• Agenda

    maio 2010
    S T Q Q S S D
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Minas em Pauta no Twitter

    Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Governo Anastasia leva plano de expansão do aeroporto em Confins até à Assembleia

O desenvolvimento de um hub logístico de passageiros e cargas na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) foi tema da apresentação realizada, nesta quarta-feira (19), pelo subsecretário de Assuntos Internacionais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Luiz Antônio Athayde, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Em sua palestra na Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, ele abordou os aspectos estratégicos do master plan, elaborado pela Jurong Consultants, que prevê a expansão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN), em Confins, até 2039, quando a capacidade final de transporte será de 37 milhões de passageiros/ano, passando então a ser um dos aeroportos de maior conectividade da América dos Sul.

Em sua primeira fase, a ampliação vai elevar a capacidade do AITN para o transporte de até 12 milhões de passageiros/ano, compreendendo 7 milhões de passageiros no terminal 1 (já reformado) e 5 milhões de passageiros na fase 1 do terminal 2.

Durante a audiência, o subsecretário explicou as perspectivas de crescimento com a elaboração do Plano Macroestrutural, com vistas à diversificação da economia mineira, impulsionando setores como telecomunicações, Tecnologia da Informação (TI), biotecnologia e aeronáutica e aeroespacial.

“Com a implantação de um corredor multimodal na RMBH, a área será transformada em um polo de excelência e de investimentos internacionais, garantindo o desenvolvimento sustentável, o atendimento às demandas da nova economia, além do aumento da qualidade de vida e a geração de empregos qualificados para os próximos 20 anos”, destaca Luiz Antônio Athayde. É o primeiro estudo em regiões metropolitanas no Brasil que é elaborado com ampla governança ambiental o que facilitará sobremaneira a atração de investimentos de empresas com alto conteúdo tecnológico.

Descentralização, preservação e conservação, integração regional e sociofacilitação são pilares da estratégia para fomentar os avanços e difundi-los por novos espaços. “Assim, projetamos desenvolver a área, preparando-a para operar no conceito funcional de cidade-aeroporto onde cada investimento é avaliado em função da sua proximidade do terminal aeroportuário e do seu sistema de pistas”, antecipa o subsecretário.

Também se insere nesse cenário de propulsão do desenvolvimento do Vetor Norte o Aeroporto Industrial (AI), em implantação no AITN, que será um local apropriado para empresas de alta tecnologia com sistema aduaneiro diferenciado tanto para exportação e importação de bens e componentes e que operam dentro das cadeias globais de suprimentos.

Governo Antonio Anastasias promove, ainda, outras importantes iniciativas para a implantação do novo centro de aperfeiçoamento da Força Aérea Brasileira em Lagoa Santa que vai definindo o perfil do Vetor Norte para os serviços avançados e as empresas de alta tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: