• Agenda

    julho 2010
    S T Q Q S S D
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Bom ambiente de governança em Minas criado por Aécio e Anastasia atrai investimentos chineses, só em 2010 serão US$ 14,8 bilhões

 

27/07/2010

O Tempo: Minas Gerais lidera investimentos chineses

Fonte: Queila Ariadne – O Tempo

China. Gigante asiático deve investir US$ 14,8 bilhões no Brasil em 2010, e Estado ficará com mais de 42%

Minas lidera investimentos chineses

Empresários estão mais interessados em mineração, energia e siderurgia

Depois de anos de investimentos tímidos no Brasil, a China está jogando pesado: até o final de 2010, os chineses devem trazer ao país US$ 14,8 bilhões. Desse total, quase metade ficará em Minas Gerais. Pelo menos 42% (R$ 6,2 bilhões) estão certos. Em março deste ano, a chinesa ECE comprou a Itaminas, em Sarzedo, por US$ 1,2 bilhão, com reservas estimadas em 1,3 bilhão de toneladas de minério de ferro. Também na área da mineração, a Wisco está negociando com a Passagem Mineração S/A (Pamin) um investimento de US$ 5 bilhões, em Mariana.

Além disso, o Estado também ficará com parte do US$ 1,7 bilhão que a Grid Corporation of China está aplicando na área de transmissão de energia no país.

As aquisições fazem parte de estratégias da China de suprir a demanda por matéria-prima. O país, que compra muito minério de ferro, fica refém de preços elevados cobrados no mercado internacional.

Líder. Com base em investimentos já anunciados pelas empresas chinesas, o gigante asiático chegará ao fim do ano na condição de maior investidor estrangeiro no país. E, de acordo com o presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Lincoln Gonçalves, certamente vai liderar os investimentos estrangeiros em Minas também. “Temos grandes valores anunciados, como o da ArcelorMittal, mas nada que se compare aos da China”, destaca Gonçalves. Este ano, a Arcelor anunciou investimento de US$ 1 bilhão na duplicação da usina de aços longos em João Monlevade, Vale do Aço.

Na avaliação de Gonçalves, o grande interesse da China é a infraestrutura. E Minas Gerais têm o que eles buscam. “Se eles continuarem investindo em minério e aço, com certeza Minas vai continuar no foco”, afirma Gonçalves. Também há rumores de que um grupo chinês estaria interessado em comprar uma mina nas proximidades de Serra Azul, Norte de Minas.

Recursos naturais. Além das perspectivas positivas de crescimento da economia brasileira nos próximos anos, os especialistas atribuem o grande aporte de recursos a outros motivos. “Claramente há intenção do governo chinês de sinalizar aos empresários que fazer negócios com o Brasil é estratégico, principalmente levando em conta a Copa do Mundo e as Olimpíadas”, disse o diretor da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China, Kevin Tang.

As atenções dos investidores estão voltadas para os recursos naturais encontrados no país, garantindo, além de lucro, o fornecimento de bens essenciais para a manutenção do expressivo crescimento chinês. Os setores petrolífero, de mineração, de siderurgia e de transmissão de energia são os mais visados. (Com agências)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: