• Agenda

    setembro 2010
    S T Q Q S S D
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Para reduzir criminalidade, Antonio Anastasia reforçará segurança nas divisas de Minas e zonas rurais

Antonio Anastasia reforçará segurança nas divisas de Minas e nas zonas rurais

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Acompanhado de Aécio Neves e Itamar Franco, o governador foi recebido com grande festa em Janaúba, no Norte de Minas. Prefeitos ligados a partidos de coligações adversárias declaram apoio a Anastasia

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, afirmou nesta segunda-feira (06/09), em Janaúba (Norte de Minas), que, reeleito, irá reforçar a segurança das fronteiras do Estado e nas zonas rurais, com o objetivo de reduzir a criminalidade no campo. A proposta estará no seu Plano de Governo, que será lançado nesta semana. As medidas também contribuirão para diminuir ainda mais os índices de criminalidade em Minas que nos governos Aécio Neves e Antonio Anastasia foram reduzidos a patamares de 10 anos atrás.

“Temos hoje indicadores muito melhores de criminalidade em Minas. Voltamos ao nível de dez anos atrás. A criminalidade, vamos dizer assim, do cotidiano, que aflige as pessoas, conseguimos reduzir de maneira bastante expressiva, não só na capital, mas nas maiores cidades. Agora, estamos investindo em um novo programa que vai facilitar a segurança rural, onde estamos notando, ainda, dificuldades. Estamos propondo, em nosso Plano de Governo, um projeto inovador no Brasil de reforço à segurança das fronteiras do Estado e da segurança rural para atender mais o homem do campo”, afirmou.

Cinturão de Segurança
Atualmente, já existe em Minas o Cinturão da Segurança, programa do Governo do Estado criado para proteger e fortalecer as regiões de divisa do Estado de Minas Gerais. O objetivo é inibir as ações do crime organizado e de quadrilhas especializadas em roubo de cargas, bancos, tráfico de armas e de drogas. Em todo o Estado, desde 2003, 402 municípios já foram beneficiados com reforço de 550 viaturas e equipamentos como armas e coletes à prova de bala, computadores, além de capacitação profissional dos policiais. Cerca de R$ 67 milhões foram investidos no programa.

O Cinturão de Segurança é a área compreendida na faixa territorial interna de 50 quilômetros de largura, paralela a linha divisória terrestre de Minas Gerais, considerada área de interesse estratégico à segurança pública do Estado. A faixa interna do Cinturão de Segurança poderá, conforme interesse público, estender-se aos municípios localizados até 150 quilômetros da linha divisória terrestre do Estado, acompanhando os eixos das rodovias federais que ultrapassam os limites territoriais do Estado. A proposta do governador Antonio Anastasia é fechar todo o circuito de entrada e saída de Minas, garantindo mais segurança para os mineiros.

Festa em Janaúba
Acompanhado pelo ex-governador Aécio Neves e pelo ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado, o governador Antonio Anastasia foi recebido com festa em Janaúba. Cerca de 500 eleitores, candidatos a deputado federal e estadual, ex-prefeitos, várias lideranças políticas e 15 prefeitos da região, inclusive de partidos da oposição, acompanharam os candidatos da Coligação Somos Minas Gerais na carreata e na caminhada pelo Centro da cidade.

O prefeito de Patis e presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene, que conta com 92 municípios, Walmir Moraes (PTB), destacou a parceria do Governo do Estado com todos os municípios mineiros, independentemente de partido político ou localidade.

“Dos 92, 82 prefeitos apóiam Anastasia. E dos 92, 86 oposições dos municípios apoiam também Anastasia. Os prefeitos começaram agora um trabalho de propaganda, de corpo a corpo, de casa em casa, para podermos garantir a continuação do bem estar da comunidade, do povo de Minas Gerais”, destacou.

O prefeito de Verdelândia, Wilton Madureira (PT), também declarou seu apoio à reeleição de Antonio Anastasia. “Estamos acompanhando essa caminhada porque eles cumpriram comigo, lá em Verdelândia, tudo que nos prometeram. E é com alegria muito grande que estamos com Aécio e Anastasia, junto com Itamar Franco”, ressaltou.

O mais preparado para administrar
Durante o trajeto, foguetório e muitos aplausos. Crianças, jovens, adultos e idosos estampavam no rosto a alegria e satisfação de receber os candidatos no Norte de Minas. Moradora de Janaúba, Mariana Tolentino declarou sua confiança na reeleição do governador Anastasia. “Ele é o mais preparado para administrar Minas, para dar continuidade ao trabalho de Aécio, que foi um dos melhores governos que Minas teve. Vai dar ele, com certeza!”, disse.

O funcionário público Cláudio Nascimento também já sabe em quem vai votar no dia 3 de outubro. “Anastasia é competente, técnico, professor, conhece e respeita as leis e o estado democrático de direito”, afirmou.

De Janaúba, Anastasia, Aécio e Itamar seguiram para o município de Porteirinha, onde se encontraram com eleitores e lideranças políticas. No final da tarde, Anastasia e Aécio, ao lado do candidato a presidente José Serra, participam de carreata e caminhada em Pará de Minas, região Central do Estado.

Em Porteirinha, Anastasia, ao lado de Aécio Neves e Itamar Franco, ressalta benefícios do “Caminho de Minas”

Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco reúnem multidão nas ruas de Porteirinha

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Governador garante que regiões Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucuri se desenvolverão com investimentos em obras viárias

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, encerrou a visita ao Norte de Minas, na tarde desta segunda-feira (06/09), com uma grande festa em Porteirinha. Ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado, Antonio Anastasia participou de carreata com 300 motocicletas e foi recebido por cerca de 1.200 na praça Coronel Odilon Coelho, no Centro da cidade. Pela manhã, os três candidatos fizeram campanha em Janaúba.

O governador destacou que as regiões Norte e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri ganharão novo impulso com o programa Caminhos de Minas que pavimentará 2.346 km de 44 trechos de estradas ligando municípios da região. Lançado em junho deste ano, o programa prevê o asfaltamento de 222 trechos em todo o Estado, totalizando 7,7 mil quilômetros. O Governo de Minas realiza, desde 2004, o Proacesso, programa de pavimentação de acessos viários que inclui obras em 219 trechos rodoviários, sendo que 60% deles estão nas regiões do Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Do total, 152 estão concluídos e 67 estão em obras.

“Lançamos um programa muito importante depois do Proacesso, que é o Caminhos de Minas, que vai ligar as regiões. Só assumimos esse compromisso de fazer mais de 200 estradas porque fizemos o Proacesso. Muitas pessoas não acreditavam que pudéssemos fazer o Proacesso de muitas cidades e fizemos. Por isso, temos autoridade moral de dizer que vamos fazer o Caminhos de Minas de maneira muito firme”, afirmou o governador em praça pública.

Com o Proacesso, Porteirinha foi beneficiada com a pavimentação do trecho de 19,9 quilômetros entre Porteirinha e Serranópolis de Minas, com investimento de R$ 8,5 milhões.  Em todo o Estado, o Proacesso irá pavimentar 5.456 quilômetros de rodovias, beneficiando 219 municípios.

Contorno viário da BR-112
Antonio Anastasia ressaltou que Porteirinha será beneficiada com um dos trechos do Caminhos de Minas, ligando o município a Riacho dos Machados, em trecho de 29 quilômetros. O governador garantiu também que o Governo de Minas atenderá antiga reivindicação da cidade com a construção de um contorno viário para retirar o trânsito pesado da BR-122 que passa pelo Centro.

“Vamos ligar Porteirinha até Riacho dos Machados e fazer uma estrada muito importante. Há também uma reivindicação histórica da cidade que não merece esse trânsito pesado no centro. Vamos fazer o contorno da cidade de Porteirinha para tirar o trânsito pesado do centro da cidade e trazer mais condições para desenvolvermos a região”, disse Anastasia.

Melhoria dos municípios
O prefeito de Porteirinha, Juraci Freire Martins (PP), afirmou que a pavimentação de estradas na região foi um dos benefícios conquistados com a gestão Aécio-Anastasia nos últimos oito anos. Ele destacou que várias ações desenvolvidas na área social também melhoraram as condições de vida da população.

“O Proacesso melhorou muito nossa região. Tem também os projetos na educação, os cursos técnicos para os jovens, para prepará-los para o mercado de trabalho. A cidade hoje está toda saneada, as ruas estão todas asfaltadas, e tudo graças a projetos feitos em parceria com o Anastasia, depois que ele assumiu. Temos várias obras no município de Porteirinha, o Centro Solidário, que foi o Anastasia quem fez. Na saúde, temos vários postos bem equipados”, declarou o prefeito.

Os programas desenvolvidos pelo Governo de Minas no Norte do Estado também foram elogiados pela prefeita de Riacho dos Machados, Domingas da Silva Paz (PR). Ela ressaltou a seriedade e transparência das ações anunciadas pelo Governo de Minas ao cumprir com todos os compromissos assumidos.

“Tudo que temos lá em Riacho foi através do Governo do Estado. Porque o governo federal foi uma negação. Tudo que é recurso do governo federal, eu tenho até tristeza. Eu como prefeita, quando fala que tem um recurso lá na Caixa (Econômica Federal) para eu assinar, a gente perde até o ânimo. Agora, quando é do Estado, a gente vai porque a gente sabe que é um recurso certo, é coisa assim concreta que realmente sai. Só postos de saúde, na nossa cidade, conseguimos cinco. Então foi um grande avanço na saúde, na educação, em todas as áreas. Riacho só teve a ganhar”, afirmou a prefeita.

Apoio da população
Em Porteirinha, a população preparou uma grande festa para receber os candidatos. Com 300 motos e dezenas de carros, a carreata chamou a atenção dos moradores que saiu de suas casas para saudar os candidatos. Na rua Barão do Rio Branco, os candidatos Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco deram início a uma caminhada, sempre cercados por uma multidão.

Para aliviar o calor, eles tomaram água de coco na lanchonete Zé do Coco. O vendedor José Fernando Pereira disse que os candidatos da coligação “Somos Minas Gerais” têm o seu voto certo.

“O governador Anastasia é muito simpático e fez questão de me cumprimentar. Voto nele e no Aécio para qualquer cargo que eles se candidatarem”, afirmou.

Ao final da caminhada, na Praça Coronel Odilon Coelho, os candidatos discursaram para uma multidão de 1.200 pessoas e foram muito aplaudidos. O funcionário público municipal Mateus Silva Pereira ouviu atentamente as palavras do governador e ficou satisfeito com as propostas de Antonio Anastasia.

“Em pouco tempo, já é a segunda vez que vejo ele aqui em Porteirinha. É sinal de que ele está preocupado com os problemas da gente. Nos últimos anos,  Porteirinha melhorou muito com as obras que foram feitas aqui. A saúde melhorou demais. O serviço de água agora também está certinho, porque antes faltava água em algumas épocas. Acho que o Anastasia e o Aécio são os melhores para que a cidade continue melhorando”, afirmou.

Candidato Hélio Costa é suspeito de ter omitido da Justiça Eleitoral recebimento de R$ 4 milhões na campanha ao Senado em 2002

Hélio Costa diz que recebeu doação, mas não declarou

Fonte: Andreza Matais – Folha Poder – Portal UOLO candidato ao governo de Minas Gerais pelo PMDB, Hélio Costa, é suspeito de ter omitido da Justiça Eleitoral o recebimento de R$ 4 milhões na sua vitoriosa campanha ao Senado em 2002.

Em sabatina promovida pela Folha/UOL em Belo Horizonte, no dia 11 de agosto passado, Costa disse que recebeu esse valor do seu suplente, Wellington Salgado (PMDB).

O montante, porém, é o dobro do total que ele declarou à Justiça Eleitoral naquela campanha. Outro detalhe: não há registro de doação direta feita por Salgado.

No informe encaminhado por Costa ao Tribunal Regional Eleitoral, há, sim, contribuições de duas empresas de Salgado e de dois irmãos dele. Mas essas doações somam apenas R$ 1,3 milhão.

No total, a campanha do senador declarou ao TRE ter arrecadado R$ 2,4 milhões.

Na sabatina, em agosto, Costa foi questionado se Salgado foi escolhido como seu suplente porque contribuiu com R$ 1,2 milhão para a campanha. “Não foi um milhão, foram quatro, diga-se de passagem”, respondeu ele. A declaração pode ser acessada no site do UOL.

Salgado acabou exercendo seis dos oito anos do mandato. O titular licenciou-se em 2005 para assumir o Ministério das Comunicações, de onde saiu neste ano para se candidatar ao governo de Minas em aliança com o PT.

No ano passado, Costa admitiu ter usado bilhetes aéreos da cota de seu suplente, mesmo estando afastado das atividades no Legislativo.

Por meio da assessoria, Hélio Costa primeiro confirmou o valor de R$ 4 milhões. Sobre o fato de não aparecer no registro nenhuma doação de Salgado, ela alegou que o valor era a soma de doações de empresas e familiares do suplente e de pessoas que contribuíram a pedido dele.

Confrontada com a informação de que a quantia de R$ 4 milhões era maior do que o total declarado pela campanha ao TRE, a assessoria soltou uma nova versão: Costa se confundiu com o valor e citou o número que era a meta de arrecadação daquela eleição, e não o valor final das contribuições.

Hoje candidato a deputado federal, Salgado, por sua vez, enrolou-se em três explicações à Folha.

Primeiro, disse que não fez doação alguma e que seus irmãos injetaram dinheiro na campanha porque quiseram.

Após dizer que consultou Hélio Costa, ele procurou a Folha para dizer que o valor de R$ 4 milhões era o total que o PMDB havia conseguido captar para a campanha.

Informado, então, que a arrecadação oficial foi a metade disso, Salgado ironizou o aliado: disse que Costa terá que doravante “fazer a campanha de boca fechada”.

A campanha de Antonio Anastasia (PSDB), que disputa com Costa a liderança nas pesquisas de intenção de voto, prometeu acionar a Justiça. “A declaração dele é um indício eloquente da utilização de caixa dois também na campanha de 2002″, disse José Sad Júnior, advogado da coligação tucana.

A chapa tucana já havia ingressado no Tribunal Regional Eleitoral com outro pedido – acusou Costa de usar jatinhos na campanha deste ano sem declarar o valor do aluguel à Justiça.

Link da matéria: http://www1.folha.uol.com.br/poder/794965-helio-costa-diz-que-recebeu-doacao-mas-nao-declarou.shtml

Somos Minas Gerais: Milton Nascimento e Lô Borges gravam clipe para campanha de Anastasia

Governador Antonio Anastasia diz que, reeleito, buscará parcerias com o Governo Federal

Antonio Anastasia disse que defenderá, de forma respeitosa, os interesses de Minas junto ao Governo Federal

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Anastasia lembrou que nos últimos anos o Governo do Estado sempre trabalhou de forma harmoniosa com o Governo Federal mesmo sendo de partidos diferentes

O governador Antonio Anastasia afirmou nesta segunda-feira (06/09) que, reeleito, qualquer que seja o próximo presidente da República, defenderá os interesses de Minas Gerais de forma respeitosa e buscando sempre parcerias com o Governo Federal em favor da população. Ao lado de Aécio Neves e Itamar Franco, Anastasia participou de carreatas e caminhadas em Janaúba e Porteirinha, no Norte de Minas, de onde seguiram para uma agenda com o candidato a presidente, José Serra, em Pará de Minas.

Em entrevista concedida em Janaúba, Antonio Anastasia disse que o fato de Minas Gerais ser governada nos últimos oito anos por governadores de oposição ao presidente da República nunca impediu que o Estado crescesse economicamente e melhorasse seus indicadores sociais.

“Sempre tivemos uma relação muito respeitosa, uma relação de boa convivência administrativa, aliás, como foi nos últimos anos com o presidente Lula e o governador Aécio, quando Minas sempre foi respeitada e tivemos nossos pleitos encaminhados de maneira sempre muito adiantada. O fato de termos presidente de um partido e governador de outro, isso ocorre em todo o Brasil, não é um obstáculo, ao contrário, faz parte do princípio federativo, republicano”, afirmou Anastasia.

O governador acrescentou: “Naturalmente, essa convivência será sempre respeitosa porque os interesses de Minas serão sempre protegidos pelos mineiros. É sempre bom lembrar que cabe ao governador de Minas defender sempre os interesses do nosso Estado.”

O ex-governador Aécio Neves elogiou a postura republicana de Anastasia durante sua campanha pela reeleição. Em discurso para centenas de lideranças políticas do Norte de Minas, Aécio Neves disse que nas visitas que tem feito ao interior do Estado tem percebido que os mineiros estão recebendo com satisfação as propostas apresentadas por Anastasia.

“Temos assistido acontecer por todas as partes de Minas, com uma naturalidade única. Os homens de bem deste Estado, as mulheres de bem que estão na vida pública estão percebendo de forma muito clara que, independente do partido político, preferem continuar trabalhando ao lado daqueles que demonstraram uma ação republicana, demonstraram compromisso com os municípios e com cidadãos, independente da coloração partidária daquele que eventualmente administra o município”, disse Aécio Neves.

Campanha em alto nível
O governador também se mostrou satisfeito com o ritmo de sua campanha pela reeleição. Segundo ele, todas as etapas seguiram o planejamento programado pelos seus coordenadores, passando pela composição da aliança, criação da estrutura da campanha e agora está no momento de apresentar as suas propostas aos mineiros.

“Nós temos uma estratégia traçada desde o início que estamos cumprindo com muita fidelidade, com muito ânimo, muita alegria. Isso está tudo sendo cumprido de maneira muito correta e estamos muito animados, porque há o crescimento da nossa campanha em todas as regiões. Estamos extremamente satisfeitos. Vamos manter exatamente a mesma estratégia”, disse Anastasia.

Apoio suprapartidário
Acompanho pelo ex-governador Aécio Neves e pelo ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado, o governador Antonio Anastasia foi recebido com festa em Janaúba. Cerca de 500 eleitores, candidatos a deputado federal e estadual, ex-prefeitos, várias lideranças políticas e 15 prefeitos da região, inclusive de partidos da oposição, acompanharam os candidatos da Coligação “Somos Minas Gerais” na carreata e na caminhada pelo Centro da cidade.

O prefeito de Patis e presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene, que conta com 92 municípios, Walmir Moraes (PTB), destacou a parceria do Governo do Estado com todos os municípios mineiros, independentemente de partido político ou localidade.

O prefeito de Verdelândia, Wilton Madureira, do PT, também declarou seu apoio à reeleição de Antonio Anastasia. “Estamos acompanhando essa caminhada porque eles cumpriram comigo, lá em Verdelândia, tudo que nos prometeram. E é com alegria muito grande que estamos com Aécio e Anastasia, junto com Itamar Franco”, ressaltou.

Ainda nesta tarde, o governador e o ex-governador Aécio Neves se juntam ao candidato a presidente José Serra para participarem de caminhada pelas ruas de Pará de Minas, região Central do Estado.

Aécio contra-ataca Hélio Costa e diz que não deixará que eleição mineira se transforme em “subproduto” da disputa nacional

Aécio reage a Lula em Minas

Fonte: Luiz Ribeiro – Estado de Minas

Ex-governador ataca Hélio Costa (PMDB) por querer maior presença do presidente no estado e diz que não permitirá que eleição mineira se transforme em “subproduto” da disputa nacional

Janaúba – A estratégia do candidato do PMDB ao governo de Minas, Hélio Costa (PMDB), de nacionalizar a eleição no estado com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenciável Dilma Roussef (PT) causou nova reação do comando da campanha do governador Antonio Anastasia (PSDB), que disputa outro mandato. O novo contra-ataque partiu do ex-governador e candidato ao Senado Aécio Neves (PSDB), principal cabo eleitoral de Anastasia. “Não vamos permitir que transformem a eleição para o governo de Minas em subproduto de uma eleição nacional”, disparou Aécio, na segunda-feira, em minicomício sob sol forte, em Janaúba, no Norte do estado, ao lado de Anastasia.

Os dois tucanos e o ex-presidente Itamar Franco (PPS), candidato ao Senado, também fizeram carreata e minicomício em Porteirinha, a 40 quilômetros de Janaúba. A reação de Aécio à polarização da campanha entre ele e Lula tem forte motivação. Na quarta-feira, Lula estará em Betim, na Grande BH, para participar de comício com Hélio Costa. A vinda do presidente atende a um apelo do peemedebista, que recorreu ao Palácio do Planalto depois do crescimento das intenções de voto de Anastasia.

Aécio acusou o principal adversário de querer incluir na eleição estadual “forças de outras partes do país” ao usar como estratégia a insinuação de que, caso não seja eleito um governador aliado próximo ao presidente da República, o estado poderá perder recursos federais. Salientou que, independentemente de o governador ser aliado do futuro presidente, precisam prevalecer o respeito e o tratamento republicano ao estado.

“Fiz Minas ser respeitada. O Itamar fez Minas ser respeitada e Anastasia está fazendo Minas ser respeitada, por termos a força dos mineiros”, afirmou. Ainda no palanque, Aécio disse: “Nós nos curvamos somente aos interesses dos mineiros, servimos aos mineiros e não às forças de outras partes deste país, portanto, vamos demonstrar que, é a partir da decisão dos mineiros que queremos o melhor e não vamos permitir que transformem a eleição para o governo de Minas num subproduto de uma eleição nacional”.

Em entrevista, o ex-governador alfinetou Hélio Costa: “Tem gente que, talvez pela fragilidade que está sentindo em Minas, acha que esta eleição vai ser decidida por pessoas de fora de Minas. Mas esta eleição será decidida pelos mineiros”.

Ainda em Janaúba, ao ser questionado que tratamento espera receber do Palácio do Planalto, caso Dilma seja eleita, Anastasia disse que aguarda “uma relação sempre muito respeitosa, de boa convivência administrativa, como foi nos últimos anos com o presidente Lula e o Aécio Neves, quando Minas sempre foi respeitada”. “Sempre tivemos nossos pleitos encaminhados de maneira sempre muito adiantada”, garantiu. “O fato de termos presidente de um partido e governador de outro não é nenhum obstáculo. Ao contrário, faz parte do princípio federativo, republicano. E, naturalmente, essa convivência será sempre respeitosa porque os interesses de Minas serão sempre protegidos pelos mineiros”, completou.

Em Janaúba, Anastasia também prometeu investimento em novo plano de segurança, para as regiões de divisas do estado e para o meio rural. Com Aécio e Itamar, ele participou de carreata do aeroporto até o Centro da cidade, onde fez caminhada. Antes de subir num palanque improvisado em cima de um caminhão de som, o trio parou para tomar cafezinho e comer pastéis no Café do Zequinha, ponto de discussão política da cidade.

Um dos oradores em Janaúba foi o prefeito de Verdelândia, Wilton Madureira, que justificou porque é do PT e vota no atual governador, como adepto do Dilmasia: “Estou com Aécio e Anastasia porque eles cumpriram comigo tudo que nos prometeram”, disse Wilton, que foi elogiado por Aécio e Anastasia, pela sua “coragem” em declarar o voto publicamente.

Anastasia quer ampliar atração de empresas para o Vale do Rio Doce

Antonio Anastasia quer ampliar atração de empresas para o Vale do Rio Doce para dar condições aos jovens de se manterem na região

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Em Governador Valadares, Antonio Anastasia reafirmou que a geração de empregos de qualidade será fundamental para garantir o desenvolvimento social em Minas

O governador Antonio Anastasia reafirmou, nesta sexta-feira (03/09), em Governador Valadares, o compromisso com a geração de empregos de qualidade em todas as regiões do Estado. Antonio Anastasia destacou que os investimentos realizados pelo Governo de Minas nos últimos oito anos preparou as cidades para atrair empresas. Em oito anos, foram anunciados R$ 240 bilhões em investimentos em Minas com a geração de 448 mil novos empregos diretos.

“O que estamos vendo é que o Estado avançou muito ao longo desses últimos anos. Tivemos uma força muito grande na infraestrutura, na melhoria das nossas estradas, na educação, saúde, segurança, avanços sociais e econômicos importantes. Mas ainda há muito o que fazer. E a necessidade maior, que tem sido a nossa proposta fundamental, é a geração de empregos, para dar mais oportunidades aos mineiros para continuarem trabalhando aqui e gerarem renda às suas famílias. Por isso mesmo a nossa proposta de governo está sendo construída com muita força nessa ideia: empregos de qualidade para os mineiros”, afirmou o governador.

Em Governador Valadares, o governador foi recebido pela população, lideranças municipais e 30 prefeitos da região do Rio Doce. Ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado, Antonio Anastasia fez carreata pela avenida Juscelino Kubitschek e pelas ruas da Bahia e Israel Pinheiro, no Centro da Cidade, onde os candidatos fizeram caminhada. Em frente ao Mercado Municipal, Anastasia falou à população de Governador Valadares. Cerca de 500 pessoas aplaudiram o discurso dos candidatos.

“Meu compromisso fundamental agora é gerar empregos, empregos e empregos para o Rio Doce para termos aqui mais oportunidades. Para isso, faremos mais obras e mais infraestrutura. Meu compromisso maior é com desenvolvimento, com o emprego e com a inclusão social”, alertou o governador.

Oportunidades para os mineiros
Hoje pela manhã, em Belo Horizonte, o governador Antonio Anastasia lamentou novamente a morte de dois mineiros nascidos no Vale do Rio Doce, na chacina ocorrida no México duas semanas atrás. O candidato destacou que a geração de empregos é a mais importante ação para assegurar condições de vida e oportunidades aos jovens nas diversas regiões brasileiras.

“O episódio do México foi uma tragédia que todos lamentamos pela morte não só dos mineiros, mas de outras nacionalidades. Lamentavelmente essa é uma realidade que já vem desde a década de 70, praticamente, dessa imigração. O que devemos fazer para evitar isso é exatamente dar oportunidades para que as pessoas tenham nas suas cidades, na sua região, a possibilidade de ali permanecer”, afirmou.

Anastasia destacou a importância da oferta de educação, serviços de saúde e empregos de boa qualidade aos jovens.

“Com educação, com saúde, e, sobretudo, com emprego de qualidade. É um processo. O Vale do Rio Doce é uma região que tem uma mão de obra que, de fato, imigrou muito. Muitos voltaram, mas ainda muitos estão lá. Para evitar esse fluxo e dar essa garantia aos mineiros, é fundamental que tenhamos aqui empreendimentos que gerem empregos de qualidade, seja na siderurgia, no reflorestamento, no beneficiamento de pedras ornamentais, na indústria de laticínios, que essa região tem essa potencialidade. Vamos dar os estímulos para que isso ocorra”, afirmou.

Governador dos municípios
O prefeito de São Félix de Minas, Wanderley Vieira de Souza (PT), destacou que as parcerias com os municípios iniciadas no governo Aécio Neves tiveram continuidade quando Anastasia assumiu o governo em abril deste ano. Segundo ele, Anastasia é o melhor candidato para levar à frente os avanços conquistados pelos municípios nos últimos oito anos.

“Continuar o trabalho do governador Aécio Neves foi muito importante, principalmente para as cidades pequenas. As parcerias que foram estabelecidas com as cidades, com os prefeitos, nós fomos realmente valorizados nessa administração. Na nossa cidade, a área da saúde foi muito privilegiada por esse governo. Tivemos obras importantes como pontes, calçamento, cascalhamento, obras de infraestrutura diversas. Sem falar na qualidade do governo, que cumpriu com todos os compromissos pactuados”, afirmou.

O prefeito de Intanhomi, Raimundo Pena Forte (PDT), destacou os investimentos do Governo de Minas na pavimentação das estradas e na segurança pública, que reduziu a criminalidade em todo o Estado.

“Integrou a polícia civil com a Polícia Militar, o Proacesso, que ligou todas as cidades vizinhas. Trouxe o sinal de telefonia celular e não fez distinção partidária de nenhum prefeito. Essa é a razão de levantar a bandeira e empunhar, porque ele é bom para Minas Gerais e para o Brasil”, disse.

O prefeito de Divino das Laranjeiras, Edson Bodola (PRB), presidente do Consórcio de Saúde do Vale do Rio Doce, que reúne 33 prefeitos, destacou a importância da reeleição de Antonio Anastasia.

“A continuidade do trabalho maravilhoso que o Aécio fez no nosso Estado. Minas não pode parar. Anastasia é sinônimo de desenvolvimento, de tudo aquilo de bom que o Aécio deixou para nós. A saúde hoje é bem cuidada graças ao nosso governador”, afirmou.

O prefeito de Conselheiro Pena, Neyval José de Andrade (PRB), presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Doce, afirmou que Anastasia representa a continuidade do governo Aécio Neves

“Aécio revolucionou Minas Gerais e deu um apoio extraordinário a todos os municípios de Minas. O Proacesso, a telefonia celular e tantos outros benefícios. Foi um governo muito presente na vida dos municípios, principalmente aqui do Vale do Rio Doce”, disse.