência em Gestão Pública: Gestão da Informação e Comunicação; Gestão Estratégica; Planejamento e Gestão Orçamentária e Financeira; Gestão de Pessoas; Gestão de Materiais e Serviços, Logística e Patrimônio; Avaliação e Monitoramento de Políticas Públicas; Governança Social; Simplificação de Processos; Sustentabilidade; Responsabilização e Transparência e Ações relacionadas à gestão que não se enquadrem nos temas anteriores.

Os trabalhos devem ter no mínimo cinco mil caracteres e, no máximo, nove mil, não sendo identificação alguma dos autores. O servidor pode participar de mais de um trabalho dentro dos onze temas.

Podem se inscrever servidores públicos estaduais ativos ocupantes de cargos de provimento efetivo ou em comissão da administração direta, autarquias e fundações do Poder Executivo Estadual e empregados da Emater, Epamig e Rádio Inconfidência. Não podem participar do concurso secretários de Estado, secretários adjuntos, diretores gerais de autarquias, presidentes e vice-presidentes de fundações.

Para efetuar a inscrição, o servidor deve preencher os seus dados e enviar o trabalho pelo sitewww.planejamento.mg.gov.br, recebendo por e-mail comprovante com o número de inscrição.

O resultado do 5º Prêmio Excelência em Gestão Pública será divulgado em dezembro no “Minas Gerais”, órgão oficial dos Poderes do Estado e nos sites da Seplag e da Fundação João Pinheiro.

 

Governo Anastasia apresenta na Inovatec os desafios tecnológicos do plano estratégico integrado para Copa 2014

Nesta sexta-feira (8), o presidente do Núcleo Gestor das Copas (2013 e 2014) pelo Governo de Minas, Tadeu Barreto Guimarães, apresenta durante a 6ª edição da Inovatec – Feira de Inovação Tecnológica, o plano estratégico integrado para a Copa de 2014. Barreto abre, ao lado do presidente do Comitê Executivo Municipal, Tiago Lacerda, a programação do último dia do evento, iniciado na terça-feira (5).

Os dois executivos apresentam para empresários, comunidade acadêmica, representantes de instituições de ciência e tecnologia (ICT) e pesquisadores algumas oportunidades e necessidades para a Copa de 2014 na área da inovação tecnológica. A apresentação acontece a partir das 9 horas, noExpominas, em Belo Horizonte.

Na parte inicial da exposição, Barreto e Lacerda, que são responsáveis pelos núcleos que coordenam os projetos para a Copa 2014 no Estado e na prefeitura, respectivamente, detalham a matriz organizacional que orienta a atuação de Estado e prefeitura. Essa matriz é a base do Plano Estratégico Integrado, documento que relaciona 21 objetivos, que se desdobram em uma carteira com 54 projetos nas áreas de Infraestrutura Esportiva, Mobilidade, Turismo e Rede Hoteleira, Comunicação e Marketing, Utilidade Pública e Requisitos Fifa.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Belo Horizonte estabeleceram uma forma de trabalho integrada, favorecendo a colaboração, estabelecendo prazos e orientações para a elaboração e implantação de projetos estratégicos para Minas Gerais, sobretudo na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Na segunda parte da apresentação, Barreto e Lacerda enumeram exemplos de áreas nas quais a tecnologia irá fazer a grande diferença durante a Copa. O objetivo é dialogar com empresários e pesquisadores, incentivando os dois segmentos a investir recursos e expertise no desenvolvimento de soluções e sistemas para 2014.

Tecnologia a serviço da vida

Projeto e iniciativas que lançam mão da inovação para encontrar soluções para demandas e problemas já estão em andamento. Um exemplo é o sistema a ser instalado na cobertura do Estádio GovernadorMagalhães Pinto (Mineirão) que prevê a produção de energia por meio de células fotovoltaicas. Essas células são dispositivos capazes de transformar a energia luminosa, proveniente do sol ou de outra fonte de luz, em energia elétrica. Estudo desenvolvido pela Cemig aponta para a possibilidade de instalar no Mineirão sistema com a capacidade de aproximadamente 1 megawatt. A geração de energia, que depende exclusivamente da luz solar, equivaleria à alimentação de 700 residências de médio porte.

Outro exemplo é o sistema de captação de água de chuva com capacidade de armazenamento de 6,27 milhões de m³. Esse volume, por exemplo, é suficiente para suprir a antiga necessidade de consumo de água do Mineirão (o consumo médio é de 4,4 milhões m³ ao mês, considerando-se sete jogos no período, o funcionamento administrativo e o atendimento a visitantes). O investimento realizado para a implantação do sistema de captação de água será pago em três anos, de acordo com projeção feita pela equipe técnica responsável pela elaboração dos projetos.

Inovatec

Com foco em inovação e negócios e com dois temas âncora, energia limpa e Copa do Mundo 2014, a 6ª edição da Inovatec – Feira de Inovação Tecnológica será realizada até esta sexta-feira (8). O evento, que tem o apoio do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), reúne empresas, comunidade acadêmica, instituições de ciência e tecnologia (ICT), pesquisadores e governo para o intercâmbio de novas tecnologias, processos, produtos e serviços.

Com várias palestras, seminários, workshops e reuniões de estudantes e pesquisadores com empresas como Suzano, Fiat, Natura, Cemig e Usiminas, o evento tratará de assuntos que vão da proteção dos direitos de propriedade intelectual no Brasil, passando pelos avanços na genética bovina e do agronegócio do leite e seus derivados, às possibilidades técnicas e de viabilidade econômica da utilização das fontes de energia chamada limpa – biodiesel, eólica, etanol, entre outras.

Serviço:

Evento: 6ª Inovatec – Feira de Inovação Tecnológica

Data: 05 a 08/10/2010

Local: Expominas, Belo Horizonte