• Agenda

    setembro 2010
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

População de Montes Claros vai às ruas apoiar a reeleição de Antonio Anastasia e reconhece ações do Governo nos últimos 8 anos

Multidão vai às ruas de Montes Claros para apoiar a reeleição de Antonio Anastasia

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Aécio Neves diz que apoio maciço da população e de lideranças políticas da região é o maior reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo governo nos últimos oito anos

O Norte de Minas mais uma vez deu uma grande demonstração de apoio à reeleição do governador Antonio Anastasia. Cerca de 5 mil pessoas se reuniram nas ruas de Montes Claros, nesta quinta-feira (23/09), para receber Anastasia e o ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado. Os candidatos foram recepcionados no aeroporto de Montes Claros por 80 prefeitos e caravanas de vários municípios da região.

Antonio Anastasia agradeceu o carinho da população e afirmou que a manifestação de apoio é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido ao longo dos últimos oito anos pelo Governo do Estado em favor da população do Norte de Minas.

“É uma adesão muito significativa, de reconhecimento ao que foi feito nos últimos anos, por Aécio e por mim. Vamos ficar confiantes, mas sempre com muita humildade, com o pé no chão, trabalhando firme para uma vitória expressiva em Minas”, afirmou Antonio Anastasia.

O ex-governador Aécio Neves afirmou que o apoio maciço de prefeitos da região é o reflexo da responsabilidade do Governo de Minas para cuidar da infraestrutura do Norte de Minas e na redução das desigualdades sociais. Para Aécio, a grande receptividade dos mineiros se deve à aprovação de um projeto de governo que foi vitorioso e que será continuado por Antonio Anastasia.

“Fizemos um governo honrado, sério, que teve a maior aprovação em todos os governos brasileiros. Realizamos obras e é isto que vocês estão vendo. Há um reconhecimento da população e é natural que estas lideranças políticas acabem ficando. É o apoio avassalador em torno de um projeto de governo”, afirmou.

O ex-governador também destacou que a candidatura de Anastasia à reeleição representa a vontade dos mineiros e não um projeto pessoal ou de um grupo político.

“Anastasia não é o candidato de si próprio, ele não é candidato por um ato de vaidade pessoal. Ele é candidato porque tem a responsabilidade de continuar um projeto vitorioso em Minas. Por isso, o Norte está com ele, por isso Minas está cada vez mais com ele. Os mineiros estão apontando Antonio Anastasia como seu futuro governador e vai ser muito bom para todos os mineiros de todos os partidos, seja da nossa coligação, seja da oposição”, afirmou Aécio Neves.

Carinho do povo
A população saiu em peso às ruas para demonstrar o apoio à reeleição de Antonio Anastasia, ao governo de Minas e de Aécio Neves, ao Senado Federal, nesta reta final de campanha. Do aeroporto os candidatos seguiram em uma carreata formada por dezenas de carros e centenas de motocicletas. Ao longo de todo percurso até a Praça da Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, os candidatos foram saudados por bandeiras, fogos de artifício.

Em razão do grande número de pessoas nas ruas, Antonio Anastasia e Aécio Neves só conseguiram caminhar por um quarteirão no Centro da cidade. O contato direto com a população encerrou a mobilização da campanha que nesta quinta-feira passou também por Curvelo, São Francisco e Bocaiúva.

Reconhecimento dos prefeitos
Prefeitos de vários partidos políticos, incluindo do PT e do PMDB, mais uma vez deram uma grande demonstração de apoio à reeleição de Antonio Anastasia. O prefeito de Verdelândia, Wilton Madureira (PT), fez questão de acompanhar a caravana do município para receber o governador em Montes Claros, distante quase 180 km de sua cidade. Ele ressaltou que o Governo de Minas apoiou seu município sem distinção partidária.

“Todos os compromissos feitos comigo e com o município foram cumpridos, tanto na administração do Aécio, como na administração do Anastasia. Por isso que eu não poderia deixar de votar neles agora nesse momento. Construímos escolas, parque de eventos, casas populares, seis postos de saúdes e quadras esportivas. Anastasia ajudou a todos os prefeitos e municípios, sem olhar a questão partidária, levando o benefício diretamente para a população dos municípios”, disse.

O prefeito de Patis, Valmir Moraes de Sá (PTB), presidente Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMANS), que reúne 92 municípios do Norte e Noroeste de Minas e Vale do Jequitinhonha, afirmou que a manifestação de apoio da população da região é um reconhecimento aos avanços obtidos na região, no governo Aécio e Anastasia.

“Esse apoio é devido ao trabalho que tem sido feito em prol do Norte de Minas. Fomos muito bem atendidos, muito bem tratados na gestão de Aécio Neves. E com o Anastasia, sabemos que vamos complementar esse trabalho. Anastasia tem preocupação com a área social. É uma pessoa de coração bom, transparente, é um homem de ficha limpa. Minas Gerais só tem a ganhar em apoiá-lo”, afirmou.

O prefeito de Francisco Sá, José Mário Pena (PV), afirmou que Anastasia e Aécio resolveram a maior dificuldade dos municípios que é a questão da arrecadação. “A gente não consegue administrar só com a renda própria do município. Esse governo tem sido verdadeiramente diferenciado em relação aos municípios pequenos. Pegamos uma saúde com estrutura muito precária e, hoje, o hospital de Francisco Sá é uma referência na região. Tenho conversado com meus colegas, com os prefeitos da região, e há uma satisfação geral”, disse.

Atenção especial
O Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri, consideradas as regiões mais pobres do país, tiveram atenção especial no governo de Aécio e Anastasia. Grande parte dos municípios beneficiados com o Proacesso, programa de pavimentação de estradas, está nessas regiões.

De 2003 a 2009, o Governo de Minas investiu R$ 4,7 bilhões em ações de redução da pobreza e das desigualdades regionais e essas regiões têm recebido o maior investimento per capita. Neste período, para cada um real investidos nas outras regiões do Estado, o Governo do Estado investiu o dobro no Norte e vales do Jequitinhonha e Mucuri. O Governo de Minas criou a Copanor, subsidiária da Copasa, para atender especialmente a região com água tratada e esgotamento com tarifas reduzidas para a população.

Alberto Pinto Coelho diz a Hélio Costa: “assusta a falta de resposta sobre os Correios”

Alberto Pinto Coelho: “assusta a falta de resposta sobre os Correios”

Resposta do candidato a vice-governador da coligação “Somos Minas Gerais”, deputado Alberto Pinto Coelho, sobre ataques do candidato a vice da coligação PMDB/PT, Patrus Ananias, nesta quinta-feira (23/09)

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

“Há mais um equívoco do candidato a vice na chapa de Hélio Costa. Na realidade, o partido forte é a gestão pública competente e ética que traz resultados; reconhecida e aplaudida por todos os mineiros e mineiras. Um reconhecimento que vai além das fronteiras do nosso Estado. Desviar-se disso é criar factóide. A gente encontra resposta para esta atitude no campo adversário, motivada pela queda nas pesquisas, na sabedoria popular: estão querendo tapar o sol com a peneira. Mas o que mais me assusta é a falta de resposta sobre os escândalos nos Correios. Uma empresa pública que diz respeito a todos os brasileiros. Tentar excluir Minas do interesse dessa questão, que tem a responsabilidade direta da gestão do então ministro e hoje candidato Hélio Costa, é titubear ou tergiversar. Isso não fica bem a nenhum homem público”.

Última pesquisa Datafolha mostra que Antonio Anastasia abre 5 pontos sobre Hélio Costa em Minas

Apoiado por Aécio, tucano tem 51% dos votos válidos, segundo o Datafolha, e pode vencer no primeiro turno

Fonte: Evandro Spinelli – Folha de S.Paulo

Ex-governador lidera a disputa pelo Senado com 67% das intenções de voto, seguido por Itamar, que tem 43%

O governador Antonio Anastasia (PSDB) abriu cinco pontos de vantagem sobre Hélio Costa (PMDB), seu principal adversário ao governo de Minas Gerais, diz pesquisa Datafolha. A eleição pode ser decidida já no primeiro turno.

Anastasia, candidato apoiado pelo ex-governador Aécio Neves (PSDB), passou de 40% para 42% das intenções de voto, uma variação dentro da margem de erro da pesquisa, de dois pontos.

Hélio Costa permaneceu com os 37% da pesquisa anterior, da semana passada.

Considerando apenas os votos válidos, o tucano tem agora 51% contra 44% de Costa. Para ser eleito no primeiro turno, o candidato precisa ter mais de 50% dos votos válidos.

Na pesquisa anterior, Anastasia tinha 50% dos votos válidos contra 46% de seu principal adversário.

Adilson Rosa (PCO), Edilson Nascimento (PT do B), Zé Fernando Aparecido (PV) e Vanessa Portugal (PSTU) têm 1% das intenções de voto. Os candidatos Fabinho (PCB) e Professor Luiz Carlos (PSOL) não atingiram 1%.

Votos em branco e nulo somam 4%. Ainda não decidiram em quem votar outros 13% dos mineiros.

O Datafolha aponta que 79% dos eleitores de Costa e 67% de quem pretende votar em Anastasia não sabem o número de seus candidatos.

SENADO
O ex-presidente Itamar Franco (PPS) ampliou sua vantagem sobre o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) na disputa pela segunda vaga de senador em Minas. Aécio continua liderando com folga.

Na semana em que apresentou um depoimento do candidato a presidente de seu partido, José Serra, no horário eleitoral, Aécio passou de 71% para 67%, uma variação no limite da margem de erro da pesquisa.

Já Itamar, que mostrou Aécio em seu programa eleitoral, variou de 40% para 43%. Ele agora tem 11 pontos de vantagem sobre Pimentel, que manteve os 32% da pesquisa anterior.

Zito Vieira (PC do B) tem 3%. Marilda Ribeiro (PSOL), Rafael Pimenta (PCB) e Miguel Martini (PHS) têm 2% cada um. Com 1% estão José João da Silva (PSTU), Betão (PCO), Efraim Moura (PSTU) e Mineirinho (PSOL).

Os indecisos para uma são 24% e 13% não sabem em quem votar para as duas vagas de senador.

Presidente do PSDB-MG, Narcio Rodrigues vê desespero de Hélio Costa em sua tática do terror

Narcio aponta desespero de Hélio e sua tática do terror

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Resposta do presidente estadual do PSDB e um dos coordenadores da campanha da Coligação “Somos Minas Gerais”, Narcio Rodrigues, sobre os ataques e críticas do candidato do PMDB, Hélio Costa, nesta quinta-feira (23/09)

“São lamentáveis essas declarações desesperadas do candidato Hélio Calixto Costa. A cada dia que passa, ele percebe o abandono que sofre a sua campanha sem propostas, de ataques pessoais e promessas vãs. Hoje mesmo, uma multidão foi às ruas de Montes Claros e Bocaiúva declarar apoio à reeleição do governador Anastasia. Até mesmo o prefeito petista de São Francisco reuniu a população de sua cidade em praça pública para declarar apoio ao nosso candidato. Hélio Costa deveria aprender que os mineiros não são bobos, não se deixam manipular. Eles estão assistindo todos os dias Hélio Costa pregar a tal ‘tática da botina’ em seu programa eleitoral, quando chantageia o eleitorado, pregando o terror caso os mineiros não votem nele e na candidata a presidente dele. É a conhecida tática dos desesperados e dos pregadores de falsidades ao vento. Os mineiros estão indo às ruas dizer ‘não’ a esse retrocesso e à tática do desespero e abandono do candidato do PMDB.”

Ao lado de Itamar, Aécio Neves defenderá a cafeicultura de Minas no Senado

Aécio Neves defenderá ao lado de Itamar Franco no Senado política para a cafeicultura de Minas

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

No Sul de Minas, ex-governador afirmou que apoiará Anastasia na adoção de medidas de incentivo aos cafeicultores

Em Sete Lagoas, Aécio Neves destacou os investimentos do Governo do Estado para a construção do Hospital Regional

O ex-governador Aécio Neves afirmou, nesta quarta-feira (22/09), no Sul de Minas, que, eleito, defenderá no Senado uma política estruturadora para a cafeicultura brasileira. Ao lado do ex-presidente Itamar Franco, também candidato ao Senado, Aécio Neves reiterou que apoiará Antonio Anastasia na adoção de medidas para diminuir os efeitos negativos da falta de uma política nacional para o café. Nos últimos anos, os produtores de café do país vêm encontrando dificuldades junto ao governo federal para renegociar as dívidas e garantir preço mínimo para cobertura dos custos de produção.

“Pretendo, no Senado, ser o senador do café para demonstrar não apenas a importância econômica, mas também a importância social dessa atividade. O que eu pretendo é, ao lado do governador Anastasia, nosso candidato ao governo, construir um projeto inclusive do ponto de vista tributário, que possa estimular novos investimentos a virem para cá, gerando mais empregos”, afirmou o governador em Varginha.

Aécio Neves afirmou que o governo federal deve apoiar a cafeicultura no Brasil para garantir mais valor ao produto e gerar mais empregos no país. O Brasil é hoje o maior produtor de café do mundo, com Minas na liderança da produção nacional. Aécio lembrou que, durante sua passagem pela presidência da Câmara dos Deputados realizou, ao lado do governo federal, na época administrado por presidente Fernando Henrique Cardoso, um conjunto de medidas que beneficiou os cafeicultores de todo o país.

“O Brasil, tendo Minas Gerais com metade da produção, é o maior produtor de café do mundo. Temos que fazer um esforço enorme para que o café seja beneficiado e industrializado em maior volume em Minas. Quando estive na presidência da Câmara, construí com o governo talvez a última grande ação conjunta para o café, na definição de preço, renegociação de dívida, transferência de dívida para as sacas. Enfim, um conjunto de medidas que alocou mais de R$ 2,5 bilhões na cafeicultura. Não há ainda, no governo atual, uma visão clara da importância econômica e social do café”, afirmou o governador.

Apoio do Sul de Minas
A visita de Aécio Neves pelo Sul de Minas, nesta quarta-feira, se iniciou em Boa Esperança. Ele foi recebido por prefeitos e lideranças políticas da região no aeroporto. Ao lado do ex-ministro e ex-embaixador de Cuba, Tilden Santiago, seu segundo suplente na chapa, Aécio Neves participou de caminhada, acompanhado de cerca de 400 eleitores no Centro da cidade. O ex-governador agradeceu aos moradores do Sul de Minas pelo apoio à reeleição de Antonio Anastasia e afirmou que a região é fundamental para o crescimento da economia do Estado.

“Essa é uma região prioritária para nossas ações. Sabemos que Minas para crescer precisa investir de forma diferenciada nas regiões que têm maior potencial. Essa é uma delas”, disse.

Liderança nas pesquisas
Aécio Neves também comemorou os resultados de duas pesquisas, divulgadas hoje, que apontam a liderança de Antonio Anastasia para a disputa pelo Governo de Minas. No EM Data Anastasia lidera com 40% das intenções, contra 32% do adversário. Já o DataTempo/CP2 mostra que ele  também está à frente nas pesquisas com 39,6% da preferência dos eleitores mineiros, enquanto o adversário tem 35,4%.

“Agradecemos às manifestações que estamos recebendo nas pesquisas eleitorais e nas visitas que estamos fazendo, da compreensão de que o projeto em execução em Minas não deve ser interrompido. Minas é o estado que mais cresce no Brasil na geração de empregos, que apresenta na educação fundamental e na segurança pública os melhores indicadores. Isso tem que continuar”, afirmou o governador.

Avanços reconhecidos
Em Varginha, Aécio Neves e Itamar foram recebidos por mais de 200 pessoas que se reuniram no aeroporto. Entre eles, prefeitos de vários partidos como o prefeito de Ilicínea, Aluísio Borges de Souza (PMDB), que manifestou publicamente o apoio à candidatura de Antonio Anastasia ao Governo de Minas.

“Sempre tive comigo que a gente sempre tem que escolher o melhor. A sigla partidária não me induz a apoiar uma pessoa que a gente acha que não está em condições de administrar Minas que é hoje essa potência, crescendo mais que o próprio Brasil”, afirmou.

Aécio e Itamar seguiram em carreata pelas ruas de Varginha onde foram saudados por foguetório. No calçadão Wenceslau Brás, Aécio cumprimentou eleitores que apoiaram sua candidatura e de Antonio Anastasia ao Governo de Minas. A servidora pública federal Solange Duarte, que fez questão de cumprimentar o ex-governador. “Ele foi um ótimo governador e seu governo precisa ser continuado pelo governador Antonio Anastasia”.

O prefeito de Fama, Jean  Carlo Roupa Prado (PTB), destacou os avanços sociais e econômicos de Minas durante o governo de Aécio e Anastasia.

“A gente tem que dar sequência àquilo que está bom. Todo mundo viu o que o Aécio fez por Minas. Cresceu mais de 12% do PIB e as obras estão espalhadas por todo esse rincão mineiro. É o grande motivo para continuarmos apoiando Aécio e Anastasia”, disse.

O ex-prefeito de Varginha, Aloysio Ribeiro de Almeida (PP), presidente da Associação Comercial de Varginha, afirmou que a população do Sul de Minas optou por Anastasia para governar Minas. “Considero Anastasia a melhor a opção para Minas Gerais pela competência e dinamismo. Toda a região está firme para, no dia 3 de outubro, elegermos Aécio Neves e Anastasia”, disse.

Mais saúde para região de Sete Lagoas
De Varginha, Aécio Neves seguiu para Sete Lagoas, na região Central do Estado. Ao lado do prefeito, Mário Campolina Paiva, o Maroca, ele percorreu várias ruas da cidade em carreata e fez caminhada no Mercado Municipal, onde cumprimentou eleitores e populares. Aécio Neves destacou que os investimentos no Hospital Regional de Sete Lagoas para o atendimento à população de toda a região com serviços médicos de alta complexidade.

“O hospital regional é uma demanda histórica da região, das lideranças políticas da região. Os recursos já estão garantidos. São cerca de R$ 10 milhões deles já liberados. Estamos aguardando apenas a questão legal, que é a definição do projeto para o início imediato das obras. O hospital atenderá toda a região. É preciso que agora toda as autoridades envolvidas ajam rápido para que as obras possam ser iniciadas imediatamente, já que os empecilhos financeiros e legais foram todos sanados”, afirmou o ex-governador.

O Governo de Minas assinou convênio com a prefeitura de Sete Lagoas em 20 de março deste ano, com investimentos previstos de R$ 40 milhões. Já foram liberados R$ 10 milhões desse total. O projeto executivo de construção está sendo finalizado pela Prefeitura, responsável pela obra. O Governo de Minas investiu R$ 14,9 milhões desde 2003 em ações de saúde em Sete Lagoas. Através do ProHosp, foram R$ 3,5 milhões e no ProHosp Urgência e Emergência R$ 487,5 mil.

O prefeito de Sete Lagoas, Mário Campolina (PSDB), afirmou que os mineiros devem reeleger Antonio Anastasia para garantir a continuidade dos investimentos na área de saúde.

“O hospital regional é fundamental para a região. Como cidade polo, Sete Lagoas foi bem atendida pelo Governo de Minas. Não existe motivo para Minas trocar. Temos o melhor gestor público do Brasil. Minas precisa dele, precisa dessa continuidade e é por isso que temos o maior orgulho de estarmos juntos de Anastasia, Aécio e Itamar”, afirmou.

O prefeito de Araçaí, Daniel Valadares (PSDB), destacou a importância do hospital para o atendimento da população de seu município, localizado a 38 km de Sete Lagoas. “O Hospital Regional vem desafogar uma demanda reprimida que a região tem. O Hospital Regional vem sanar esses problemas. É muito importante a obra do hospital regional para a Região de Sete Lagoas”, afirmou.

O prefeito de Inhaúma, Murilo França (PMDB), afirmou que apoiará a eleição de Aécio ao Senado e a reeleição de Antonio Anastasia pelo apoio aos municípios mineiros.

“Sou prefeito há quatro mandatos e tem dois anos que acompanho Aécio. Ele foi o governador que abriu as portas do Palácio da Liberdade para todas as cidades mineiras, sem distinção de partido. Sou do PMDB, mas dou o total apoio à reeleição do governador Antonio Anastasia devido ao trabalho realizado em Inhaúma. É um reconhecimento meu e da minha cidade”, disse.